domingo, 20 de setembro de 2020

.: Autor de "Forrest Gump", Winston Groom - o contador de histórias - morre


Famoso pelo personagem que ficou mundialmente cohecido no cinema, Groom escreveu outros 15 livros, entre ficção e não-ficção e também foi jornalista.

Morreu aos 77 anos o escritor e jornalista Winston Groom, autor do romance "Forrest Gump", que no cinema foi um dos personagens mais marcantes do ator Tom Hanks, no longa-metragem que venceu  seis Oscars, entre eles Melhor Filme, Direção, Roteiro e Ator. Winston Groom foi um notável e talentoso jornalista. 

Formado pela Universidade do Alabama em 1965, Groom serviu o Exército americano até 1969 e participou de missões no Vietnã. o que gerou material tanto para "Forrest Gump" e também material para outra história publicada por Groom. Ao todo, foram 15 livros publicado, entre obras de ficção e não ficção em assuntos que variam das guerras a um time de futebol do Alabama.

"El Paso", o livro mais mais recente publicado em 2016, fala sobre a revolução mexicana e coloca o lendário Pancho Villa contra um magnata das ferrovias. Uma história cheia de tiroteios, fugas ousadas e uma tourada inesquecível. Winston Groom - o contador de histórias - vai fazer muita falta em um mundo que hoje carece de palavras que aqueçam o coração.

Sobre o livro "Forrest Gump"
Publicado pela primeira vez em 1986, "Forrest Gump" não só está entre os clássicos da literatura e do cinema mundial, como representa um marco na cultura pop do século 20. Trinta anos depois de seu lançamento, a encantadora trajetória do jovem que só queria fazer as coisas certas – e acabou sendo um dos homens mais notáveis da história – continua fascinando e comovendo leitores em todo o mundo. No Brasil, o livro é publicado pela editora Aleph.

O romance chega ao leitor com acabamento em capa dura, 13 ilustrações de Rafael Coutinho – ilustrador, quadrinista e fã da obra – e um ensaio comparando o livro à sua adaptação cinematográfica, feito pela francesa Isabelle Roblin – professora da Université du Littoral-Côte d'Opale. Também merece destaque a capa dupla-face: uma sobrecapa de papel com impressão em ambos os lados, que permite ao leitor escolher o seu design favorito. A capa é de Pedro Inoue, o mesmo artista de "2001: Uma Odisseia no Espaço" e a da edição comemorativa de 50 anos de "Laranja Mecânica".

Essa é a obra que apresenta a história original de Forrest, o excepcional e sincero protagonista de um dos mais memoráveis romances norte-americanos. Foi dele que saíram as principais situações que ganharam o público nos cinemas: desde o sucesso com o futebol americano até a viagem à China comunista. Com direção de Robert Zemeckis, o filme homônimo fez bastante sucesso entre o público e a crítica e conquistou seis Oscars, incluindo a categoria de Melhor Filme. 

O protagonista, que ganhou vida no cinema com a cativante interpretação de Tom Hanks, é ainda mais inusitado e peculiar no livro, com um espírito questionador da cultura norte-americana que não foi transposto para as telas. Além disso, a obra de Groom traz ainda mais aventuras inusitadas de Forrest, sendo um grande acréscimo para aqueles que apenas viram o filme.



← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

#ResenhandoIndica

20 20 20
Tecnologia do Blogger.