sexta-feira, 14 de setembro de 2018

.: Thiaguinho é a atração do “Rael Convida” de setembro

Foto: Divulgação


Rael sempre foi fã de samba - desde o álbum "Ainda Bem" vem flertando com o estilo e já tinha gravado “Oya” lá atrás - e agora se junta novamente a Thiaguinho, com quem já tinha feito o projeto "Tardezinha", em um episódio muito especial do "Rael Convida". “Quando gravei o "Tardezinha" com ele, descobrimos que nos anos 90 ouvíamos os mesmos sambas; Katinguelê, Sensação, Fundo de Quintal, Só Pra Contrariar, entre outros. Aí ele foi mais pro lado do samba e eu mais pro rap, mas sempre escutei samba. Esse encontro agora foi muito especial porque mesclamos meu rap com o samba dele e cantamos músicas que tanto eu quanto ele ouvíamos muito” - comenta Rael.

Eles criaram novas versões para as canções, escolhendo caminhos bem diferentes dos originais. “Oa Oa (Canção de Amor)" (Leandro Lehart / Malli) ganhou uma pegada reggae no refrão e "Quando o Sol Nascer" (Carica / Delcio Luiz / Prateado), do grupo Sensação, um acento mais africano, com influências do ijexá. Eles também fizeram um dueto em “Envolvidão” (Rael / Nave) e "Jogo de Sedução" (Carlos Caetano / Leandro Fab / Cisco). “Curtimos muito gravar esse programa e espero que as pessoas também gostem” - completa Rael. As músicas contam com Bruno Dupre no backing vocal, baixo e violão e Fejuca no violão. 

"Rael Convida" é um programa mensal que já contou com as participações de Criolo, Drik Barbosa, Negra Li e Black Allien. Os vídeos estão disponíveis no canal do Rael no YouTube e as músicas nas plataformas digitais.

Assista


Ficha Técnica
Projeto idealizado por: Rael e Marina Santa Clara Yakabe
Roteiro: Rael e Marina Santa Clara Yakabe
Direção executiva: Evandro Fióti 
Produção executiva: Raissa Fumagalli
Assessoria jurídica: Tiago Barbosa e Guilherme Nunes
Imagens: Victor Balde 
Montagem, edição e finalização: Victor Balde
Motion: Adilson MP
Uma produção Laboratório Fantasma Produções 

Sobre Rael: Nascido e criado na zona sul de São Paulo, no Jardim Iporanga, o cantor e MC Rael começou a construir sua história no rap com o grupo Pentágono, que se tornaria referência no rap nacional. Em 2010, lançou seu primeiro disco solo, "MP3 - Música Popular do Terceiro Mundo", com o qual teve a chance de rodar o Canadá em turnê. Em 2013 veio “Ainda Bem que Eu Segui as Batidas do Meu Coração”, o primeiro pelo selo Laboratório Fantasma, produzido pelo duo norte-americano K-Salaam & Beatnick. Em 2013, Rael também viu seu “Ainda Bem” indicado ao prêmio de melhor álbum de música compartilhada no Prêmio Multishow. Em 2014, colocou nas ruas o EP “Diversoficando”, do sucesso “Envolvidão”. No final de 2016, o álbum “Coisas do Meu Imaginário”, com produção de Daniel Ganjaman, rendeu a Rael o Prêmio da Música Brasileira de Melhor Cantor Pop/Rock/Reggae/Hip Hop/Funk e uma indicação ao Grammy Latino de melhor álbum na categoria Urban com Rael como único concorrente brasileiro. 

Sobre Thiaguinho: Thiaguinho era integrante do grupo Samba e Suor quando foi revelado no programa “TV Fama”, da Rede Globo. Depois foi vocalista do Exaltasamba por 9 anos e saiu para fazer sua carreira solo. Thiaguinho já ganhou vários prêmios e foi indicado ao Grammy Latino na categoria “Melhor Álbum de Samba e Pagode” por “Ousadia e Alegria”. 

Rael na internet
Facebook: facebook.com/OficialRael
Twitter: twitter.com/raelepronto 
Instagram: instagram.com/raeloficial
Site: raeloficial.com 

Lab Fantasma na internet
Facebook: facebook.com/LaboratorioFantasma 
Instagram: instagram.com/lab_fantasma
Twitter: twitter.com/lab_fantasma 
Site: labfantasma.com

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.