segunda-feira, 10 de fevereiro de 2020

.: Exposição “Constelação - Somos Todos Feitos de Luz” no Farol Santander



Instalação da artista croata Maja Petric propõe uma nova visão de inteligência artificial. Elementos de arte imersiva e digital permitem participação e interação do público.


O Farol Santander inaugurou seu ciclo de exposições de 2020 com a mostra de arte imersiva “Constelação – Somos Todos Feitos de Luz”, que conta com a curadoria de Antonio Curti e obra da artista visual croata Maja Petric.

Apresentada pelo Ministério da Cidadania, a programação revela uma nova visão de arte digital pela ótica de Maja Petric, cujas obras ocuparão o 23º andar do centro de empreendedorismo, cultura, lazer e gastronomia até o dia 3 de maio.

“Realizamos nesses dois anos, quatorze exposições narrativas e imersivas. Iniciamos 2020 com esse desafio, com um novo ciclo de exposições inaugurada pela instalação artística Constelação – Somos todos feitos de luz. A obra aqui apresentada revela uma nova visão de arte digital e simula uma constelação formada com a silhueta de cada pessoa que a visita. Esperamos que o nosso público se encante com essa instalação e, deixe aqui o seu registro de luz, compondo a constelação do Farol Santander”.

Maja Petric nasceu e cresceu em Zagreb (Croácia), no centro dos conflitos históricos locais. Sob essa influência, a artista desenvolve instalações imersivas e obras que oferecem uma fuga da realidade, permitindo ao público se transportar para outras realidades. “Constelação - Somos todos feitos de luz” contempla três importantes frentes de seu trabalho: arte imersiva, inteligência artificial e esculturas de luz.

A artista, que já teve seus trabalhos expostos em diversas cidades dos EUA, além de Hong Kong, Londres, Madrid e Zagreb, apresenta um trabalho de alto teor sensível, que já foi exposto em diversos locais, e que está sendo redesenhado com uma nova versão, inédita e exclusiva para o Farol Santander. Nesta roupagem, Petric explora a junção de elementos tecnológicos à natureza e apresenta uma experiência imersiva que simula uma constelação, onde cada visitante deixa marcada uma trilha de luz construída a partir de seus próprios movimentos pela galáxia interativa criada no andar da mostra.

A obra tem composição algorítmica desenvolvida pelo polônes Marcin Paczkowski e colaboração do cientista computacional romeno Mihai Jalobeanu, que auxiliaram na tecnologia movida à base de Inteligência artificial. O projeto foi desenhado visualmente e acusticamente para permitir o envolvimento do ser humano em uma conexão com o meio ambiente e a sociedade.

Ao sair da instalação, o rastro luminoso de cada visitante permanece como parte do ambiente, sendo adicionada à coleção de trilhas que outras pessoas deixaram na constelação. A cada nova visita ao espaço, o público fica imerso em uma paisagem em constante mutação, repleta de luzes que conectam a presença de todos que passaram pelo andar.



Sobre Maja Petric
Nascida em 1981 em Zagreb, na Croácia, Maja Petric vive e trabalha entre sua cidade natal e Nova York (EUA), principalmente. É PhD pela University of Washington com pesquisa sobre transformação da experiência poética do espaço por meio do uso experimental da tecnologia.

Sua consistente formação acadêmica permitiu que experimentasse diversas técnicas e métodos, sempre pautada pelos sentidos humanos e pelo modo como as pessoas vivenciam os espaços de maneira cognitiva e afetiva. Petric compartilha suas pesquisas em diversas disciplinas que leciona em universidade ao redor do mundo e sua experiência também pode ser conferida em seu livro History of Light in Art.

Maja realizou diversas exposições no Mass Moca, Bellevue Art Museum, Google Permanent Art Collection, Amazon HQ Gallery, Wonderspaces, e acumulou prêmios como o prestigiado Lumen Prize de Arte e Tecnologia (ganhando com a obra que será realizada no Farol Santander SP), Microsoft Research Residency, Microsoft Residency Award, Richard Kelly Light Art Award e Doctoral Fellowship from National Science Foundation. além de ter sido nomeada para o International Light Art Award e Art Innovator-Award.



