sábado, 21 de março de 2020

.: Jaspion, Changeman e Jiraiya animam os domingos da Band

Neste domingo, dia 23, a partir das 10h30, a Band volta a exibir séries de grande sucesso. "O Fantástico Jaspion", "Jiraiya, o Incrível Ninja" e "Esquadrão Relâmpago Changeman" poderão ser revistas por crianças e adultos neste momento de resguardo ao qual todo o país é submetido em virtude da pandemia do coronavírus.  

A iniciativa é uma parceria da emissora com a Sato Company, que também detém os direitos de exibição de "Orange Is The New Black". A premiada série da Netflix, que estreou na tela da Band no dia 7 de março, vem registrando ótimos índices de audiência aos sábados, a partir das 23h.


"O Fantástico Jaspion": o maior herói (japonês) brasileiro de todos os tempos
Há 32 anos um grande sucesso das séries japonesas estreava no Brasil. "O Fantástico Jaspion" é o quarto herói da franquia "Metal Hero" exibido no Japão, e foi o primeiro a ser televisionado em nosso país, tornando-se um sucesso instantâneo. 

Ao contrário do que se veicula, no Japão, Jaspion teve um sucesso significativo por trazer elementos novos ao gênero e se abrir para o universos pop, trazendo referências de produções de ficção científica hollywoodianas como "Star Wars" e "2001: Uma Odisseia no Espaço", que são bem evidentes no início da série.

Chegando ao Brasil em 1988 pela Rede Manchete, Jaspion foi o responsável pelo renascimento das séries japonesas que já eram exibidas desde a década de 60 com a estreia de "National Kid". De imediato tornou-se um grande fenômeno de audiência, chegando a atingir 15 pontos. 

O sucesso do herói não parou na série de TV. Diversos produtos foram lançados, virando uma febre entre as crianças da época e aquecendo principalmente o mercado de brinquedos e outros artigos destinados ao público alvo.

"Jaspion" foi exibido por outras emissoras no Brasil nos anos 90, mas ficou por mais de 20 anos sem ser transmitido oficialmente desde então. Em 2018, a Sato Company anunciou a produção de "Jaspion - O Filme", projeto pioneiro que está em fase de pré-produção onde uma versão brasileira do clássico herói japonês será adaptada em uma nova história.

No ano seguinte, a notícia da produção do longa-metragem foi premiada como melhor anúncio da CCXP 2019. Um estudo de 2018 feito por uma emissora de TV Japonesa, revelou que Jaspion é até os dias atuais Japonês mais conhecido” do Brasil. Na série, no planeta Edin, um profeta encontra um garoto humano que sobreviveu à queda de uma nave espacial, acidente no qual seus pais morreram. O garoto é adotado e recebe o nome de Jaspion.



"Esquadrão Relâmpago Changeman" - O grande fenômeno super sentai e antecessor de Power Rangers 
Changeman, a série do gênero "Super Sentai" ("Super Esquadrão") foi a primeira a ser transmitida no Brasil. O "Esquadrão Relâmpago" chegou em 1988 para ser exibida na extinta Manchete, ao lado de "O Fantástico Jaspion".

Embora faça parte de um gênero que já existia no Japão desde 1975, onde as características principais são: super soldados com armaduras coloridas e equipados com armas e robôs gigantes (Mechas), "Changeman" tornou-se um grande sucesso tanto em seu país de origem, como no Brasil. A popularidade da série foi tão grande que tempos depois uma adaptação em quadrinhos foi feita baseada no roteiro original.

Na série, cinco integrantes do exército dos Defensores da Terra são banhados pela Força Terrestre e adquirem cada um os poderes de um densetsu-ju, que é um animal lendário: Dragão, Grifo, Pégaso, Sereia e Fênix.



"Jiraiya, o Incrível Ninja" - O maior ninja da cultura pop do Brasil 
Exibida originalmente no Japão em 1988, "Jiraiya, o Incrível Ninja" foi um grande sucesso. A série estreou no Brasil no ano seguinte sustentando os altos índices de suas antecessoras. 

Esse grande sucesso deve-se à quebra de padrão que Jiraiya trouxe ao gênero "Metal Hero". Diferente das outras séries com super-heróis e suas super armaduras, armas e robôs gigantes, o protagonista era um jovem comum, sem poderes e aprendiz de ninjutsu que um dia recebe uma misteriosa armadura ninja e tem a grande missão de proteger um artefato sagrado.

A temática e o visual mesclando a arte ninja tradicional com a tecnologia "Metal Hero" da série, fez com que Jiraiya se torna uma referência da antiga cultura dos ninjas para o público do Brasil, ajudando a construir tanto um padrão estético quanto um imaginário popular.

Assim, como Jaspion e Changeman, Jiraiya foi um fenômeno popular e fomentou o mercado de produtos de heróis japoneses, chegando a ter sua própria HQ e bonecos da série. Jiraiya é uma série de televisão japonesa do gênero tokusatsu, pertencente ao gênero "Metal Hero". Produzida pela Toei Company, foi exibida originalmente entre 24 de janeiro de 1988 a 22 de janeiro de 1989 pela TV Asahi, totalizando 50 episódios.

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.