quinta-feira, 3 de setembro de 2020

.: #ResenhaRápida: Leandro Hassum em uma entrevista reveladora e exclusiva


Por Helder Moraes Miranda e Mary Ellen Farias dos Santos, editores do Resenhando. Foto: divulgação

O ator Leandro Hassum que estava em cartaz com o seu stand-up comedy, “Leandro Hassum Show”, antes da pandemia, readaptou seu espetáculo para o novo normal e se apresentará, pela primeira vez, em um drive-in. A peça já passou pelos principais teatros do Brasil e também nos EUA, Canadá e Japão. A atração está prevista para a próxima sexta-feira,4, às 21h30, no Go Dream, drive-in que está no Estádio do Pacaembu. As vendas acontecem por este link: https://www.godreambrasil.com.br/cidades/sao-paulo/leandro-hassum.

#ResenhaRápida com Leandro Hassum

Nome completo: Leandro Hassum Moreira.
Apelidos: Hassum ou Lele.
Data de nascimento: 26 de setembro de 1973.
Altura: 1,80m.
Qualidade: dedicação.
Defeito: ansiedade.
Signo: libra.
Ascendente: menor ideia.
Uma mania: não passar sal na mesa.
Religião: Deus.
Time: América.
Amor: família.
Sexo: gosto muito.
Mulher bonita: minha mulher.
Homem bonito: Cauã Reymond.
Família é: meu combustível.
Ídolo: Chico Anysio.
Inspiração: Chico Anysio.
Arte é: fundamental.
Brasil: minha casa pra sempre.
Fé: Deus.
Deus é: sábio.
Política é: o melhor pro meu país.
Hobby: golfe.
Lugar: Paris.
O que não pode faltar na geladeira: leite condensado.
Prato predileto: cozido.
Sobremesa: pudim de leite.
Fruta: banana.
Bebida favorita: vinho tinto.
Cor favorita: azul.
Medo de: avião.
Uma peça de teatro: "O Mistério de Irma Vap", escrita por Charles Ludlam.
Um show: Lulu Santos.
Um ator: Tony Ramos.
Uma atriz: Fernanda Montenegro.
Um cantor: Rod Stewart.
Uma cantora: Lady Gaga.
Um escritor: Luis Fernando Verissimo.
Uma escritora: Clarice Lispector.
Um filme: "Um Lugar Chamado Notting Hill".
Um livro: "O Menino do Pijama Listrado", de John Boyne. 
Uma música: "Sultans of Swing", de Dire Straits.
Um disco: Dire Straits.
Um personagem: Tino de "Até que a Sorte nos Separe".
Uma novela: "A Próxima Vítima", de Silvio de Abreu.
Uma série: "Breaking Bad".
Um programa de TV: "Os Caras de Pau".
Uma saudade: Chico Anysio.
Algo que me irrita: estrelismo.
Algo que me deixa feliz é: humildade.
Uma lembrança querida: o nascimento da Pietra.
Um arrependimento: nunca me arrependo, apenas aprendo.
Quem levaria para uma ilha deserta? Minha mulher e minha filha, mas minha filha pediria pra ir embora no segundo dia.. (risos).
Se pudesse ressuscitar qualquer pessoa do mundo quem seria? Chico Anysio.
Se pudesse fazer uma pergunta a qualquer pessoa do mundo a quem seria? Deus.
Não abro mão de: honestidade.
Do que abro mão: falsidade.
Um talento oculto: fazer escultura de massa.
Você tem fome de quê? Palco.
Você tem nojo de quê? Hipocrisia.
Se tivesse que ser um bicho, eu seria: leão.
Um sonho: ver minha filha realizada.
Televisão em uma palavra: povo.
Humor em uma palavra: popular.
O que seria se não fosse ator: arquiteto.
Ser ator é: tudo.
Ser humorista é: presente de Deus.
Ser gordo é: “fui” feliz.
Ser magro é: “sou” feliz.
Ser homem, hoje, é: ser gentil.  
Escolha uma hashtag para marcar suas fotos pelo resto da vida: #familiaamoreterno.
Palavra favorita: coragem.
Leandro Hassum por Leandro Hassum: sou fruto das minhas escolhas.
 

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

#ResenhandoIndica

20 20 20
Tecnologia do Blogger.