sábado, 21 de dezembro de 2019

.: Diário do Senhor Selvagem: sobre o plot twist de final do ano




Querido diário. O ano termina com um plot twist do caralho, em que sobraram estilhaços para todos os lados que me atingiram. Direcionados a mim ou nem tanto, mas se o intuito foi me "ferrar", parabéns, conseguiram. O luto começa com negação e talvez nesse momento eu esteja na fase da revolta. Talvez? Ou com certeza, quando se diz algo sobre você? 


São pensamentos tão contraditórios que, definitivamente, não sei. Mas escrever sempre me salvou e o desafio é colocar para fora em 15 linhas. Sucintamente. Colocar para fora, exteriorizar sem me expor tanto e alimentar a curiosidade daqueles que só me acompanham nas redes sociais para fofocar. A todos, um recado breve e bem fofinho: eu quero que vocês se danem. 

E me deixem em paz, de preferência. Quando se está com raiva, pesquisar "como se fazer um boneco de vudu" é mato. Então, cuidado com quem vocês mexem, já que o intuito aqui é escrever sem mascaramentos. Não sou eu quem escreve, pode ser o seu vizinho ou qualquer um que se sinta injustiçado. Não teriam peito se eu não fosse um Zé Ninguém, mas, quer saber? Fodam-se!

Senhor Selvagem,
21/12/2019.
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

#ResenhandoIndica

20 20 20
Tecnologia do Blogger.