Sobre Antonio Curti - Curador
Nascido em 1992, é formado em Cinema pela FAAP. Aos 19 anos criou o festival audiovisual Downtown, que revivia locais esquecidos do centro de São Paulo com experiências. Em 2017 tornou-se sócio da THE FORCE, empresa de instalações de tecnologia na área de marketing e corporativo. Hoje está à frente da AYA, organização de arte e tecnologia com foco em projetos culturais. Em 2018 foi curador da mostra “Dimensão”, do duo Nonotak Studio, na Japan House, uma das maiores exposições da instituição e também recorde de público.

Seu último trabalho foi a curadoria da exposição “Metaverso” com obras de seis artistas brasileiros de arte digital no Farol Santander. O curador tem como interesse o diálogo entre as artes visuais, tecnológicas e imersivas como agentes ativos de transformação da consciência humana através de experiências que mesclam o real e o virtual.



Sobre o Farol Santander
Desde sua inauguração, em janeiro de 2018, o Farol Santander recebeu 14 exposições nos eixos temáticos e imersivo. As atrações do Farol Santander ocupam 18 andares dos 35 do edifício de 161 metros de altura que, por um longo período, foi a maior estrutura de concreto armado da América do Sul.

Do 2º ao 5º andar os visitantes podem conhecer a história do prédio e da própria cidade, no espaço Memória que tem com mobiliários originais feitos pelo Liceu de Arte e Ofícios em salas de reuniões e presidência. No 4º andar, uma instalação permanente e exclusiva do Farol Santander: Vista, desenvolvida pelo renomado artista brasileiro Vik Muniz.

As visitas começam pelo hall do térreo e seguem até o mirante do 26º andar que, após a revitalização, ganhou uma unidade do Suplicy Cafés. Além de todas as atrações distribuídas pelos andares, o Farol Santander tem sua loja oficial, localizada no hall, próximo a bilheteria.

No subsolo do edifício, está instalado o Bar do Cofre SubAstor, onde funcionava o cofre do Banco do Estado de São Paulo, desde 1947 (tombado pelo Patrimônio Histórico). O bar é ambientado com as características da época e pitadas contemporâneas em design e mobiliários, com cartas de drinks especiais, além de comidinhas.



Serviço: 
Exposição "Constelação – Somos Todos Feitos de Luz" (até 3 de maio). 

Farol Santander
Rua João Brícola, 24 – Centro (estação São Bento – linha 1, azul do metrô) - São Paulo. Site Farol Santander: farolsantander.com.brFuncionamento: terça a domingo. Horário: 9h às 20h (de terça a domingo). Ingressos: R$ 25 (visitação completa ao Farol Santander) site e bilheteria física no local.

Crianças de até 2 anos e 11 meses não pagam ingresso. A partir dos 3 anos, pagam meia entrada e, a partir dos 12 anos, é necessária a apresentação de RG e carteirinha de estudante para o pagamento da meia. Proibido tocar na obra de arte. Proibido entrar na área interna da obra. Proibido o uso de fotografias com flash. Fontes externas de luz não são permitidas. Só é permitido a entrada de crianças no andar da exposição sob acompanhamento de adulto. Mochilas e guarda-chuvas grandes não são permitidos no espaço de exposições.

Capacidade por andar: 60 pessoas
Brigada de incêndio e Seguranças: Efetivo total de 60 pessoas
Banheiros: 2 por andar – 1 masculino e 1 feminino (2º andar, 8º andar, 21º andar, 22º andar, 23º andar, 24º andar e no 26º andar)
Acessibilidade: Banheiros e elevadores adaptados, rampas de acesso
Saídas de emergência.

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

#ResenhandoIndica

20 20 20
Tecnologia do Blogger.