quinta-feira, 28 de novembro de 2019

.: Crítica: "Alma Despejada" é um sopro de liberdade no teatro brasileiro


Por Helder Moraes Miranda, editor do Resenhando.


Algo que sempre admirei em Irene Ravache é que ela transparece ser uma mulher que nunca quis parecer mais jovem do que de fato é. É uma mulher perfeitamente ajustada ao seu tempo e que nem por isso deixa de apresentar o frescor que a juventude, e somente outras pessoas extremamente evoluídas, têm. 

Em "Alma Despejada", Irene Ravache é mais do que jovial, é o próprio tempo que só se revela para aqueles que acreditam que a idade está na cabeça dos que se recusam a envelhecer. Não estou falando daquela síndrome de Peter Pan, mas de pessoas que se alimentam do novo e continuam produzindo e tecenco um mundo melhor.

Tudo conspira a favor desse espetáculo, inclusive a direção certeira de Elias Andreato. Em um texto sensível e passional de Andréa Bassit e pouco mais de uma hora, entre caixas de mudança, Irene Ravache, na pele de uma "fantasminha camarada" brinca de ser Deus e vai além: pode mudar vidas a partir das reflexões que propõe ao público. 

E é essa a mágica de "Alma Despejada": a partir da ótica de uma personagem morta, as pessoas saem da plateia querendo ser melhores e até aproveitar o que resta do tempo - esse que é tão efêmero e inesperado - veja só as mortes de Ricardo Boechat, Paulo Henrique Amorim, Fernanda Young e Gugu Liberato só para citar alguns nomes. Não fosse por "Alma Despejada" e alguns outros milagres do teatro, 2019 poderia ser, de fato, cancelado.

Perdeu-se muita gente boa e muitas vozes de resistência. Proponho que a voz sonora de Irene Ravache represente aqueles que vão contra esses inúmeros absurdos que vem acontecendo. Se Deus é mulher, a voz dela é a de Irene Ravache que, lindamente, bravamente e até furiosamente coloca um pouco de "caraminholas" necessárias às mentes de quem a assiste. "Alma Despejada" propõe o carpe diem e até o "deboísmo", mas vai além porque transita entre os vários estados de espírito de uma personagem que poderia ser eu ou você.

Nesse contexto, fazer teatro e, em determinados momentos até assisti-lo, é um ato político. Irene Ravache, no papel de sua personagem, quando tece críticas diretas à política ou, às vezes, em um texto que vem repleto de sutilezas, é sublime e imortal. Em cartaz no Teatro Porto Seguro, "Alma Despejada" ficará na memória, mas acaba neste final de semana. Não perca.

Ficha técnica:

"Alma Despejada" - De Andréa Bassitt. Direção: Elias Andreato. Com Irene Ravache. Cenário e Figurino: Fabio Namatame. Iluminação: Hiram Ravache. Música: George Freire. Fotos: João Caldas Filho. Produção: Oasis Empreendimentos Artísticos Ltda.


"Alma Despejada", com Irene Ravache

Até 28 de novembro - Quartas e quintas, às 21h.
Classificação: 14 anos.
Duração: 80 minutos.
Gênero: comédia dramática.
Ingressos: R$ 70 plateia / 60 balcão e frisas.

Teatro Porto Seguro

Al. Barão de Piracicaba, 740 – Campos Elíseos – São Paulo.
Telefone (11) 3226-7300.

Bilheteria: de terça a sábado, das 13h às 21h e domingos, das 12h às 19h.

Capacidade: 496 lugares.
Formas de pagamento: Cartão de crédito e débito (Visa, Mastercard, Elo e Diners).
Acessibilidade: dez lugares para cadeirantes e cinco cadeiras para obesos.
Estacionamento no local: Estapar R$ 20 (self parking) - Clientes Porto Seguro têm 50% de desconto.
Serviço de Vans: transporte gratuito Estação Luz – Teatro Porto Seguro – Estação Luz. O Teatro Porto Seguro oferece vans gratuitas da Estação Luz até as dependências do Teatro. Como pegar: na Estação Luz, na saída Rua José Paulino/Praça da Luz/Pinacoteca, vans personalizadas passam em frente ao local indicado para pegar os espectadores. Para mais informações, contate a equipe do Teatro Porto Seguro. Bicicletário – grátis.
Gemma Restaurante: terças a sextas-feiras das 11h às 17h; sábados das 11h às 18h e domingos das 11h às 16h. Happy hour quartas, quintas e sextas-feiras das 17h às 21h.

Vendas: tudus.com.br

Facebook: facebook.com/teatroporto
Instagram: @teatroporto


Encerramento do espetáculo

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.
 
google.com, pub-3645003449125371, DIRECT, f08c47fec0942fa0