quarta-feira, 23 de setembro de 2020

.: "Quase uma rockstar" ganha sobrecapa especial, inspirada em pôster

Lançado em 2015 pela Intrínseca, "Quase uma rockstar", de Matthew Quick, autor do best-seller "O lado bom da vida", conta o drama de uma adolescente homeless apaixonada por música. Vencedor de vários prêmios, entre eles o Yalsa de Melhor Ficção para Jovens, o livro ganha agora as telas em uma produção audiovisual original Netflix, que estreia na plataforma de streaming no dia 28 de agosto. Auli'i Cravalho, atriz que deu voz a Moana na animação da Disney, é quem faz o papel de Amber, a protagonista da história. E para marcar esse lançamento, a Intrínseca preparou uma edição especial do livro com uma sobrecapa inspirada no filme.

 Aos 17 anos, Amber Appleton parece não ter motivos para sorrir, já que desde que o namorado de sua mãe as expulsou de casa, as duas moram em um ônibus escolar. O pouco dinheiro que a mãe recebe dirigindo o coletivo é gasto com cigarros e bebida. Amber não come decentemente há meses, não tem um banheiro para tomar uma ducha quente no inverno e, muito menos, roupas apropriadas para suportar o frio. E a vida no terceiro ano do ensino médio parece mais difícil do que nunca. Seu único conforto é Bobby Big Boy, o leal vira-lata que adotou. Mas Amber não se deixa abater. 

Dotada de um otimismo admirável e de uma incansável esperança, a menina consegue encontrar saída onde os outros – principalmente adolescentes em plena profusão de hormônios – facilmente enxergariam o desespero e a revolta.  Em vez disso, Amber recusa o aparentemente inevitável papel de vítima, inverte o jogo e foca todas as energias em ajudar as pessoas à sua volta: a mãe alcoólatra, os amigos estranhos e excluídos, o padre Chee e as Divas Coreanas por Cristo, uma octogenária cega e pessimista e um veterano de guerra solitário que escreve haicais.

Mas quando uma terrível tragédia faz seu mundo desabar por completo, Amber deixa de ver o copo metade cheio. Incapaz de enxergar a vida com os mesmos olhos diante de tanta tristeza, ela começa a questionar o significado das boas ações e dos pensamentos positivos. De que adianta levantar todos os dias e lutar se no final nada faz sentido?

Matthew Quick é autor de diversos romances, entre eles o best-seller O lado bom da vida, que inspirou o filme de sucesso. As obras de Quick já foram traduzidas para mais de trinta idiomas e lhe renderam críticas elogiosas e menções honrosas importantes, entre as quais a do PEN/Hemingway Award. Pela Intrínseca, publicou também Perdão, Leonard Peacock, Quase uma rockstar, A sorte do agora, Garoto 21 e Todas as coisas belas.

Sinopse: Após o sucesso da adaptação de "O lado bom da vida", é a vez de outra obra de Matthew Quick chegar às telas. "Quase uma rockstar", na Netflix desde 28 de agosto, o livro ganhará uma sobrecapa especial, inspirada no pôster da produção.

Amber Appleton é dona de um otimismo incansável. Não que sua vida seja fácil. Depois de ser expulsa de casa com a mãe e seu cachorro, ela passa a morar num ônibus escolar, mas se recusa a desistir diante das dificuldades e faz de tudo para ajudar todos à sua volta. Quando uma tragédia faz seu mundo desabar por completo, Amber percebe que nem tudo está perdido, porque o mundo é o seu palco, e ela... bem, ela é quase uma rockstar.

Livro: Quase uma rockstar (sobrecapa tie-in do filme)

Autor: Matthew Quick

Tradução: Dênia Sad e Carolina Selvatici

Páginas: 256

Editora: Intrínseca

Livro impresso: R$ 34,90

E-BOOK: R$ 19,90




← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

#ResenhandoIndica

20 20 20
Tecnologia do Blogger.