quarta-feira, 22 de janeiro de 2020

.: "A Guerra Pela Uber" mostra bastidores polêmicos do aplicativo


Premiado jornalista detalha a conturbada trajetória da start-up, capitaneada pelo polêmico Travis Kalanick, que mudou a forma como as pessoas se deslocam.

Portland foi uma das primeiras cidades nos Estados Unidos a criar regras específicas que possibilitaram o funcionamento lícito do Airbnb, a famosa start-up de compartilhamento residencial. Para Travis Kalanick, o agressivo cofundador e ex-CEO da Uber, isso era um indicativo de que em breve o mesmo aconteceria com relação às caronas. 

Só que a possibilidade de cidadãos comuns transportarem outras pessoas pela cidade por dinheiro desencadeou uma série de problemas. Em primeiro lugar, havia normas que proibiam alguns serviços da start-up. Além disso, mexer nestas regras comprometeria o relacionamento dos legisladores com os taxistas e representantes do sindicato de transporte, base eleitoral deles. Mas o impetuoso Kalanick não dava importância às ponderações das autoridades e botou sua empresa para operar na cidade em 2014, mesmo sem autorização do governo municipal.

Premiado jornalista do The New York Times, Mike Isaac apresenta em "A Guerra Pela Uber", que chega ao Brasil pela Intrínseca, a ascensão e queda da gigante de tecnologia em um cenário de rápidas mudanças no Vale do Silício. No livro, o autor relata as batalhas da empresa com associações de taxistas, a cultura tóxica em seus escritórios e as táticas de guerrilha para destruir qualquer obstáculo que impedisse o domínio do setor, além de traçar um perfil de Kalanick e detalhar as maquinações que acabaram levando à sua derrocada.

Polêmicas à parte, a Uber mudou a forma como as pessoas se deslocam, impactando, em um curtíssimo espaço de tempo, o funcionamento das cidades. Fundada em junho de 2010, a Uber Technologies atua hoje em mais de sessenta países. Apoiada por bilhões de dólares de capital de risco, a empresa nasceu com a promessa de provocar uma grande revolução. Combinando avanços tecnológicos com a agressividade e a arrogância de Kalanick, a start-up não apenas desafiou um sistema tido como antiquado, mas também deu um golpe mortal de profundas repercussões em diversos setores.

Com base em centenas de entrevistas com funcionários atuais e antigos da companhia, além de documentos inéditos,  "A Guerra Pela Uber" é uma história de ambição e mentiras, riqueza obscena e mau comportamento que explora como a inovação tecnológica e financeira culminou em um dos períodos mais catastróficos da história corporativa americana.

Sobre o autor
Mike Isaac é jornalista. Premiado por sua cobertura de economia e negócios, escreve sobre Uber, Facebook e outras gigantes da tecnologia no The New York Times. É formado em literatura inglesa pela Universidade da Califórnia e atualmente mora em São Francisco, Estados Unidos.

“Travis Kalanick transformou toda uma indústria e ganhou bilhões de dólares, e fez isso destruindo tudo e todos que entraram em seu caminho. Uma instigante leitura sobre uma cultura nociva.”
Vanity Fair

"A Guerra Pela Uber", de Mike Isaac
Tradução: Alexandre Raposo, Bruno Casotti e Leonardo Alves
Editora: Intrínseca
464 páginas
Impresso: R$ 59,90
E-book: R$ 39,90


← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

#ResenhandoIndica

20 20 20
Tecnologia do Blogger.