terça-feira, 3 de março de 2020

.: Coletivo PianoVero faz concerto no Auditório do MASP. Confira!

Com projeto “De sons e terras distantes”, grupo de 18 pianistas se apresenta no dia 28 de março, às 19h30min. Ingressos à venda na bilheteria e no site do MASP
 


O Coletivo PianoVero se apresenta no dia 28 de março, no auditório do Museu de Arte de São Paulo (MASP) com o concerto “De sons e terras distantes” que dará a rara oportunidade ao público paulistano de apreciar um conjunto significativo de peças para piano, fruto da parceria entre o filósofo armênio, George Gurdjieff, e pelo compositor e pianista ucraniano, Thomas De Hartmann.  O projeto será realizado por 18 pianistas que apresentarão cerca de 30 dessas peças compostas no início do século 20. Os ingressos estão à venda na bilheteria e no site do MASP: masp.byinti.com

A pianista e diretora musical do projeto, Vera Di Domenico, explica que a descoberta desse repertório é recente em sua vida e que foi “amor à primeira audição”, o que a motivou a elaborar o projeto. Como se tratam de obras pouco conhecidas, principalmente no Brasil, a busca por partituras revelou-se difícil. Ela acabou por conseguir boa parte do material através do contato com um dos mais renomados intérpretes dessas peças, o pianista francês Alain Kremski - que veio a falecer aos 78 anos de idade, no último mês de dezembro - e as partituras restantes com Niket Jones do País de Gales (seguidor dos Movimentos Gurdjieff) e Amiyo Devienne (instrutora das danças e Movimentos Gurdjieff pelo mundo todo).

“Há muitos anos, quando ainda estudava na Alemanha, tinha ouvido falar desse repertório, mas só vim a conhecê-lo de fato mais recentemente. A obra é tão emocionante, bela, delicada e especial, que temos certeza de que irá tocar a todos como ela nos tocou”, afirma Vera, que este ano dirigiu uma maratona pianística de 10 horas com o esse repertório, durante a 37ª Oficina de Música de Curitiba, além de uma performance de 24 horas da obra Vexations, de Eric Satie, no Teatro Guaíra em 2019, entre outros projetos especiais, sempre envolvendo vários pianistas.

A OBRA

As peças que serão apresentadas neste concerto são resultado das investigações do filósofo armênio George Ivanovich Gurdjieff pelo Oriente, e reúnem elementos de culturas e tradições espirituais muito antigas de regiões próximas aos mares Cáspio, Negro e Mediterrâneo, com destaque para o Sufismo. Para Gurdjieff, a música (assim como o movimento, a exemplo da dança dos dervixes sufis), desempenha um papel central em seu sistema filosófico.

De volta à Europa, na Paris do início do século 20, ele apresentou essas músicas ancestrais ao compositor e pianista ucraniano Thomas De Hartmann, que as arranjou para o piano. De Hartmann, então com 31 anos de idade, era um músico de sucesso, tendo estudado com alguns dos maiores compositores russos da época, entre eles Rimsky-Korsakov.

O resultado desse encontro é uma coletânea de peças que se ancoram em tradições muito antigas e desconhecidas no Ocidente. Um repertório de grande beleza e profundidade.

“O concerto terá duração aproximada de duas horas, com o objetivo de oferecer aos ouvintes uma coletânea significativa desse repertório”, completa Vera Di  Domenico, diretora musical do Coletivo PianoVero.

SOBRE O COLETIVO PIANOVERO

A pianista e professora Vera Di Domenico vem idealizando e dirigindo, desde os anos 90, concertos temáticos que contemplam repertórios pianísticos consagrados - como as Invenções e Sinfonias de Bach e a obra integral do Mikrokosmos, de Béla Bartók - mas pouco executados, como as Sonatas e Interlúdios para Piano Preparado de John Cage.

A cada projeto, um repertório diferenciado, executado com paixão e rigor técnico, apreciado por audiências em salas de concerto do Paraná, Santa Catarina, São Paulo, Minas Gerais, na Alemanha e nas Oficinas de Música de Curitiba. Em 2018, o grupo de pianistas que se uniu em torno desses projetos passou a se chamar Coletivo PianoVero.

SERVIÇO:
MASP Concertos: “DE SONS E TERRAS DISTANTES” – Gurdjieff & De Hartmann, obras para piano pelo Coletivo PianoVero
Local: Auditório MASP - Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand - Avenida Paulista, 1578, São Paulo.
Data: 28 de março de 2020 (Sábado).
Horário: 19h30min.
Duração: Aproximadamente 2h.
Ingressos: R$40 (inteira) e R$ 20,00 (meia-entrada) – a partir de 21/02 na bilheteria e/ou no site do MASP: masp.byinti.com
Redes sociais: @coletivopianovero (Instagram e Facebook)

FICHA TÉCNICA
Realização: Coletivo PianoVero
Direção Musical: Vera Di Domenico
Produção em São Paulo: Juliana Cortes
Coordenação de Produção: Grace Torres, Lilian Nakahodo e Jeferson Ulbrich
Textos: Ricardo Schmitt Carvalho
Projeto gráfico e cenografia: Karine Kawamura / Silvio Silva Jr. (Lumen Design)
Assessoria de Imprensa: Evidência Comunicação
Redes Sociais: Matheus Fedrigo

Pianistas:
Analena Bordin
André Bertoncini
Beatriz Deschamps
Eneida Holzmann
Giulia Ferreira
Grace Torres
Jeferson Ulbrich
Julia Deschamps
Giovanna Elias
Karine Kawamura
Lilian Nakahodo
Lucas Dias
Mariana Mendes
Matheus Fedrigo
Silvio Silva Jr.
Soraia Luders
Taciana Basso
Vera Di Domenico


← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.