domingo, 5 de março de 2017

.: Spike Lee é tema de mostra e oficina no Sesc Pinheiros


Projetos "Tela Clássica" e "Cicloficinas" revisitam a obra do cineasta estadunidense.

Entre os meses de março e abril de 2017, o Sesc Pinheiros exibe filmes do cineasta Spike Lee. "Ela Quer Tudo", "Lute Pela Coisa Certa" e "Faça a Coisa Certa" são os títulos de suas primeiras obras e das primeiras exibições. Realizada no contexto da exposição "Todo Poder ao Povo! Emory Douglas e os Panteras Negras" e pertencente ao projeto "Tela Clássica", a mostra é gratuita e ocorre sempre às terças-feiras, no auditório da Unidade.

Além das exibições, o diretor é tema da oficina "Spike Lee: O Militante do Cinema Arte". Esta edição do Cicloficinas propõe analisar o conteúdo e a estética da obra do diretor e será orientada por Franthiesco Ballerini, jornalista e mestre em Comunicação Social. Os encontros ocorrem de 23 de março a 13 de abri, sempre às quintas-feiras, às 15h. As inscrições estão abertas e com inscrições entre R$ 9 (credencial plena do Sesc) e R$ 30 (inteira).

Sobre Spike Lee
Ícone do cinema afro-americano, Lee é diretor, produtor, roteirista e ator. Quando criança, mudou-se com seu pai, um músico de jazz, e sua mãe, professora de artes, para o Brooklin, bairro que abriga a maior comunidade afro-americana dos EUA. Estudou na Escola de Artes da Universidade de Nova York, responsável pela formação de nomes como Martin Scorsese, Joel Coen, Jim Jarmusch, Charlie Kaufman, e Ang Lee entre outros. Suas obras, frequentemente, têm como foco aspectos segregacionistas étnicos da sociedade norte-americana e como porta voz de um cinema militante negro, suas ações são voltadas para o questionamento das condições dos cidadãos afro-americanos. 

Sobre o “Tela Clássica” 
O projeto “Tela Clássica” oferece ciclos dedicados à memória e à obra dos cineastas mais representativos da história do cinema mundial. Contempla nomes que inventaram a linguagem fílmica, desbravaram os caminhos da moderna produção cinematográfica e possibilitaram a evolução de uma indústria que une arte, tecnologia e entretenimento. Fritz Lang, Luis Buñuel, Serguei Eisenstein, Akira Kurosawa, Vittorio de Sica, Rainer Werner Fassbinder, David Lean, Pier Paolo Pasolini, Stanley Kubrick e Jim Jarmusch já foram homenageados no projeto.

Sobre o Cicloficinas
Oficinas e cursos que abordam a vida e a obra dos cineastas em cartaz no projeto "Tela Clássica". 

Serviço da Mostra

Março

“Ela Quer Tudo” (“She's Gotta Have It”) | Dia 7 de março, terça-feira, às 20h 
EUA, 1986, 84 min. Colorido e P&B. Comedia/Romance. Projeção Digital. Recomendação etária: 16 anos.
Uma jovem negra, independente e bem-sucedida namora três homens e nenhum é capaz de satisfazê-la inteiramente. Ela não consegue decidir com quem ficar. Com Tracy Camilla Johns, Tommy Redmond Hicks, John Canada Terrel e Spike Lee. 

“Lute Pela Coisa Certa” (“School Daze”) | Dia 14 de março, terça, às 20h
EUA, 1988, 121 min. Colorido. Comédia/Drama/Musical. Projeção Digital. Recomendação etária: 16 anos.
Em uma universidade de negros sulista dos EUA, há um problema racial em conflito dividindo os alunos entre os "Wannabees", os mais claros, e os "Jigaboos", os mais escuros. Com Laurence Fishburne, Giancarlo Esposito e Tisha Campbell Martin.

“Faça a Coisa Certa” (“Do the Right Thing”) | Dia 21 de março, terça, às 20h
EUA, 1989, 119 min. Colorido. Drama. Projeção Digital. Recomendação etária: 16 anos.
Em um bairro de maioria negra, um ativista local exige que o dono de uma pizzaria troque as fotos das paredes onde estão seus ídolos brancos por fotos de personalidades negras. Quando tem seu pedido negado, o ativista passa a organizar um boicote contra a pizzaria. Com: Danny Aiello, Giancarlo Esposito, John Turturro e Spike Lee.  

