sábado, 2 de maio de 2009

.: Resenha crítica de "X-Men Origens: Wolverine"

A essência de Wolverine cheinha de explicações
Por: Mary Ellen Farias dos Santos
Em maio de 2009


Longa com muita pancadaria coloca Wolverine no meio do nada com lugar nenhum. Saiba mais de X-Men Origens: Wolverine!


Em geral, filmes de super-heróis já chegam nas telonas com 50% de aceitação do público. No entanto, quando trata-se dos X-Men a coisa muda totalmente de figura. Basta levar em consideração todas as três produções realizadas até 2006 que não resta se quer uma sombra de dúvida: não se deve perder a "nova" história destes mutantes. 

Contudo, as mudanças sofridas na adaptação deste último, X-Men Origens: Wolverine, é para pior. Na primeira metade do filme são raras as cenas interessantes que conseguem prender a atenção ou de tirar o fôlego alá X-Men, principalmente daqueles que estão cansados de um dia inteiro de trabalho. Outro ponto negativo e que, na minha opinião, colaborou para que este longa seja fraco é o roteiro desnorteado de David Benioff (do também fraquíssimo Tróia).

Logo no início o longa não consegue ser atrativo, seja pelas excessivas cenas escuras ou pelo ambiente árido e seco. É estranho ver os X-Men no meio do nada em lugar nenhum. Desta primeira parte o que se pode salvar é quando vemos o "triste destino" dos mutantes após abandonar "seus instintos". Contudo, o filme consegue dar uma engrenadinha lá pra segunda metade, quando tudo acontece na cidade, mas, ainda assim, a pancadaria sem motivo consegue aborrecer.


Embora tenha recorrido a nomes muito conhecidos como Hugh Jackman, Dominic Monaghan, Ryan Reynolds e o cantor Will i Am, o longa dirigido por Gavin Hood deixa muito a desejar. As lutas são desconexas e abarrotadas de efeitos especiais, a explicação dos porquês (criados na história) são inócuas e acontecem de modo tão didático que irritam. Mortos por todos os lados e mortes de todos os tipos.

Definitivamente, este não é um filme para assistir no cinema, ainda mais se levarmos em conta o alto valor dos ingressos. Seja mais paciente e veja no conforto de sua casa, acompanhado de um belo pote de pipoca e um copo com o seu refresco preferido. Em contrapartida, é preciso ressaltar que o longa agrada (e muito!) a maioria das mulheres e arranca inúmeros suspiros, principalmente nas cenas (que são muitas) em que o peitoral esculpido (e até todo o corpão!) de Hugh Jackman (Logan/Wolverine), totalmente nu, quase ocupa toda a tela do cinema.

Filme: X-Men Origens: Wolverine (X-Men Origins: Wolverine, EUA)
Ano: 2009
Gênero: Aventura
Duração: 107 minutos
Direção: Gavin Hood
Roteiro: David Benioff e Skip Woods
Elenco: Hugh Jackman, Liev Schreiber, Danny Huston, Will i Am, Lynn Collins, Kevin Durand, Dominic Monaghan, Taylor Kitsch, Daniel Henney, Ryan Reynolds 
Site Oficial: http://www.x-menorigins.com/

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.