terça-feira, 8 de setembro de 2015

.: Fernando Durão: um olhar de Portugal para o Brasil

A Pinacoteca Benedicto Calixto traz para Santos a exposição “Fluxos de Cores e Formas”, do artista plástico Fernando Durão. A mostra ficará aberta ao público até 27 de setembro, de terça a domingo, das 9h às 18h, com entrada franca. Ao todo, serão apresentadas 16 obras, sendo 15 pinturas e uma escultura. 

Sobre os quadros, ele comenta: “são pinturas geométricas resultantes do percurso vivenciado que dei início na década de 70 buscando na rigorosa construção,  aspectos concretos da dimensionalização racional do espaço”. 

Para que o público da região também possa conhecer um pouco do trabalho que Durão desenvolve em escultura, ele explica que a inspiração vem de “figuras geométricas presentes no inconsciente humano e que surgem no cotidiano do século XXI, são por mim observadas e reconstruídas com o objetivo único de valorizar o estético, lúdico e o espaços físico urbano”.

O português Fernando Manuel da Costa Durão está no Brasil desde 1970 e foi aqui que desenvolveu uma carreira de grande sucesso com o pintor, desenhista, ilustrador, designer gráfico, fotógrafo, crítico de arte e crítico de fotografia.

Além de se dedicar às artes plásticas, Durão dirige a Galeria de Arte Século XXI, foi crítico de fotografia na Folha da Tarde, projetou e dirigiu as galerias de arte do Banco do Brasil e lançou o álbum de gravuras 10 contemporâneos.

Os seus trabalhos vêm a Santos pela primeira vez, para uma exposição na Pinacoteca Benedicto Calixto. 

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.