quinta-feira, 17 de setembro de 2020

.: Entrevista: Lilia Cabral fala sobre Griselda e a novela "Fina Estampa"


Final da novela promete acerto entre a mocinha, Griselda (Lilia Cabral), e a vilã da novela, Tereza Cristina (Christiane Torloni). Novela voltou em edição especial. Foto: 
TV GLOBO / Alex Carvalho

Griselda (Lilia Cabral) passou por muitas dificuldades em "Fina Estampa". Sofreu humilhações, decepções, viu os filhos à beira da morte por causa de Tereza Cristina (Christiane Torloni), mas nunca desistiu de ir à luta. Na última semana da edição especial da novela, não vai ser diferente e, antes de a milionária finalmente poder se livrar das maldades da "Rainha do Nilo", as duas terão um embate final.

Disposta a acabar de vez com Griselda, Tereza Cristina a sequestra. A namorada de Guaracy (Paulo Rocha) pergunta à rival o motivo de tanto ódio. "No começo, eu até tinha um motivo: essa sua insistência em querer roubar tudo o que é meu. Mas depois esse ódio todo foi além de qualquer razão. Ele acabou virando um vício. E, para me curar dele, tenho que acabar contigo", afirma a perua. Tereza Cristina ainda ordena que Griselda implore pela própria vida, mas a portuguesa garante que prefere morrer a se humilhar diante dela.

"Fina Estampa" é uma obra de Aguinaldo Silva, com direção geral e de núcleo de Wolf Maya e direção de Ary Coslov, Claudio Boeckel, Marcelo Travesso, Marco Rodrigo e Marcus Figueiredo. Nesta entrevista, Lilia Cabral fala sobre a personagem e a novela.

 
Quais foram suas inspirações para a Griselda?
Lilia Cabral -
Durante o período de gravação da novela, conheci muitas mulheres que trabalham para sustentar seus filhos e dar o melhor para eles, para serem alguém na vida. Isso a gente vê todos os dias, em qualquer classe social, mas só que depois da estreia da novela é que os Pereirões começaram a aparecer. As mulheres que faziam trabalhos braçais passaram a não ter vergonha, a não se sentirem encabuladas de mostrar que elas consertavam tudo. Isso foi uma vitória pra elas, e para nós que estávamos fazendo a novela também.


Você se surpreendeu com o sucesso da edição especial da Fina Estampa?
Lilia Cabral - 
Fiquei surpresa porque, apesar de a novela ter feito sucesso quando foi exibida originalmente, sabemos que tem um novo público assistindo, com um novo olhar. E tinha ainda o fato de estarmos entrando no lugar de "Amor de Mãe", uma novela que estava na reta final. Mas fico muito feliz por ver que o público continuou querendo acompanhar a história de Griselda e sua família.


Você acompanhou a novela? Como foi rever esse trabalho quase dez anos depois?
Lilia Cabral - 
Acompanhei diariamente. Eu fui feliz fazendo "Fina Estampa" e sou feliz lembrando. Eu amo essa novela e sou muito grata ao Aguinaldo por ter me dado a Griselda. Trabalhei muito nessa pandemia por conta da novela e foi com o maior prazer.
 

Você coloca a personagem entre as suas principais?
Lilia Cabral - A Griselda foi minha primeira protagonista, um acontecimento na minha vida. Com ela, recebi muito carinho do público, principalmente de mulheres que se identificavam com a personalidade batalhadora dela.



← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

#ResenhandoIndica

20 20 20
Tecnologia do Blogger.