segunda-feira, 8 de agosto de 2016

.: Começam filmagens de “A Vida Extraordinária de Tarso de Castro”


O documentário “A Vida Extraordinária de Tarso de Castro”, dirigido por Leo Garcia e Zeca Brito, começou a ser rodado na última quinta-feira, 4 de agosto, no Rio de Janeiro. Por meio da fascinante trajetória de Tarso de Castro, o longa-metragem irá reviver a história do Brasil dos anos 60, 70 e 80 e da geração de intelectuais que resistiram à ditadura militar e promoveram uma verdadeira revolução nos costumes e na cultura brasileira.

Nesta primeira fase de filmagens, os diretores vão entrevistar o cartunista Jaguar, o jornalista Sérgio Cabral (pai) e o ator Antônio Pedro. Outros companheiros de Tarso, como Paulo César Pereio, Caetano Veloso, Chico Buarque, Mario Prata, Ziraldo, Paulo Caruso, Zuenir Ventura, Luis Fernando Verissimo, Xico Sá e Daniel Filho, serão entrevistados na segunda etapa.

Boêmio, provocador, sedutor, revolucionário e idealizador do jornal Pasquim, Tarso de Castro foi um dos mais importantes e polêmicos jornalistas do Brasil. Como bem definiu Otto Lara Resende, Tarso traçou um verdadeiro pacto de felicidade com a vida e pagou o preço dos prazeres excessivos – era alcoólatra, não admitia se tratar e morreu de cirrose hepática aos 49 anos de idade em 1991.

Além dos amigos já citados, Tarso conviveu e influenciou personalidades como Glauber Rocha, Tom Jobim, Leila Diniz, Paulo Francis, Samuel Wainer, Luiz Carlos Maciel, Sérgio Porto, Paulo José, Hugo Carvana, Fernanda Montenegro, Leonel Brizola, João Ubaldo Ribeiro e Sérgio Buarque de Holanda.

“Enquanto escritores e roteiristas quebram a cabeça para criar personagens conflituosos e que cativem o público, o jornalismo brasileiro teve em suas redações um personagem pronto”, conclui o diretor Leo Garcia.

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.