sábado, 8 de junho de 2019

.: "Eles Não Usam Black-Tie" é clássico brasileiro no Teatro MorumbiShopping

Por Mary Ellen Farias dos Santos*
Em junho de 2019



O teatro brasileiro é um celeiro de montagens clássicas. Estar diante de espetáculos que marcaram época é, indubitavelmente, a grande oportunidade de preencher uma lacuna. Eis que está em cartaz no Teatro MorumbiShopping, até 30 de junho, "Eles Não Usam Black-Tie"peça de sucesso com texto de Gianfrancesco Guarnieri (1934-2006), dirigida por Dan Rosseto.

A trama, desenvolvida no meio familiar, focada no casal protagonista Maria (Paloma Bernardi) e Tião (Kiko Pissolato) é o retrato exato dos opostos, lado a lado. Da coletividade e do individualismo, assim como a não aceitação que execra aquele que pensa e age diferente. Inicialmente, os protagonistas planejam o casamento às pressas, uma vez que Maria está grávida. Mesmo esbanjando paixão, percebem que ideais contrários são mais fortes. 

Tomados por sonhos distintos, ele deseja uma vida estável, longe de debates e da cidadezinha, enquanto que Maria, sem ambição de sair do lugar em que nasceu e cresceu, acredita na luta pelo fim à exploração dos trabalhadores da metalúrgica para que todos vivam bemAssim, a problemática se desenvolve na casa dos pais de Tião, tendo Otávio (Vicentini Gomez), o próprio pai do rapaz, na liderança da greve.

Em casa, o único assunto  em comum passa a ser o movimento grevista dos funcionários da fábrica. Até mesmo a mãe, Romana (Miriam Palma), rabugenta, mas protetora dos filhos, reza a cartilha de sustentar a greve. Tião, ao contrariar o protesto, faz com que o conflito familiar exploda em cena, com direito a apedrejamento e todos dando as costas. 

Com uma visão contrária aos familiares e amigos que frequentam a casa, Tião, sabendo da futura responsabilidade de ser pai e marido, tenta não perder o emprego e trabalha. Contudo, a necessidade grevista sobrepõe o amor do casal e o objetivo de formar uma nova família fica em último plano. 




"Eles Não Usam Black-Tie", texto com 60 anos é mais atual do que nunca, ainda mais ao considerarmos as discussões ferrenhas e separações definitivas entre membros familiares que pensam de modo diferente -principalmente no tema política brasileira. De um lado, representados por familiares e amigos, cidadãos indignados com as opressões sociais e ávidos por justiça, do outro o operário Tião (Kiko Pissolato) que tem o querer colocado em xeque.

A percepção de cada personagem na busca por um mundo melhor, estabelecem conexões com o público e pontuam certa dose de afeição, mesmo que ajam de modo divergenteSeja a delicadeza da Maria de Paloma Bernardi que chega ao ponto máximo do ímpeto e mágoa após a atitude do amado, o Tião de Kiko Pissolato que deseja construir a própria família, mudar de vida e seguir para a cidade grande, a mãe, Romana de Miriam Palma, que sem dó aponta todos os problemas ou até o pai idealista, o Otávio de Vicentini Gomez

No palco, os personagens preenchem os vieses das relações que culminam na adesão à greve, debatendo 
gravidez, casamento, educação e religião. Por outro lado, um destaque é a engraçada Terezinha, de Camila Brandão, que suaviza cenas de enfrentamentos ao trazer fofoquinhas aos familiares de Tião. Além do talento de Carolina Stofella, Haroldo Miklos, Paulo Gabriel, Samuel Carrasco e Tiago Real. 

Ao representar a frágil condição humana"Eles Não Usam Black-Tie" evidencia o quanto o seu texto permanece vivo. Assim, é fácil comparar a história e, particularmente, os personagens, a acontecimentos que estampam os noticiários do povo moderno. É imperdível!

ELES NÃO USAM BLACK-TIE: O texto de Gianfrancesco Guarnieri, de 1958, comemorou 60 anos da primeira montagem, no Teatro de Arena, com direção de José Renato, músicas de Adoniran Barbosa, com elenco formado por Lélia Abramo, Eugênio Kusnet, Gianfrancesco Guarnieri (interpretou Tião), Riva Nimitz, Miriam Mehler, Celeste Lima, Francisco de Assis, Milton Gonçalves, Henrique César, Flávio Migliaccio e Xandó Batista. Cumpriu temporada por mais de um ano em São Paulo. Em 1981, a peça foi transformada em filme dirigido por Leon Hirszman, contando com Fernanda Montenegro e o próprio autor Gianfrancesco Guarnieri no elenco. O filme foi premiado em vários festivais internacionais, com destaque para o Festival de Veneza, onde recebeu o Leão de Ouro. Em novembro de 2015, o filme entrou na lista da Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine) dos 100 melhores filmes brasileiros de todos os tempos.

Serviço
Espetáculo Eles Não Usam Black-Tie
Entre dias 31 de maio e 30 de junho. 
Sextas e sábados, às 20 horas, e domingos, às 19 horas, no
Teatro MorumbiShopping. 
Ingressos*: R$ 70,00 (inteira) e R$ 35 (meia). Classificação: 12 anos. Duração: 100 minutos. Capacidade: 250 lugares.

Teatro MorumbiShopping. Av. Roque Petroni Junior, 1089, Estacionamento do Piso G1, Jardim das acácias, São Paulo. Telefone: 5183-2800.
Estacionamento Comum: até 2 horas – R$ 17,00. Estacionamento Valet: até 1 hora – R$ 25,00. Estacionamento Motos: até 2 horas – R$ 10.

Ficha Técnica 
Texto: Gianfrancesco Guarnieri. Adaptação e direção: Dan Rosseto. 
Elenco: Camila Brandão (Terezinha), Carolina Stofella (Dalva),
Haroldo Miklos (João), Kiko Pissolato (Tião), Miriam Palma (Romana), Paloma Bernardi (Maria), Paulo Gabriel (Jesuíno), Samuel Carrasco (Chiquinho),
Tiago Real (Braúlio) e Vicentini Gomez (Otávio). Direção de produção: Fabio Camara. Assistente de direção: Giovanna Marquelli. Concepção de cenário
e figurinos: Dan Rosseto e Fabio Camara. Cenotécnico: Matheus Fiorentino Nanci e Jackson Oliveira. Costureira: Lili Santa Rosa. Desenho de luz:
Wagner Pinto. Operador de luz: Bob Lima. Operador de som: Jackson Oliveira. Designer gráfico e fotos: Kelson Spatalo.  Assessoria de Imprensa: Fabio Camara. Realização: Applauzo Produções e Lugibi Produções.


*Mary Ellen Farias dos Santos é criadora e editora do portal cultural Resenhando.com. É formada em Comunicação Social - Jornalismo, pós-graduada em Literatura e licenciada em Letras pela UniSantos - Universidade Católica de Santos. Twitter: @maryellenfsm



Encerramento "Eles não usam black-tie"



← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.