segunda-feira, 30 de novembro de 2015

.: Livro de Roseméri Laurindo sobre o programa de Fátima Bernardes

Depois de dois anos de pesquisa para o estágio de pós-doutorado em Comunicação, a escritora e jornalista Roseméri Laurindo encontrou no programa "Encontro com Fátima Bernardes" o exemplo para comprovar a sua tese de autor-jornalista-marca no gênero jornalístico diversional. 

Os resultados do trabalho estão agora publicados em um livro que, além da análise acadêmica, conta com mais de 20 páginas de entrevista exclusiva com a apresentadora e também jornalista Fátima Bernardes. Ela responde os questionamentos sobre os segredos e as estratégias adotadas pela equipe na Rede Globo de Televisão. O livro “O Jornalismo Diversional de Fátima Bernardes”, de Roseméri Laurindo, produzido e distribuído pela Primavera Editorial, será lançado em Blumenau, Santa Catarina, no dia 17 de dezembro, às 19h30, na Livraria Catarinense, no Shopping Neumarkt.

Segundo Rosémeri Laurindo, o Jornalismo Diversional é um tipo de discurso que embora tenha o objetivo na realidade, busca dar uma aparência mais romanesca aos fatos, personagens e ações. Esse gênero jornalístico traduz um conceito que classificou o programa “Encontro com Fátima Bernardes” como modelo de Jornalismo Diversional. “Focando na personalidade cativante da apresentadora Fátima Bernardes, o livro alinha os conceitos jornalísticos para apresentar, com maior propriedade, a complexidade do gênero autor-marca no programa. Composto por pesquisas acadêmicas e entrevista com Fátima Bernardes, o livro revela as transformações do jornalismo no cenário atual”, acrescenta a autora.

“Mudei completamente minha função, o que eu faço hoje é um programa muito mais de entretenimento, com um fundo jornalístico, mas eu sou jornalista do mesmo jeito. Eu vivo pensando em pauta, pensando em como transformar aquilo em um assunto interessante, fico pensando de que maneira aquilo vai ser uma prestação de serviço para quem está vendo e ouvindo. Então a concepção de meu trabalho de jornalista continua lá”, diz Fátima Bernardes em entrevista à Roseméri Laurindo.

Sobre a autora
A jornalista e escritora Roseméri Laurindo, natural de Blumenau, é Doutora em Ciências da Comunicação pela Universidade Nova de Lisboa. Mestre em Comunicação e Cultura Contemporâneas pela Universidade Federal da Bahia. Graduada em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. É Coordenadora do Curso de Jornalismo da Universidade Regional de Blumenau (FURB), onde é professora titular de Teorias da Comunicação. Realizou estágio pós-doutoral na Cátedra Unesco de Comunicação para o Desenvolvimento Regional, junto à Universidade Metodista de São Paulo, com apoio do CNPq. É integrante do Grupo de Pesquisa Pensa-Com/Brasil, liderado por José Marques de Melo. É Coordenadora do Grupo de Pesquisa sobre Gêneros Jornalísticos da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares em Comunicação (Intercom). Em 2014, recebeu o Prêmio Luiz Beltrão de Ciências da Comunicação, da Intercom, na categoria Liderança Emergente. Autora de várias publicações jornalísticas e científicas, dentre as quais o livros o AI-5 na Academia - O manual do lead usado pelos golpistas de 1964 para punir o ensino de jornalismo -, pela Edifurb (2014). 

Serviço
Lançamento do livro “O Jornalismo Diversional de Fátima Bernardes”, por Roseméri Laurindo

17 de dezembro, a partir das 19h30
Livrarias Catarinense, Shopping Neumarkt (Rua 7 de Setembro, 1213 - Centro, Blumenau.



← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.