sábado, 12 de setembro de 2020

.: Entrevista: Juliana Paes fala sobre a experiência de rever estreia na TV


Em entrevista, a atriz relembra o trabalho na novela, de volta no "Vale a Pena Ver de Novo". Foto: Globo/João Miguel Júnior

Juliana Paes e Reynaldo Gianecchini têm em comum alguns encontros na vida profissional, como recentemente em "A Dona do Pedaço", mas nunca irão esquecer a experiência de estrearem juntos na televisão em horário nobre, com pouquíssima bagagem como atores. Para os dois, rever as cenas de Ritinha e Edu em "Laços de Família", no "Vale a Pena Ver de Novo", traz uma intensa mistura de lembranças e sensações. Na entrevista abaixo, a atriz relembra o trabalho, as recordações dos bastidores, a relação com o elenco e também conta como está vivendo o momento atual. Exibida no "Vale a Pena Ver de Novo", "Laços de Família" é escrita por Manoel Carlos, com direção geral e de núcleo de Ricardo Waddington.

Quais sensações rever "Laços de Família" no "Vale a Pena Ver de Novo" desperta em você?
Juliana Paes -
É uma grande mistura de sentimentos. Ao mesmo tempo em que fico feliz da vida porque estou relembrando como tudo começou, sinto uma certa insegurança porque foi o meu primeiro trabalho, e como eu estava crua (risos). Eu sou uma cria da TV Globo e os grandes atores da casa foram meus mestres. Acho que talvez por isso eu tenha aprendido bem, modéstia à parte (risos).

"A Força do Querer" vem aí novamente e você também está no ar em "Totalmente Demais". Como é a sensação de reviver esses trabalhos tão diferentes?
Juliana Paes -
É muito gostoso porque quando você está fazendo o trabalho sempre tem aquela tensão da recepção do público, da crítica, mas depois que tudo foi feito, bem aceito e um sucesso, a sensação é de muito orgulho e de plena satisfação.


Como foi o trabalho em "Laços de Família"?
Juliana Paes -
Foi um processo de enorme aprendizado. Eu me lembro de passar muito tempo esperando, porque não estava em muitas cenas, mas eu não ia para o camarim. Eu ia para o set aprender. Ficava vendo como os atores faziam, como eles ensaiavam e decoravam o texto. Aprendi muito com a Marieta Severo, nos ensaios ela fazia já quase para valer, e eu tentava absorver ao máximo assistindo. Percebi também o valor dos preparadores de elenco. Mesmo o ator sendo mais experiente, é importante ter esses profissionais sempre por perto.


Quais as principais lembranças que guarda do período de gravações?
Juliana Paes -
Eu guardo lembranças maravilhosas. Para mim tudo era novidade, o crachá era novidade, pendurar o crachá da TV Globo no meu pescoço era uma sensação maravilhosa. Quando eu entrava no estúdio era como se eu estivesse na Disney, sabe? 


Qual a cena foi mais marcante para você?
Juliana Paes -
A cena mais icônica da Ritinha com certeza é a cena da piscina, quando o Danilo (Alexandre Borges) tenta esconder a Rita da Alma (Marieta Severo) dentro da piscina.


Como foi recebida e como era a relação com o elenco com quem você mais contracenava?
Juliana Paes -
Essa parte foi maravilhosa, eu nunca pensei que iria ser tão bem recebida. E isso foi uma das coisas que me tiraram o sono antes de começar o trabalho. Eu achava que iria ficar deslocada, mas foi o contrário. Todos me tratavam com muito respeito e carinho, perguntavam coisas, eram interessados na minha história, queriam saber como que eu tinha chegado ali. Eu me senti muito querida e abraçada.


Como foi o retorno do público na época da novela? Passados 20 anos da exibição original, as pessoas ainda comentam sobre esse trabalho com você?
Juliana Paes -
Comentam muito até hoje. Na época, as pessoas falavam que eu iria longe na profissão. A Marilia Garbriela, que era casada com o Gianecchini, falou para mim na festa de "Laços de Família" que eu trabalharia muito dali em diante. Foi muito importante ter esse voto de confiança das pessoas.


Como está lidando com a rotina atual? Incluiu alguma nova atividade ou aprendizado?
Juliana Paes -
Fiz muito bolo, né? Depois de Maria da Paz, coloquei em prática todo o meu aprendizado (risos). E comecei a fazer Ioga, que era uma coisa que eu queria muito, mas achava que não teria flexibilidade para fazer. Estou indo bem, me desenvolvendo a cada dia, e muito feliz com mais essa experiência. 




← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

#ResenhandoIndica

20 20 20
Tecnologia do Blogger.