sábado, 23 de junho de 2018

.: Café Filosófico aborda desumanização dos tratamentos médicos

Conduzida pelo psiquiatra e psicanalista Alfredo Simonetti, a palestra faz parte da série Pílulas e Palavras. Vai ao ar às 21h, na TV Cultura, no YouTube e no app Cultura Digital


Neste domingo, dia 24 de junho, a TV Cultura continua a série Pílulas e Palavras, do Café Filosófico, com a palestra Os sócios de Deus. Na atração, o psicólogo e psiquiatra Alfredo Simonetti fala sobre os tratamentos médicos e a relação do profissional da saúde com os pacientes no mundo atual. Apresentado por Clarissa Kiste e Kiko Bertholini, o programa vai ao ar às 21h, na TV Cultura, no YouTube e no app Cultura Digital.

O avanço da tecnologia contribui consideravelmente com os tratamentos da medicina. Entretanto, tanta evolução também faz com que as relações entre médicos e pacientes sejam cada vez mais impessoais e, até mesmo, desumanizadas.

“A posição do médico em relação ao paciente já não é mais a mesma”. A frase de Alfredo Simonetti significa que o paciente também é protagonista na evolução das relações com o médico. Segundo o psiquiatra e psicanalista, as pessoas têm muito mais informações e chegam preparadas a uma consulta médica nos dias de hoje, o que colabora para a mudança de relacionamento entre profissional e paciente. Como resolver, então, essa questão paradoxal? Na palestra, Simonetti procura fazer reflexões sobre esse e outros pontos.

Sobre a série Pílulas e Palavras: Parece inegável que há uma “vivência contemporânea” das velhas angústias humanas. Mais inegável ainda é a existência de “remédios contemporâneos” para essas vivências. Quem se coloca na posição de paciente, se debatendo com os sintomas do nosso tempo, delega aos clínicos a responsabilidade pela “cura“ de seu sofrimento. Mas o que podem a psiquiatria, a psicanálise e as psicoterapias com suas pílulas e palavras? Refletir sobre isso é a proposta desta série do Café Filosófico.

Compartilhar no WhatsApp
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.