quarta-feira, 28 de março de 2018

.: Em alto e bom som, responda: Qual homem você quer ser?

Por: Mary Ellen Farias dos Santos
Em março de 2018


Você paga diversos impostos em troca de benfeitorias por sua cidade, estado e país. Ai de ti que não pague, não é? Contudo, sabemos bem para onde "parte" do nosso dinheirinho suado e sofrido vai. Assim, esbarramos em uma série de problemas como falta de saúde, educação e a lista é quase tão infinita quanto a guerra de "Os Vingadores". Por outro lado, o ingrediente mais perigoso a ser acrescentado aos problemas gerados por "desvios de verbas" é a falta de caráter. Assim, quando esse tremendo mal se junta aos problemas gerados pelos que fazem o que bem entendem com o dinheiro público, o perigo é certeiro para quem leva uma vida seguindo as leis, o cidadão de bem.

Quem nunca se questionou a respeito de os verdadeiros motivos de agir corretamente, concluir que o faz para se sentir bem e só? A verdade é que nós -as formiguinhas operárias- somos expostos a todos os riscos, constantemente. Seja na falta de segurança ao simplesmente estacionar o seu carro na porta do Shopping de São Vicente e encontrar o pneu murcho, por não ter consentido que o flanelinha, dono da rua, "olhasse" o veículo na sua ausência ou viver em construções feitas com materiais sem qualidade, colocando a vida de moradores em perigo, em nome de aumentar os lucros da empresa construtora.


Indignados, questionamos a real possibilidade de mudar esse rumo obscuro da humanidade. Contudo, não nos cabe desanimar e deixar de acreditar que há luz no fim do túnel. O poema "A Pedra", de Antonio Pereira (Apon) reflete bem esse assunto tão delicado e confuso:


O distraído, nela tropeçou, 

o bruto a usou como projétil, 
o empreendedor, usando-a construiu, 
o campônio, cansado da lida, 
dela fez assento. 
Para os meninos foi brinquedo, 
Drummond a poetizou, 
Davi matou Golias... 
Por fim; 
o artista concebeu a mais bela escultura. 
Em todos os casos, 
a diferença não era a pedra. 
Mas o homem. 

Poema publicado em 1999 no livro "Essência".




*Mary Ellen Farias dos Santos é criadora e editora do portal cultural Resenhando.com. É formada em Comunicação Social - Jornalismo, pós-graduada em Literatura e licenciada em Letras pela UniSantos - Universidade Católica de Santos. Twitter: @maryellenfsm


← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.