terça-feira, 20 de outubro de 2020

.: "A Casa Esquecida", de Maria Amélia Farah e Soraia Costa, no Itaú Cultural


Selecionado no edital de emergência realizado pela instituição, a produção entra no ar no dia 21 de outubro, às 20h, e fica disponível por 24 horas para ser assistido em www.itaucultural.org.br

A filha, com 42 anos, e a mãe de 84, retornam à casa há anos fechada no interior de São Paulo para escapar do epicentro da pandemia na capital. Refugiadas nesta casa esquecida, onde habitam os vestígios da infância da filha, as duas mulheres mergulham neste museu autobiográfico, numa tentativa de restaurar partes rasuradas da memória - abrigadas nas frestas das paredes, no embrulho empoeirado atrás da cama e na roseira, que floresce apesar do esquecimento das duas. 

Nessa situação atípica de isolamento social mãe e filha passam os dias em suspensão, como em um sonho, onde os tempos se misturam. Experimentam uma reaproximação não planejada, revelando intimidades dessa relação e a poética da passagem inexorável do tempo. 

Sobre Maria Amélia Farah
Maria Amélia Farah é graduada e mestre em Artes Cênicas,  pela Universidade de São Paulo (ECA/USP).  Diretora e dramaturga do espetáculo ”Fissura”, estreado no Sesc Pompeia, em 2019, é orientadora do curso de Criação de Solos Autorais, desde 2018, tendo orientado mais de trinta solos teatrais. Fez a provocação artística do espetáculo “Stabat Mater”, de Janaína Leite. É atriz co-criadora e colaboradora em dramaturgia na premiada e internacional Cia Hiato, dirigida por Leonardo Moreira. Na TV, atuou nas séries “Axogun”, “A Mulher do Prefeito” e “3Teresas”.

Sobre Soraia Costa
Soraia Costa é Bacharel em Artes Cênicas pela Universidade Estadual de Londrina (PR). Artista com deficiência física, Soraia é atriz, dramaturga, fotógrafa e videomaker. Desenvolveu seu portfólio como fotógrafa em diversos países como Itália, França, Alemanha, Inglaterra, Áustria e Brasil, ao longo de 11 anos.  Em 2012 seu fashion film "Der Metropol" foi indicado à Melhor Filme no 12° Festival for Fashion and  photography em Viena (Áustria) e no 1° Berlin Fashion Film Festival_BFFF  (Alemanha) . Atualmente vive em São Paulo, produz performances autobiográficas onde atua, escreve e dirige, atende diversos clientes de moda e revistas como fotógrafa e videomaker, e aprimora seu conhecimento em Video Mapping. Suas fotografias podem ser vistas em https://soraiacostaphotography.tumblr.com

Sobre Barulhista
Nascido em 1981 na cidade de Belo Horizonte (MG), Barulhista é um artista sonoro e produtor fonográfico premiado pelo trabalho na produção de trilhas sonoras originais para cinema, teatro, dança e publicidade. Indicado pelo baterista Martin Atkins como um dos mais interessantes músicos brasileiros contemporâneos. Atualmente reside em São Paulo.

Ficha técnica e serviço
Direção:
Maria Amélia Farah e Soraia Costa.
Concepção, Argumento e Roteiro: Maria Amélia Farah.
Decupagem, Montagem e Edição: Soraia Costa.
Elenco: Maria Amélia Farah, Nadir Ferreira de Souza Farah e Pedro Tosta.
Trilha Sonora: Barulhista.
Captação de vídeo: Maria Amélia Farah.
Classificação indicativa: livre.
Duração: 25 minutos.

Serviço
"A Casa Esquecida"
De Maria Amélia Farah e Soraia Costa.
Quarta-feira, dia 21 de outubro, às 20h.
Na programação do Festival Arte como Respiro – Edição Cênicas.
Em www.itaucultural.org.br.  
Duração: 25 minutos.
Classificação indicativa: livre.

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

Um comentário:

  1. Acabei de assistir e só ficará disponível até às 20 horas de hoje. Fiquei apaixonada pela vovó Nadir. Tão, tão fofa!! Valeu demais!!
    Imperdível!!

    ResponderExcluir

Deixe-nos uma mensagem.

#ResenhandoIndica

20 20 20
Tecnologia do Blogger.