sexta-feira, 28 de dezembro de 2018

.: Exposição “Transáveis” vai apresentar um novo olhar sobre a sexualidade


Idealizada e executada pelo Coletivo Brutas, a mostra poderá ser visitada no Teatro Guaíra, em Curitiba.

A exposição “Transáveis”, até 20 de janeiro no Teatro Guaíra, é idealizada e executada pelo Coletivo Brutas. Com o objetivo de se abrir para a experiência direta, tátil e mental do espectador convocando sentidos múltiplos, cinco artistas (Erica Storer, Estelle Flores, Gio Soifer, Jéssica Luz e Paula Calory) se uniram pelo incessante desejo de expressar sentimentos, histórias e instigar as observações sociais, políticas e, sobretudo, a respeito da vida. 

A mostra, composta por diferentes demonstrações artísticas, é articulada por um roteiro com cinco atos dando passagem a configurações conhecidas, porém raramente vistas: a definição de corpo a partir do seu entorno e as possibilidades que se deflagram a partir desse pressuposto.

O que é o desejo e como ele é construído no indivíduo por meio dos produtos da mídia e sociedade, é um dos pontos-chaves da narrativa proposta pela “Transáveis”. Além disso, a exposição vai sugerir que o participante descubra novas formas de se conectar com a sexualidade de forma não-falocêntrica e não-binária, rompendo o senso comum construído e manipulado por meio de processos da mídia e da sociedade. 

A mostra promete surpreender os visitantes muito além do prévio significado do nome, buscando reverter a inibição a partir da experiência do indivíduo. Para o coletivo, o sexo é uma forma de poesia, interpretada e vivida diferentemente por cada um, sem padrões, sem preceitos.

Muito mais do que o desejo carnal potencializado pela mídia, a exposição resulta da prática de criação do coletivo Brutas na qual os desejos e subjetividades de cada integrante se somam para uma concretude da obra imaginada. Com entrada gratuita, a “Transáveis” é um convite para adentrarmos com nossos corpos na consciência de uma ideia que se faz corpo. Eloquência, sedução, graça, flerte, desejo, tudo isso habitando reinos e sendo contraste pelo rito – a mediação – que nos lembra que habitamos, também com nossa realidade física, um mundo imaginado.

A mostra poderá ser visitada de quarta a sábado, das 15h às 20h, e aos domingos, das 17h às 20h. A entrada é gratuita. O Teatro Guaíra fica na rua XV de Novembro, 971 - Centro - Curitiba. 

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.