quinta-feira, 26 de novembro de 2020

.: Diferença entre ideologia política e modo de produção


Por Helder Bentes*, professor de Língua Portuguesa e Literatura.

Já expliquei que direita e esquerda são POSIÇÕES políticas não escolhidas diretamente, mas que ocupamos na estratificação social gerada pelo Capitalismo.  Dito isto, vamos entender que Capitalismo não é simplesmente uma ideologia política, como o Socialismo e o Comunismo. Porque o Capitalismo não surgiu como reação. Ele surge já como modo de produção, em substituição gradativa ao Feudalismo, e marca a transição da Idade Média para a Idade Moderna. 

Teve mentores intelectuais? Teve. Claro! Mas não surgiu a partir de suas teorias. Todos os filósofos que defenderam a formação das monarquias nacionais, fomentaram a ideologia social necessária à expansão capitalista. O sistema está, portanto, na origem da noção de Estado.  Quem usou o termo “Capitalismo” pela primeira vez foi Karl Marx, em “O Capital”, o mesmo que teorizou o Socialismo como reação mais justa contra a exploração do trabalhador nas indústrias, isso já no século XIX, em defesa da classe operária. 

O Comunismo é um IDEAL socialista que, porque ameaçava o Capitalismo, fora mitificado como um fantasma a assustar a ordem econômica baseada na obtenção do lucro e na exploração da mão-de-obra, esta última a principal contradição do Capitalismo, geradora das revoluções proletárias e das duas grandes guerras mundiais.

As contradições do sistema nem sempre são evidentes. Por isso existem “pobres de direita”, classe média acreditando que vai ficar rica, gente teimando que há Comunismo no Brasil, porque existem siglas político-partidárias com C de Comunismo no meio, teimando que o Comunismo existe e que os países “comunistas” sejam, cada um, uma ilha alijada de relações internacionais. Essas pessoas só reproduzem o discurso midiático, não sabem nem quem seja Bolsonaro de fato, muito menos quem tenha sido Adam Smith ou Karl Marx.

Resumindo, Capitalismo e neoliberalismo econômico defendido pela direita, isto é, pelos ricos que detêm os meios de produção, que mantêm negócios cujo lucro depende do trabalho de empregados, é um modo de produção já globalizado, que domina o mundo inteiro, inclusive China, Coreia do Norte, Cuba, Laos e Vietnã, e até o Bolivarianismo de Hugo Chávez na Venezuela, porquanto o país só conseguiu se manter por causa da receita gerada pelo Petróleo. Todos esses países ditos “comunistas” tiveram que se adaptar aos imperativos do Capital. Isso NÃO É COMUNISMO. 

No entanto, a restrição da liberdade individual nessas tentativas ou experimentações comunistas, assim como oposições socialistas que se fazem em alguns países capitalistas da Europa e das Américas, inclusive aqui no parlamento brasileiro, assustam o povo, sobretudo porque quem está na direita, pega a maior corda com o terrorismo que se faz contra o Socialismo e o Comunismo. 

Reforma agrária, desapropriação, cobrança de mais impostos, restrição de liberdades individuais, legalização do aborto e da maconha, feminismo, teoria queer que apelidaram de “ideologia de gênero”, Estado laico, combate ao racismo, à violência contra a mulher, à injúria racial e ao racismo, e até reforma curricular da educação básica, a partir da socialização de avanços da pesquisa científica potencialmente modificadores do status quo capitalista, são xingados de “comunistas”. Sobrou até para o Coronavírus! Esse vírus “comunista”!

Mas agora que você já sabe a diferença entre ideologia política e meio de produção, você já deve ter entendido que representações socialistas no parlamento são forças de equilíbrio, e que um prefeito socialista, da social-democracia, num município cuja base econômica é o neoliberalismo, faz toda a diferença para o trabalhador, seja ele informal, autônomo, empregado, servidor público, ou micro-empreendedor.

Sobre o autor
Helder Bentes* é professor de Língua Portuguesa e Literatura, na educação básica e superior, em Belém do Pará. Está escrevendo textos sobre política para educar leitores ao voto com consciência de classe.




← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

#ResenhandoIndica

20 20 20
Tecnologia do Blogger.