sexta-feira, 20 de novembro de 2020

.: Crítica de "O Caso Collini": assassinato em filme remonta época sombria alemã

Filme baseado no romance de Ferdinand von Schirach estreia nos cinemas


Por: Mary Ellen Farias dos Santos
Em novembro de 2020


"O Caso Collini", filme dirigido por Marco Kreuzpaintner, baseado no romance bestseller de Ferdinand von Schirach, apresenta o dilema do advogado recém-formado Caspar Leinen (Elyas M'Barek), obrigado a defender, em seu primeiro caso, o italiano Fabrizio Collini (Franco Nero, grande nome do cinema), assassino confesso do respeitado industrial Jean-Baptiste Meyer (Manfred Zapatka).

Nas primeiras imagens, Collini avança em um corredor de hotel até chegar à porta da suíte presidencial do Hotel Circle, em Berlim. Lá, está Jean-Baptiste Meyer, conhecido como Hans Meyer. Longe do hotel, num ringue está Caspar Leinen, quem enfrentará uma batalha por Fabrizzio Collini.

Inexperiente, tendo tal adjetivo destacado pelos advogados contrários diversas vezes, o jovem Leinen descobre que Collini matou um conhecido de infância: Hans Meyer, homem que foi uma presença masculina em sua formação, quando o pai o abandonou com a mãe. Assim, o drama recebe toques de suspense fisgando o público de vez.

Enquanto que as pistas são dadas, tornando a narrativa ágil e empolgante, a relação de Leinen com a família de Hans Meyer não fica presa apenas à gratidão da convivência na infância até a adolescência, o advogado também tem uma relação romântica com Johanna Meyer (Alexandra Maria Lara), neta de Meyer. Em meio às audiências do julgamento, revelações bombásticas são expostas e vão preenchendo as lacunas criadas em cenas provocativas anteriores.

Embora Collini opte por se calar, mantém a consciência de que o crime terá punição. No entanto, Leinen, tendo como rival o lendário advogado, o Professor Doutor Richard Mattinger (Heiner Lauterbach), parte em busca de novas informações, incluindo uma visita à Itália. Enquanto levanta informações para defender o cliente, descobre que o bom Hans Meyer cometeu crimes durante a Segunda Guerra Mundial. 

Há filmes que instigam com imagens do trailer, alguns com a sinopse e outros em ambos. Esse é o caso do excelente longa-metragem "O Caso Collini". Com uma linda fotografia e elenco em perfeita atuação, a ritmada produção alemã de narrativa estimulante de suspense dramático, cresce na tela tal qual um mágico em show: surpreende os espectadores de modo sequencial ao tirar trunfos inimagináveis da cartola. Imperdível!

O filme estreou nos cinemas de todo o Brasil em 19 novembro de 2020 e tem distribuição da A2 Filmes.

Filme: O Caso Collini (The Collini Case, Alemanha)

Ano: 2019 

Duração: 123 min. 

Gênero: Drama, Suspense 

Direção: Marco Kreuzpaintner

Roteiro: Christian Zübert, Robert Gold, Jens-Frederik Otto

Baseado no romance de Ferdinand von Schirach

Elenco: Elyas M'Barek, Alexandra Maria Lara, Heiner Lauterbach

Distribuição: A2 Filmes

Classificação indicativa: 14 anos

Lançamento nos cinemas em 19 de novembro de 2020


Trailer




← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

#ResenhandoIndica

20 20 20
Tecnologia do Blogger.