terça-feira, 9 de junho de 2020

.: Referência em vida marinha, Sylvia Earle é a nova "Dona da Rua" da História


No dia do oceanógrafo, Denise traz a homenagem à maior referência mundial em vida marinha.

Oficializado somente em 2008, o Dia Mundial dos Oceanos, comemorado em 8 de junho, tem como objetivo ressaltar a importância do ambiente marítimo para o equilíbrio da vida no planeta. Sabia que eles são responsáveis pela geração de 70% do oxigênio atmosférico?! Por isso, a conscientização da sociedade sobre os perigos das atividades humanas nos ecossistemas que o compõem, não deve ser deixada de lado.

A Mauricio de Sousa Produções, que sempre apoia o cuidado com a natureza, reservou um lugar especial para a oceanógrafa americana Sylvia Earle, que, em celebração da data, entra para o hall do Donas da Rua da História.

Com 84 anos, a profissional foi a primeira cientista mulher a chefiar a Administração Nacional do Oceano e Atmosfera dos EUA. Essa organização é o equivalente para os mares ao que a NASA é para o espaço. Defensora da conservação do meio ambiente, Sylvia contribui para interromper a exploração indiscriminada dos oceanos, esgotados pela pesca predatória e a poluição. Segundo ela, o que fazemos de mal para a natureza, fazemos a nós mesmos.

A cientista é pioneira no uso de aparelhos de respiração embaixo d´água, conhecidos como SCUBA, e no desenvolvimento de submersíveis que chegam a grandes profundezas. Além disso, é dona do recorde mundial, em 1979, do mais profundo mergulho autônomo, descendo a 381 metros de profundidade no Oceano Pacífico. Dá pra imaginar?! A norte-americana é tão rainha dos mares que ganhou o título de "Her Deepness" ("Sua Profundeza") pelos jornalistas.

O projeto "Donas da Rua", que faz a homenagem à oceanógrafa, visa trazer grandes nomes das áreas das ciências, artes e esportes a fim de inspirar outras meninas e mulheres. Para Sylvia, mais pessoas, especialmente crianças, precisam estar mais diretamente envolvidas em pesquisas sobre o oceano. Com traços de Denise, a cientista é a mais nova Dona da Rua da História. Rainha mesmo, né, mores?

Para Mônica Sousa, diretora executiva da Mauricio de Sousa Produções, a busca pela conscientização da importância da natureza é algo que sempre fez parte do DNA da empresa. "Há 60 anos nossas histórias reforçam o compromisso com a educação e a informação sobre a importância da preservação da natureza, que é de responsabilidade de todos nós. Homenagear grandes cientistas como Sylvia Earle dentro do Donas da Rua da História é uma honra. Me anima ver que mulheres como ela pensam na inclusão das meninas e crianças em universos tão importantes, como nesse caso, o dos oceanos", pontua Mônica.

A executiva é criadora do projeto "Donas da Rua", que conta com o apoio institucional da ONU Mulheres. É uma ação da MSP que demonstra seu compromisso como signatária dos Princípios de Empoderamento das Mulheres, plataforma da ONU Mulheres e Pacto Global. Em uma de suas áreas, o Donas da Rua da Ciência, tem como objetivo resgatar a trajetória de pesquisadoras e cientistas que marcaram a humanidade com suas ações. O projeto pode ser conferido no site: http://turmadamonica.uol.com.br/donasdarua/ddr-da-historia.php.

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.