sábado, 1 de junho de 2019

.: "O Mistério de Irma Vap" em 11 motivos para não perder

Foto: @priscilaprade 


Por Mary Ellen Farias dos Santos*
Em maio de 2019



Sabe aquela história com diálogos de arrancar gargalhadas? Assim é o clássico do teatro brasileiro "O Mistério de Irma Vap", que fez sucesso pela adaptação dirigida por Marília Pêra, em 1986, está em cartaz no Teatro Porto Seguro em São Paulo até o dia 16 de junho. Rotulado como uma comédia besteirol, a montagem vai além, pois abre espaço para críticas e homenagens. Tendo no elenco talentosos como Luis Miranda e Mateus Solano, a nova leitura realizada pelo diretor e encenador Jorge Farjalla é completa e tem tudo para durar tantos 11 anos quanto o espetáculo com Marco Nanni e Ney Latorraca. 

Versátil e envolvente, a atual versão que se passa num trem fantasma já foi vista por 17 mil pessoas desde a estreia em abril, com sessões sexta-feira às 21h, aos sábados às 18h e 21h, e aos domingos às 16h e 19h. Confira a nossa lista com 11 motivos para não deixar de assistir "O Mistério de Irma Vap"!


Foto: @priscilaprade 

1. Irreverente, a nova montagem de Jorge Farjalla é extremamente ousada e desvenda alguns segredos dos bastidores diante do público, sem perder o ritmo frenético que funciona bem no palco -e até pela plateia. 

2. A trama bem elaborada faz com que os talentosos Luis Miranda e Mateus Solano convençam o público de que cada um vive vários personagens distintos -ou nem tanto, quando já não é mais preciso distingui-los, mas aproximá-los.

3. Ambientado no trem fantasma de um parque de diversões macabro, as portas são abertas para mostrar surpresas mirabolantes, com acréscimo de efeitos sonoros, ou ainda dar vida e ritmo com o carrinho do brinquedo assombroso em movimento -que no escuro fica ainda mais medonho por ser iluminado próximo às rodas.

4. Sem a pretensão de ser levada a sério, a montagem com Mateus Solano, Luis Miranda e quatro atores, é a pura zoeira de arrancar gargalhadas. Resultado: o público é fisgado e envolvido pelas confusões dos personagens.

5. A iluminação impecável dá veracidade ao trem fantasma no palco, logo alguns sustos são garantidos.

6. De texto libertário, o espetáculo contesta a respeito da atualidade e também presta homenagem aos grandes nomes do teatro que partiram. Há espaço até para que os personagens deixem Mateus Solano e Luis Miranda interagirem entre si diante do público.

7. "O Mistério de Irma Vap" ficou marcado na história do teatro como uma espécie de gincana de troca de figurinos por Nanini e Latorraca. O retorno desse clássico ao teatro brasileiro é a chance de preencher uma lacuna, aos que nunca puderam assistir a peça. Aos já experientes, a nova montagem é a oportunidade de ressignificar o espetáculo.

8. A sonoplastia não só complementa, mas protagoniza por diversos momentos, quando permite que os atores façam mais do que caretas diante das revelações inquietantes e também dancem ao som do clássico "Thriller", de Michael Jackson, por exemplo.

9. No palco, os monstrinhos interpretadas por Greco Trevisan, Kauan Scaldelai Sartori, Fagundes Emanuel e Thomas Marcondes, que auxiliam Luis Miranda e Mateus Solano na troca de roupas e perucas e fazem o carrinho do trem fantasma andar, também brilham nas cenas de suspense, drama e muita comédia.

10. Atual e moderna, a montagem traz um desfecho digno de luzes de celulares erguidas e mãos balançando ao som de "Thousand Years", música-tema do casal de vampiros Edward e Bella, da saga de sucesso "Crepúsculo".

11. Está em cartaz até o dia 16 de junho, no Teatro Porto Seguro,  que oferece serviço de vans. Basta usar o metrô, descer na estação da Luz e ir para a saída ao lado do Museu da Língua Portuguesa e Pinacoteca de São Paulo.


Foto: @priscilaprade 

Serviço:
"O Mistério de Irma Vap", de Charles Ludlam
Até 16 de junho no Teatro Porto Seguro - Às sextas-feiras, às 21h, aos sábados, às 18h e 21h, e aos domingos, às 16h e 19h.
Ingressos: Plateia: R$ 150 / Frisas: R$ 100 e / Balcão R$80.
Classificação:  12 anos.
Duração: 100 minutos.
Gênero: Comédia.

Teatro Porto Seguro
Al. Barão de Piracicaba, 740 – Campos Elíseos – São Paulo.
Telefone: (11) 3226.7300.
Capacidade: 484 lugares.
Formas de pagamento: cartão de crédito e débito (Visa, Mastercard, Elo e Diners).
Acessibilidade: 10 lugares para cadeirantes e 5 cadeiras para obesos.
Estacionamento no local: Estapar R$ 20 (self parking) - Clientes Porto Seguro têm 50% de desconto.
Serviço de Vans: Transporte gratuito Estação Luz – Teatro Porto Seguro – Estação Luz. O Teatro Porto Seguro oferece vans gratuitas da Estação Luz até as dependências do Teatro. Como pegar: na Estação Luz, na saída Rua José Paulino/Praça da Luz/Pinacoteca, vans personalizadas passam em frente ao local indicado para pegar os espectadores. Para mais informações, contate a equipe do Teatro Porto Seguro.

Vendas: http://www.tudus.com.br


Siga a peça nas redes sociais:
Instagram: @omisteriodeirmavap
Facebook: omisteriodeirmavap



*Mary Ellen Farias dos Santos é criadora e editora do portal cultural Resenhando.com. É formada em Comunicação Social - Jornalismo, pós-graduada em Literatura e licenciada em Letras pela UniSantos - Universidade Católica de Santos. Twitter: @maryellenfsm



Encerramento de "O Mistério de Irma Vap"

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

2 comentários:

  1. Quero assistir. Vi na Globo e aqui. vou

    ResponderExcluir
  2. Fabienne Rodrigues2 de junho de 2019 23:40

    Essa dupla no palco é um show. Brincam enquanto atuam e a gente gosta.

    ResponderExcluir

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.