domingo, 26 de julho de 2020

.: #ResenhaRápida: Narjara Turetta, atriz de muitas histórias e talentos



Narjara Turetta é uma atriz que fez história na época de ouro das novelas brasileiras. Hoje também atua como dubladora e youtuber brasileira. Estreou nas novelas aos nove anos como  protagonista, ao lado de Paulo Goulart, em "Papai Coração", e o papel que ficou na memória afetiva das pessoas é o da jovem Elisa, filha de Regina Duarte,  no seriado "Malu Mulher". Por esse papel, além de fama e reconhecimento por todo o Brasil, conquistou o troféu APCA de atriz revelação no ano seguinte.

Narjara emendou várias novelas consagradas, como "Baila Comigo" (1981), "O Homem Proibido" (1982), "Amor com Amor se Paga" (1984), onde interpretou Bel, a primeira vilã da carreira, "Selva de Pedra" (1986), "Direito de Amar" (1987) e "O Salvador da Pátria" (1989), onde interpretou a polêmica personagem Rafaela, que rendeu a ela a segunda indicação ao prêmio APCA. 

Entre os trabalhos mais recentes, estão "Páginas da Vida", no papel de Inezita, a governanta de Tônia (Sônia Braga), "Morde & Assopra", em 2011, com um dos papéis de destaque da trama, ao lado das atrizes Elizabeth Savalla e Marina Ruy Barbosa, "Salve Jorge", em 2012, fazendo a turca Buquê, e no megasucesso "O Outro Lado do Paraíso", de Walcyr Carrasco, interpretando a ex-prostituta e cozinheira do bordel da fictícia cidade de Pedra Santa (no Tocantins), Zildete, trabalhando ao lado de Laura Cardoso, Mayana Neiva e Glória Pires. Não dá para perder a #ResenhaRápida desta artista única e cheia de talento com muita história para contar.

#ResenhaRápida com Narjara Turetta

Nome completo: Narjára Aparecida Turetta.
Apelido: Narja.
Data de nascimento: 19 de novembro de 1966.
Altura:1,62m.
Qualidade: lealdade.
Defeito: teimosia.
Signo: escorpião. 
Ascendente: aquário. 
Uma mania: dormir de bruços.
Religião: católica. 
Time: Corinthians. 
Amor: tudo.
Sexo: bom.
Mulher bonita: Charlize Theron.
Homem bonito: Daniel Craig.
Família é: importante.
Ídolo: Duran Duran.
Inspiração: minha mãe. 
Arte é: minha vida.
Brasil: abençoado.
Fé: tudo.
Deus é: amor.
Política é: necessária. 
Hobby: cinema.
Lugar: Londres.
O que não pode faltar na geladeira: água com gás.
Prato predileto: bife.
Sobremesa: chocolate.
Fruta: banana.
Bebida favorita: mojito.
Cor favorita: vermelho.
Medo de: barata.
Uma peça de teatro: "A Cor Púrpura". 
Um show: Zé Ramalho.
Um ator: Stenio Garcia.
Uma atriz: Laura Cardoso.
Um cantor: Roberto Carlos. 
Uma cantora: Maysa.
Um escritor: William Shakespeare. 
Uma escritora: Clarice Lispector.
Um filme: "A Cabana".
Um livro: Casino Royale.
Uma música: Skyfall.
Um disco: Rio (Duran Duran).
Uma personagem: Bel, de "Amor com Amor se Paga". 
Uma novela: "América", de Glória Perez.
Uma série: "Revenge".
Um programa de TV: "Malu Mulher".
Uma saudade: da infância. 
Algo que me irrita: a intolerância. 
Algo que me deixa feliz é: a solidariedade.
Uma lembrança querida: meu pai.
Um arrependimento: não tenho.
Quem levaria para uma ilha deserta? Daniel Craig, pra namorar...
Se pudesse ressuscitar qualquer pessoa do mundo, seria... Minha mãe, para tê-la por perto de novo.
Uma pergunta a qualquer pessoa do mundo... Hitler. "Por que tanta maldade??".
Não abro mão de: sonhar.
Do que abro mão: comodismo.
Um talento oculto: arroz.
Um sonho: conhecer Londres.
Palavra favorita: sinceridade.
Televisão em uma palavra: amor.
Novela em uma palavra: vida.
Teatro em uma palavra: cultura.
Você tem fome de quê? Cultura.
Você tem nojo de quê? Barata.
Se tivesse que ser um bicho, seria: um gato.
O que seria se não fosse atriz: nada.
Ser atriz é: maravilhoso. 
Ser mulher, hoje, é: divino.
Narjara Turetta por Narjara Turetta: complicada, mas fácil de entender e lidar.



← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

#ResenhandoIndica

20 20 20
Tecnologia do Blogger.