quarta-feira, 26 de dezembro de 2018

.: MASP terá ano dedicado às "Histórias das Mulheres, Histórias Feministas"

Djanira Motta e Silva - Vendedora de Flores, 1947
O tema “Histórias das Mulheres, Histórias Feministas” será pauta do programa de exposições do Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand em 2019. 

Ao longo do ano, o eixo temático “Histórias das Mulheres, Histórias Feministas” vai embasar exposições monográficas de Djanira da Motta e Silva, Tarsila do Amaral, Lina Bo Bardi, Anna Bella Geiger, Leonor Antunes, Gego e uma mostra coletiva internacional que levará o título do eixo temático: “Histórias das Mulheres, Histórias Feministas”. 

Muitos esforços têm sido empreendidos desde o final do século 19 para afirmar a importância das mulheres artistas e de suas obras, como a fundação, em Paris, da Union des Femmes Peintres et Sculpteurs [União das Mulheres Pintoras e Escultoras] em 1881 e, mais recentemente, o surgimento do movimento #MeToo, contra o assédio sexual, em Hollywood. 

A programação do MASP em 2019 se une a essa rede de esforços que questionam os valores de gênero dentro da história da arte e celebram as histórias e os trabalhos de mulheres que, de modo deliberado ou não, foram ignoradas ao longo dos séculos.

Lina Bo Bardi - Estudo Preliminar - Esculturas Praticáveis do Belvedere Museu de Arte Trianon, 1968
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.