terça-feira, 29 de setembro de 2020

.: Diário de uma boneca de plástico: 29 de setembro de 2020


Querido diário,

Você não imagina como é trabalhar em um lugar, ser mal remunerada, tratada com desdém e, ainda após pedir as contas, ser obrigada a topar com a dona do ambiente de educação para ter sua carteira de trabalho que, mesmo após quase dois meses, não tenha sido preenchida! Qual o intuito de tirar a secretária da função? Centralizar?! Provavelmente. Embora nada resolva, ainda foi capaz de questionar sobre em que trabalha no momento, uma vez que pedi demissão:

Faltou coragem de falar a única verdade? Sim! 

A resposta deveria ser: 

- Não estou trabalhando, estou desempregada e sem registro, pois enquanto aqui estava, a única diferença era a carteira. E quer saber por que saí? As cinco aulas semanais com pagamento mensal de R$ 300,00 estavam ferindo a minha moral, tanto quanto o inferno em que você me afundou. Aproveito nosso último encontro, que deveria ser com a secretária, não é mesmo? E aviso a você que o número do telefone, aquele no WhatsApp, é pessoal, não da sua escolinha, ok? Logo, há horário para importunar e tirar o sossego alheio.

Vontade não me faltou de soltar os cachorros, mas fui educada e disse apenas: "Estou trabalhando no que é meu!"

Pesado isso, né? Mas, querido diário, eu precisava registrar esse desabafo.

Ser professor é lindo, mas depende da escola e, principalmente, da remuneração.

Diário, você é meu amigo... Sei que vai me entender!!

Beijinhos pink cintilantes e até amanhã,

Donatella Fisherburg
Redes sociais:
facebook.com/Photonovelas
twitter.com/DonaFisherburg
instagram.com/donatellafisherburg
youtube.com/c/Photonovelas




← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

#ResenhandoIndica

20 20 20
Tecnologia do Blogger.