terça-feira, 16 de julho de 2019

.: Peça teatral em homenagem a Paulo Freire é apresentado em Campinas

A peça conta a inspiradora trajetória e a visão de mundo de um dos principais educadores brasileiros. Serão três apresentações gratuitas em Campinas entre os dias 19 e 22 de julho. Como não há cobrança de ingressos, o público pode deixar a contribuição que quiser no "chapéu". Basta retirar os ingressos uma hora antes de cada apresentação. Foto: Dalton Valério

A força, os ensinamentos e a obra de um dos maiores educadores brasileiros são trazidos ao palco pelo ator Richard Riguetti na peça “Paulo Freire, o Andarilho da Utopia”, que será apresentada em Campinas entre 19 e 22 de julho. O ator campineiro, radicado no Rio de Janeiro, encena o espetáculo no Barracão Teatro (Barão Geraldo) e no Auditório da Associação de Docentes da Unicamp.


No Barracão, as sessões acontecem nos dias 19 e 21 de julho (sexta-feira e domingo), às 20h. Os ingressos são gratuitos, limitados e devem ser retirados no local uma hora antes do espetáculo. Na Unicamp – exclusivamente para discentes e alunos – a apresentação será no dia 22 (segunda-feira), às 19h. A realização é do Grupo Off-Sina e do Espaço Cênico. Como as apresentações são gratuitas, o público pode contribuir com a quantia que quiser durante a passagem do “chapéu consciente”, após cada espetáculo.

Sobre a peça
Com elementos de linguagem do teatro de palco, do teatro de rua e do circo, “Paulo Freire, o Andarilho da Utopia” oferece, em um monólogo de 70 minutos, uma reflexão sobre a sociedade e o planeta em constante mudança, a partir da ótica freiriana.

O protagonista é interpretado pelo ator Richard Riguetti, que comemora 40 anos de atividade artística como ator e palhaço. Junio Santos assina o roteiro e Luiz Antônio Rocha é responsável pela encenação. O ator e o diretor promovem uma roda de conversa com os espectadores sobre o mestre patrono da educação brasileira após cada apresentação.

“Elencamos a figura de Paulo Freire por acreditarmos na abrangência e na profundidade da educação que ele propõe. A teoria freiriana, que tem como uma de suas bases o diálogo, possibilita a conscientização dos jovens com o objetivo de formar cidadãos transformadores das ordens social, econômica e política”, comenta Richard.

Conversar com Nita Freire, viúva do pensador, foi o primeiro passo para a elaboração da peça. “Ela se encantou com a nossa proposta, e esse encontro nos alimentou durante todo o processo, para que a gente organizasse o nosso ato no sentido da afetuosidade”, conta o ator. De acordo com ele, a principal característica que norteou a produção foi a amorosidade de Paulo Freire em relação ao mundo, às pessoas e aos seres vivos, além do profundo respeito ao diálogo, à compreensão e à aceitação das diferenças.

O dramaturgo Junio Santos explica que é complicado extrair o conteúdo do texto entre tantos materiais significativos escritos por Paulo Freire. “Criamos roteiros cenopoéticos – ou seja, temperados com cantigas e poemas – para propagar a esperança que não cansa na voz, no corpo e na força que desejamos imprimir com o espetáculo", ressalta.

Sobre Richard Riguetti
Ator, diretor, palhaço e professor, Richard Riguetti é fundador do Grupo Off-Sina, da Companhia de Circo Teatro de Rua e da Escola Livre de Palhaço (Eslipa) – primeira do gênero da América Latina e única gratuita.

Sua vida artística começou em 1978 quando ganhou uma bolsa de estudo de teatro no Rio de Janeiro com os mestres Sérgio Britto, Amir Haddad, Hamilton Vaz Pereira, Eric Nielsen, Klauss Vianna e Glorinha Beuttenmüller. Formou-se em Teatro pela UniRio, em Gestão Cultural pela Universidade Cândido Mendes e em Música pela Escola Villa-Lobos.

Foi considerado Ator Revelação por Yan Michalski, crítico do Jornal do Brasil, pela peça “Rasga Coração”. Como ator, trabalhou em mais de 40 espetáculos de teatro, viajou por 24 estados e mais de 3.200 cidades, sempre com apresentações gratuitas pelas ruas.

Sobre Junio Santos
Um dos principais nomes da cena cultural do Nordeste, Junio Santos é ator, dramaturgo, diretor, poeta e palhaço. Criou o Movimento Popular Escambo Livre de Rua, que reúne diversas linguagens artísticas, e o Centro Volante de Assessoria Teatral na cidade de Icapuí, no Ceará, que promove montagens, cursos, oficinas e vivências.

Sobre Luiz Antônio Rocha
Produtor, autor, cenógrafo, figurinista e diretor teatral, Luiz Antônio Rocha é um dos mais conceituados diretores de casting do mercado, de acordo com a Revista Veja. Em 2012, fez parte do júri oficial do International Emmy Awards, realizado em Nova York. Seus espetáculos contêm uma marca autoral com grande sensibilidade e valorização do papel do ator e do texto.

Ficha técnica
Dramaturgia: Junio Santos
Elenco: Richard Riguetti
Encenação: Luiz Antônio Rocha
Cenário e figurino: Eduardo Albini
Direção de movimento: Michel Robin
Projeto de luz: Ricardo Lira Jr.
Preparação de ator: Beth Zalcman
Preparação física: Aline Bernardi
Preparação vocal: Jane Celeste
Assessoria pedagógica: Josy Dantas
Assistente de direção: Marcia Rosa
Letras de músicas: Ray Lima e Junio Santos

Serviço
“Paulo Freire, o Andarilho da Utopia”
Classificação indicativa: 12 anos
Realização: Grupo Off-Sina e Espaço Cênico Produções Artísticas
Parcerias: Sindicato Químicos Unificados, Sinpro, ADunicamp, Barracão Teatro, Ateliê da Notícia, Revista Flash, Restaurantes: Salvia, Katori Sushi, Villani

Data: sexta-feira, dia 19, e domingo, dia 21
Local: Barracão Teatro (Rua Eduardo Modesto, 128 - Vila Santa Isabel - Barão Geraldo), em Campinas
Horário: 20h
Ingressos: No chapéu. Para o dia 19, serão distribuídos 40 ingressos com uma hora de antecedência do início do espetáculo. Para o dia 21, a apresentação é fechada para convidados, porém será feita uma lista com aqueles que não conseguirem entrar na sessão de sexta-feira (19/07).

Data: segunda-feira, dia 22
Local: Auditório da Associação de Docentes da Unicamp (Av. Érico Veríssimo, 1479 - Cidade Universitária), em Campinas
Horário: 19h
Reservas pelo e-mail: imprensa@adunicamp.org.br

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.