sexta-feira, 12 de julho de 2019

.: 6 fatos assustadores sobre a boneca Annabelle


"Annabelle 3: De Volta para Casa" estreou nos cinemas no último dia 27 e está lotando as salas de fãs da boneca macabra. Entenda por que a franquia faz tanto sucesso. No mês dos bonecos no cinema, Annabelle ressurge desde sua última aparição nas telonas com "Annabelle 2: A Criação do Mal" (2017). Dirigido por Gary Dauberman, o terceiro filme da franquia promete desbancar outro boneco sucesso do terror, "Chucky", que estreia em agosto.

O universo "Invocação do Mal", que também abrange os filmes da franquia Annabelle, já faturou mais de 1 bilhão de dólares em bilheteria.  Para garantir sua cadeira no cinema mais próximo e continuar no clima, que tal emendar o clima sobrenatural lendo o livro "Ed & Lorraine Warren: Vidas Eternas", da DarkSide Books? Mas, antes de assistir ao filme, vamos a alguns fatos curiosos sobre a história real da boneca Annabelle.


1. Annabelle foi encontrada em uma loja de objetos usados
A mãe de Donna, uma jovem que estava prestes a se formar em enfermagem na faculdade, achou que seria uma excelente ideia presenteá-la com um boneca encontrada numa loja de antiguidades. E é justamente aí que mora o perigo, como mostrado pela autora Stacey Graham, em "Objetos Sobrenaturais", que será lançado em julho pela DarkSide Books e já está em pré-venda. A sua desconfiança sobre aquela antiga boneca de porcelana da sua tia-avó pode fazer sentido e Annabelle passou a atormentar a pobre Donna e sua amiga Angie. Ed e Lorraine Warren atuaram no caso.


2. Ela está trancada no museu dos Warren até hoje
Como forma de preservar a sociedade das maldades de Annabelle, Ed e Lorraine Warren trancaram a boneca original em seu museu de ocultismo, que é o ponto central do filme "Annabelle 3: De Volta Para Casa", como o produtor James Wan garantiu: “É basicamente 'Uma Noite no Museu' com Annabelle”. Fundado em 1952, o Warrens Occult Museum reúne e expõe centenas de objetos macabros usados pelo casal em rituais nos mais diversos casos que assumiram ao longo da carreira.


3. A boneca real não é tão assustadora assim
A Annabelle original é basicamente uma boneca de pano infantil, porém em um tamanho um pouco maior que o padrão. Nos filmes, Annabelle ganhou contornos faciais mais assustadores e olhos penetrantes, mas a versão original parecia até mais inocente, apesar de também ter um lado perturbador.


4. Ed e Lorraine Warren classificaram a boneca como “presença desumana”
O caso Annabelle foi um dos primeiros do casal investigadores paranormais Ed e Lorraine Warren e surgiu em 1968 e — depois de ir para o cinema — se tornou conhecido de todos os amantes de um bom caso sobrenatural.  Na ocasião, o casal alegou que Donna, que havia ganhado a boneca da mãe, estava sendo “manipulada por uma presença desumana”.


5. Annabelle é mencionada em "O Mundo de Lore: Criaturas Estranhas"
A história da boneca Annabelle original é abordada no livro "O Mundo de Lore: Criaturas Estranhas", de Aaron Mahnke. Inicialmente um podcast despretensioso sobre histórias, lendas, superstições e contos de horror, Lore se transformou em série da Amazon Prime Video e rendeu um livro com ampla pesquisa histórica e social sobre as diversas formas de encarar histórias que parecem não ter explicação. Annabelle, é claro, não poderia ficar fora.


6. A estrondosa popularidade da boneca Raggedy Ann
A boneca Annabelle, na realidade, se chamava Raggedy Ann. A personagem fez um enorme sucesso nos Estados Unidos do início do século XX, e foi criada pelo autor americano Johnny Gruelle (1880-1938). O sucesso era tanto que dificilmente uma casa americana com crianças não tinha uma dessas bonecas, algo que permaneceu até meados dos anos 1960. Em 2002, a boneca Raggedy Ann entrou para o National Toy Hall of Fame.


← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.
 
google.com, pub-3645003449125371, DIRECT, f08c47fec0942fa0 subdomain=subdomain.resenhando.com subdomain=subdomain.www.resenhando.com