sexta-feira, 27 de novembro de 2020

.: "Um Detetive em Chinatown", comédia empolgante e tecnológica

Longa dirigido por Sicheng Chen é uma caçada estilo game com toque Sherlock Holmes moderno


Por: 
Mary Ellen Farias dos Santos
Em novembro de 2020


"Um Detetive em Chinatown" tem o pontapé inicial dado quando um assassinato ocorre justamente onde há muito da China nos Estados Unidos da América, mais precisamente em Nova Iorque: Chinatown, lugar em que tudo pode acontecer. Embora o idioma Chinês esteja muito presente na fala dos atores ou até nas placas, o Inglês também marca presença na fala dos protagonistas e até deixa espaço na trama para personagens conhecidos pelo público como o Pato Donald e o Homem-Aranha.

Reunidos em um grande salão, personagens completamente distintos, desde um grandalhão forte a uma mocinha delicada de cabelos azuis e amante da tecnologia, são desafiados por Tio Seven -senhor adoentado que se move por meio de uma cadeira de rodas-, a desvendar o mistério do assassinato de Jason Wu. Algo no estilo do filme que vive sendo exibido na "Sessão da Tarde", "Tá Todo Mundo Louco!". Sim! Haverá uma premiação para quem provar quem é o assassino.

O longa colorido e ágil é o encontro da comédia pura e, até infantil -das que agradam a todos-, tendo como pano de fundo elementos americanos e chineses, algo que lembra o clássico "Os Aventureiros do Bairro Proibido", pela localização e acontecimentos, assim como o mais recente e moderno "Jogador Nº 1", pois ao investigar o caso, Qin Feng ou Chin Fong (Liu Haoran) -como é conhecido no ambiente dos games- visualiza um mapa como se estivesse diante de um jogo em realidade virtual, mesmo que sem os óculos apropriados.

Não se iluda com a ideia de que "Um Detetive em Chinatown" é um filme somente para rir ou se empolgar com as cenas de perseguição. O longa dirigido por Sicheng Chen também é consciente e aproveita para abordar a xenofobia do presidente Donald Trump, também entranhada em alguns americanos -incluindo um policial da trama.

O ator Michael Pitt do filme "Violência Gratuita" e da série "Boardwalk Empire" aparece na trama como Dr. Springfield e desperta ciúme em Tang Ren, tio de Qin Feng, que, lá no ínicio do filme, passa a morrer de amores por Chen Ying (Natasha Liu Bordizzo), policial responsável pelo caso do assassinato de Jason Wu.

Romance, perseguição, mistério e cenas tecnológicas tornam "Um Detetive em Chinatown" um filme empolgante. Prepare a pipoca e boa diversão, pois o encerramento do longa é pra lá de dançante! Assista #EmCasa, na plataforma de sua escolha: NOW, Looke, Vivo Play, Apple TV, Google Play.

Filme: Um Detetive em Chinatown (Detective in Chinatown / Tang ren jie tan an 2, China)
Direção: Sicheng Chen
Elenco: Haoran Liu, Baoqiang Wang, Yang Xiao, Natasha Liu Bordizzo, Yuxian Shang, Bai Ling, Xun Wang, Satoshi Tsumabuki
Gênero: Ação, Aventura, Comédia
Duração: 121 Minutos
Ano: 2018

#A2Filmes #UmDetetiveemChinatown

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

#ResenhandoIndica

20 20 20
Tecnologia do Blogger.