segunda-feira, 23 de abril de 2018

.: O filme favorito de Mauricio de Almeida, escritor e roteirista

Por: Mary Ellen Farias dos Santos
Em abril de 2018


Um bom filme é inesquecível, marca. Nós do portal Resenhando.com conversamos com o escritor paulistano, Maurício de Almeida para saber qual é o filme favorito dele. O antropólogo, autor das obras "Beijando Dentes: Contos" e "A Instrução da Noite", destacou “Brilho eterno de uma mente sem lembranças”, filme estrelado por Jim Carrey e Kate Kinslet.

"São tantos... Gosto muito de rever 'Brilho eterno de uma mente sem lembranças' por causa do roteiro de Charlie Kaufman. Todos já sofremos (e invariavelmente sofreremos) uma desilusão amorosa. Com base nessa premissa elementar, ele cria uma história engenhosa e muito forte, colocando questões muito interessantes e atuais, a intolerância à dor e à infelicidade, a inevitabilidade do amor e outras mais", comenta.

SINOPSE: O filme de 2004, com duração de 108 minutos, numa narrativa não-linear, mostra a relação entre Joel (Jim Carrey) e Clementine (Kate Winslet), casal que faz valer a lei da atração entre os opostos. Ele tímido, ao aproveitar um dia de folga na praia, conhece Clementine. Embora seja inseguro, consegue iniciar uma conversar e até um namoro agradável. Entretanto, o tempo, senhor de tudo, destaca as diferenças entre ambos e torna a relação um fracasso. Para tanto, a moça decide se submeter ao processo de ter parte da memória apagada, principalmente, todas as lembranças de Joel. Enciumado, ele decide fazer o mesmo. É no procedimento que ele redescobre o amor por ela. Joel luta, apesar do eficiente trabalho da equipe médica, para guardar as lembranças nos cantos mais remotos do cérebro e jamais esquecer Clementine. 


CURIOSIDADES: 
* O roteirista Charles Kaufman é o mesmo de "Quero Ser John Malkovich" e "Adaptação".
* O elenco de apoio é formado por Elijah Wood, de "O Senhor dos Anéis", Kirsten Durnst, de "Homem-Aranha" e Mark Ruffalo, de "De Repente 30".
* O filme é baseado no poema Eloisa para Abelardo, de Alexander Pope. 
* A produção recebeu o Oscar 2005 de melhor roteiro original.


Trailer

Sobre Mauricio de Almeida: Escritor, roteirista e antropólogo. O paulistano também é autor das obras "Beijando Dentes: Contos" (2008) - que lhe rendeu o Prêmio Sesc de Literatura (2007) - e "A Instrução da Noite" (2016) - que lhe rendeu o Prêmio São Paulo de Literatura (2017).

Mauricio de Almeida é o 20º entrevistado do #Resenhando.com para a série de depoimentos #MeuFilmeFavorito. Qual é o seu #MeuFilmeFavorito? Para os internautas interessados em participar, basta curtir a fanpage do portal –www.facebook.com/portalResenhando - e enviar, por mensagem, a indicação, os motivos de ser o filme escolhido e uma cena favorita.


*Mary Ellen Farias dos Santos é criadora e editora do portal cultural Resenhando.com. É formada em Comunicação Social - Jornalismo, pós-graduada em Literatura e licenciada em Letras pela UniSantos - Universidade Católica de Santos. Twitter: 
@maryellenfsm

Compartilhar no WhatsApp
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.