terça-feira, 10 de abril de 2018

.: A beleza da Adormecida pelo Ballet Estatal de São Petersburgo no Gelo

Por: Mary Ellen Farias dos Santos
Em março de 2018


Resenha crítica do Ballet Estatal de São Petersburgo no Gelo, em São Paulo


"A Bela Adormecida", de Charles Perrault, narrativa clássica do gênero conto de fadas já foi adaptada em livros, filmes, desenhos, histórias em quadrinhos e até mesmo nos palcos de teatro. Contudo, de 5 a 8 de abril de 2018, o Ballet Estatal de São Petersburgo, em passagem por São Paulo, no Teatro Bradesco (Bourbon Shopping), apresentou por meio do balé a história que é passada de gerações para gerações -com o acréscimo do gelo.

O clássico da música de Tchaikovsky, com coreografia de Marius Petipa, entra em cena num show de exatidão e muita técnica dos bailarinos de uma das companhias mais tradicionais da Rússia. Usando movimentos precisos e expressões corporais, o público é envolvido pela arte dramática musicada, pois, do início ao fim, a apresentação reflete o profissionalismo que une a dança clássica e a patinação artística, com direito a trajes elegantes da realeza. 

"Os mestres do gelo", ao levar o público para dentro do espetáculo, garantem aplausos efusivos a cada número. Há até quem chegue a se desencostar da poltrona enquanto assimila os movimentos mais ousados. Na condição de espectador, é impossível segurar a emoção que desponta em arrepios de felicidade e até lágrimas de satisfação. Impossível deixar de desejar, em cena -mesmo que por pouco tempo-, ser o rei ou a rainha e assistir bem de pertinho os solos apresentados durante os bailes do reino. 

Vestidos de membros da realeza, o destaque maior da atuação é do príncipe apaixonado e da princesa enfeitiçada, que juntos dão um show perfeito de equilíbrio com as lâminas no gelo. A harmonia do par da princesa fixa os olhos do espectador, seja num solo de tirar o fôlego ou ao erguer a parceira e fazê-la girar em espiral. Outros números maravilhosos do espetáculo, com a arte de rodopiar e deixar qualquer um boquiaberto, são dos solistas que interpretam a fada boa e a bruxa.

Os solistas dessa produção luxuosa e rica em coreografias já passaram por Porto Alegre e São Paulo. No entanto, nos próximos dias, a oportunidade de assistir o espetáculo é dos cariocas, pois o Ballet Estatal de São Petersburgo, estará em cartaz no Rio de Janeiro, durante os dias 12, 13, 14 e 15 de abril, no Teatro Bradesco Rio.



PISTA DE GELO: Cinco toneladas de gelo foram aplicadas em uma trilha pré-fabricada da Alemanha, para criar uma superfície lisa e compacta de 148 m². Foram necessárias 48 horas de preparação. A pista de gelo, uma vez instalada em cada cidade, é permanentemente mantida conectada a um sistema de resfriamento complexo e a uma usina de alta tensão para fornecer as condições técnicas necessárias para o desempenho dos bailarinos.

O BALLET, ARTE DRAMÁTICA: É um gênero dramático caracterizado pela integração harmônica da música, coreografia, decoração, trama e, essencialmente, dança, talvez as mais sutis e complexas devido ao domínio do corpo, da postura e da mente. Os argumentos do balé clássico são geralmente extraídos e adaptados da literatura universal ou escritos especialmente por um compositor. Os coreógrafos dão seu próprio estilo aos trabalhos, assim como faz um diretor de cinema ou orquestra. Os bailarinos são atrizes ou atores cujos meios de comunicação não são a voz ou o gesto, mas a expressão corporal, que tenta transmitir as experiências e os estados mentais dos personagens que eles interpretam.

SERVIÇO: 
Ballet Estatal de São Petersburgo no Gelo – No espetáculo A Bela Adormecida
Porto Alegre, dias 31 de março e 1º de abril (Teatro do Bourbon Country/ RS);
São Paulo, dias 5, 6, 7 e 8 de abril (Teatro Bradesco/SP),
Rio de Janeiro, dias 12, 13, 14 e 15 de abril (Teatro Bradesco Rio/ RJ).
Classificação: Livre
Duração: 150min



*Mary Ellen Farias dos Santos é criadora e editora do portal cultural Resenhando.com. É formada em Comunicação Social - Jornalismo, pós-graduada em Literatura e licenciada em Letras pela UniSantos - Universidade Católica de Santos. Twitter: @maryellenfsm





Uma publicação compartilhada por Teatro Bradesco (@teatrobradesco) em
Uma publicação compartilhada por Teatro Bradesco (@teatrobradesco) em
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

3 comentários:

  1. Um verdeiro espetáculo!!

    ResponderExcluir
  2. Texto muito delicado, transmite a emoção do show. Parabéns.

    ResponderExcluir

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.