“Mais e Melhores Blues” (“Mo’ Better Blues”) | Dia 28 de março, terça, às 20h
EUA, 1990. 129 min. Colorido. Drama/ Musical. Projeção Digital. Recomendação etária: 16 anos.
Por insistência dos pais, Bleek se torna um grande trompetista e forma sua própria banda de jazz, mas sua personalidade forte e a má administração, acabam levando o quarteto a enfrentar vários problemas. Com Denzel Washington, Spike Lee, Wesley Snipes e Giancarlo Esposito.

Abril

“Febre da Selva” (“Jungle Fever”) | Dia 4 de abril, terça, às 19h
EUA, 1991, 120 min. Colorido. Drama/ Romance. Projeção Digital. Recomendação etária: 16 anos.
Ao assumir um romance extra conjugal, com sua secretária de origem italiana, jovem arquiteto negro, bem sucedido dispara uma acirrada disputa entre as duas famílias e revela diferenças étnicas. Com Wesley Snipes, Annabella Sciorra e Ossie Davis.

“Malcolm X” | Dia 11 de abril, terça, às 19h
EUA , 1992, 202 min. Colorido. Biografia/Drama. Projeção Digital. Recomendação etária: 16 anos.
Cinebiografia do famoso líder afro-americano Malcolm X que, com sua mensagem política sobre as relações raciais, abalou a consciência política do país. Com Denzel Washington, Angela Bassett e Albert Hall.

“Garota 6” (“Girl 6”) | Dia 19 de abril, terça, às 19h
EUA, 1996, 108 min. Colorido. Comédia/ Drama. Projeção Digital. Recomendação etária: 16 anos.
Jovem chega à Nova York com a intenção de fazer carreira como atriz, mas quando o dinheiro acaba, ela aceita trabalhar como atendente num serviço de telesexo. Com Theresa Randle, Isaiah Washington e Jenifer Lewis.

“O Verão De Sam” (“Summer Of Sam”) | Dia 25 de abril, terça, às 19h
EUA, 1999, 142 min. Colorido. Policial. Suspense. Drama. Projeção Digital. Recomendação etária: 18 anos.
No verão de 1977, uma série de assassinatos aterroriza uma comunidade de Nova York que acaba se mobilizando para encontrar o “serial killer” conhecido com Filho de Sam. Com John Leguizamo, Adrien Brody e Mira Sorvino.

Serviço da Cicloficinas
“Spike Lee: O Militante do Cinema Arte”
Com Franthiesco Ballerini
De 23 de março a 13 de abril, quintas-feiras, às 15h
Duração: Quatro encontros de 2h30 
Local: Sala de Múltiplo Uso (3º andar)
Classificação: Não recomendado para menores de 16 anos. Atividade dirigida a interessados em geral, estudantes de cinema, música, artes, história, comunicação social, ciências humanas, educação, entre outras áreas.
Inscrições: R$ 30 (inteira). R$ 15 (meia: estudante, servidor de escola pública, + 60 anos, aposentados e pessoas com deficiência). R$ 9 (credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes), na Central de Atendimento (3º andar) da Unidade. 30 vagas.

Sesc Pinheiros
Endereço: Rua Paes Leme, 195.
Bilheteria: Terça a sábado das 10h às 21h. Domingos e feriados das 10h às 18h. Tel.: (11) 3095.9400.
Estacionamento com manobrista: terça a sexta, das 7h às 22h; Sábado, domingo, feriado, das 10h às 19h. Taxas / veículos e motos: credenciados plenos no Sesc: R$ 12 nas três primeiras horas e R$ 2 a cada hora adicional. Não credenciados no Sesc: R$ 18,00 nas três primeiras horas e R$ 3 a cada hora adicional. Para atividades no Teatro Paulo Autran, preço único: R$ 12 (credenciados plenos) e R$ 18 (não credenciados).
Transporte Público: Metrô Faria Lima – 500m / Estação Pinheiros – 800m.

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.