quinta-feira, 4 de abril de 2019

.: Crônica: De amores súbitos ao distante grande amor

Por: Mary Ellen Farias dos Santos
Em abril de 2019



Não gosto de amores súbitos. São suspeitos. Vazios. Sem história. Na frenética busca da compensação do tempo que não houve, um passado recente é criado de modo forçado. Massante.

Quando um dos lados percebe que tudo aquilo de nada vai valer. A fatídica constatação de que aquele amor não chegará a lugar algum, tal qual sua existência, zerada, jamais poderá ser um grande e verdadeiro amor.


*Mary Ellen Farias dos Santos é criadora e editora do portal cultural Resenhando.com. É formada em Comunicação Social - Jornalismo, pós-graduada em Literatura e licenciada em Letras pela UniSantos - Universidade Católica de Santos. Twitter: @maryellenfsm
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.
 
google.com, pub-3645003449125371, DIRECT, f08c47fec0942fa0 subdomain=subdomain.resenhando.com subdomain=subdomain.www.resenhando.com