sábado, 29 de agosto de 2020

.: Fábio Porchat conta que não chora há 19 anos no #Provoca desta terça-feira


No programa inédito, o apresentador, roteirista e humorista fala sobre a politização do humor, "Porta dos Fundos" e muito mais. Foto: Nathalie Bohm1

Fábio Porchat está no #Provoca desta terça-feira, dia 1º de setembro. Em entrevista a Marcelo Tas, o humorista, apresentador e roteirista comenta sobre o canal Porta dos Fundos, os limites do humor, a "lacração" da internet e, ainda, fala sobre o tema que dominou as redes nas últimas semanas: é possível ter humoristas em países autoritários? O programa inédito vai ao ar às 22h15, na TV Cultura e no canal oficial do #Provoca no YouTube.

Ao lado de Ian SBF, Antônio Tabet, Gregório Duvivier e João Vicente de Castro, Porchat fundou um dos maiores canais de humor da atualidade. No programa, ele fala sobre os benefícios de seguir com conteúdos para a internet. "O 'Porta dos Fundos' virou o meu SBT. Eu sou o Silvio Santos do 'Porta dos Fundos'. Então, eu posso criar o que eu bem entender da minha cabeça. [...] Eu falo 'quero fazer um programa de viagem', o pessoal fala 'pode fazer'", comenta.

O apresentador, que comanda os programas "Papo de Segunda" e "Que História É Essa, Porchat?", ambos do GNT, também conversa com Marcelo Tas sobre dramas da vida pessoal. Quando perguntado se sua hiperatividade é uma forma de evitar olhar para dentro, ele responde: "Talvez. Eu faço análise. [...] Mas eu, por exemplo, não choro. Estou esperando alguém morrer pra eu chorar, pra dar uma soltada. A última vez que eu chorei eu tinha 18 anos. [...] Foi quando eu saí de São Paulo para vir pro Rio. E aí eu fui sair da casa da minha mãe, fui contar pra ela, ela chorou e eu chorei eu também. Ouvindo Roberto Carlos ao fundo".

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

#ResenhandoIndica

20 20 20
Tecnologia do Blogger.