segunda-feira, 1 de junho de 2020

.: Cacá Carvalho apresenta "O Carrinho de Mão" em live de teatro


Cacá Carvalho apresenta nesta segunda-feira o monólogo que lhe rendeu o Prêmio Shell de Melhor Ator. Foto: Jorge Etecheber

Dentro de apresentações teatrais das lives #EmCasaComSesc, nesta segunda-feira, 1º de junho, o ator Cacá Carvalho apresenta "O Carrinho de Mão", trecho do espetáculo "A Poltrona Escura", do italiano Luigi Pirandello. A peça pode ser assistida no YouTube do Sesc São Paulo youtube.com/sescsp -  e no Instagram do Sesc Ao Vivo - @sescaovivo - às 21h30. 

Dirigida por Roberto Bacci, a peça rendeu a Cacá o Prêmio Shell de Melhor Ator, além de ter sido considerada pela Associação Paulista de Críticos de Artes um dos cinco melhores espetáculos do ano, e ter sido apresentada em diversas capitais brasileiras e cidades italianas. No enredo, um grande e famoso advogado desmascara a miséria da condição humana num crescendo cômico, grotesco e patético, com a revelação de um inconfessável prazer. A classificação indicativa é 16 anos. 

Promovidas pelo Sesc São Paulo, as apresentações - sempre às segundas, quartas, sextas e domingos às 21h30 - trazem monólogos interpretativos transmitidos diretamente da casa dos artistas.Nesta quarta-feira, 3 de junho, a atriz Bete Coelho interpreta, de Bertolt Brecht, a peça "Mãe Coragem". Um dos textos mais conhecidos do teatro épico brechtiano, a obra narra a trajetória de Anna Ferling, pequena vendedora e mãe de três filhos que sobrevive graças ao comércio de mercadorias ordinárias durante a Guerra dos Trinta Anos. 

Colocando em pauta a guerra e a violência que nos desumanizam, "Mãe Coragem traz" uma reflexão densa sobre a moralidade humana em tempos de conflitos. Dirigido por Daniela Thomas, com tradução de Marcos Renaux, a apresentação tem classificação indicativa de 16 anos.

Sexta-feira, dia 5 de junho, é dia de se emocionar com Gero Camilo na apresentação de "A Casa Amarela". O texto, de sua autoria, conta a vida e o sonho do pintor Vincent Van Gogh de construir uma comunidade de artistas no sul da França, bem como sua relação intensa com o pintor Paul Gauguin nesse período. Classificação indicativa 12 anos.


Domingo, dia 7 de junho, Eduardo Mossri apresenta uma versão do espetáculo "Cartas Libanesas". Em conversa intimista e direta com o telespectador, ele contará, por meio da figura do mascate Miguel Mahfuz, um pouco do processo da imigração sírio-libanesa no Brasil. Em 2009, o ator encontrou as cartas que sua avó recebia do seu avô, imigrante libanês, que tentava ganhar a vida no Brasil no início do século XX. Nas mãos do autor José Eduardo Saad Vendramini, junto de outros relatos verídicos de imigrantes libaneses no Brasil, surgiu o texto deste monólogo. A direção é de Marcelo Lazzaratto e a classificação indicativa 12 anos.


Já passaram pela série #EmCasaComSesc na categoria teatro os artistas Celso Frateschi, interpretando, de sua autoria, "Diana", Georgette Fadel em "Terror e Miséria no Terceiro Milênio", de Bertolt Brecht, Sérgio Mamberti em "Plínio Marcos, Um Homem do Caminho", Ester Laccava com "Ossada", Jé Oliveira com, de sua autoria, "Farinha com Açúcar ou Sobre a Sustança de Meninos e Homens", Gustavo Gasparani em "Ricardo III", de Shakespeare, Lavínia Pannunzio com Elizabeth Costello, Grace Passô, interpretando "Frequência 20.20" e Denise Weinberg em "O Testamento de Maria".


Para conferir a programação de teatro, basta acessar as páginas youtube.com/sescsp ou o novo endereço do Sesc São Paulo no Instagram criado especialmente para a série Sesc Ao Vivo instagram.com/sescaovivo, às segundas, quartas, sextas e domingos, sempre às 21h30.


← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

#ResenhandoIndica

20 20 20
Tecnologia do Blogger.