Mostrando postagens classificadas por relevância para a consulta masterchef. Classificar por data Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens classificadas por relevância para a consulta masterchef. Classificar por data Mostrar todas as postagens

terça-feira, 7 de julho de 2020

.: Todas as novidades sobre a sétima temporada de "MasterChef Brasil"


Em novo formato, a sétima temporada de "MasterChef Brasil", estreia dia 14 de julho, às 22h45, na Band. Em coletiva virtual de imprensa, realizada na manhã desta terça-feira, dia 7, as mudanças do programa foram apresentadas a jornalistas de todo o Brasil. A nova edição do programa é toda adaptada. Até a seleção dos participantes foi feita online

Mas as novidades não param por aí: em novo cenário, o talent show respeita as normas da OMS - Organização Mundial de Saúde-, incluindo um mezanino maior, bancadas mais distantes, um mercado maior -para quatro participantes por vez-, kits individuais de limpeza e adaptações na prova dos pratos -três criações iguais para cada jurado.

Em uma temporada longe de ser matemática, não há quantidade pré-determinada de episódios. Cada programa terá oito participantes e, na edição de 2020, um ganhador a cada exibição. Além disso, haverá caixas misteriosas em que personalidades famosas como Alcione, Ivete Sangalo, Luiza Sonza, Pabblo Vittar, Tirulipa, Wesley Safadão e Juliana Silveira (a "Floribella" da reprise que vem por aí na Band), entre outros, solicitando pratos caseiros.

Contudo, o chef e jurado Fogaça destaca que "nesta temporada tem provas simples, fáceis e provas mais complexas"Sem provas em equipe pelo isolamento social, a dinâmica do programa muda e promete agilidade ao "Masterchef Brasil". "O jogo ficou mais emocionante, ficou mais rápido. E as pessoas -participantes- se revelam rápido também", comenta a apresentadora do reality show Ana Paula Padrão. Ela também revelou ter se apaixonado por participantes durante o programa.

"Toda vez que um participante ganha, uma instituição ganha. Tem um prêmio em dinheiro para ele e para a instituição. O programa está mais perto do Brasil", Ana Paula Padrão."É um programa muito de verdade, dessa vez. A comida é a comida que você come todo dia em casa. As propostas de prova são de comidas triviais, baseada em insumos triviais, que você encontra em qualquer lugar. Quase cestas básicas, o que traz o programa para dentro da casa de cada um. Essa é a principal mudança, para mim, a mais impactante, a mais bacana", completa.

A respeito das mudanças sanitárias, Paola Carosella foi enfática. "Culinária é estar junto, mas não grudado. Sempre foi o cozinheiro contra ele mesmo. Estamos muito mais perto", admite.  

"Tem tudo nesse 'MasterChef', não faltou nada. Competidor, cozinha, tempero, nós, o tempero do Masterchef, a energia do Masterchef. Até que mais, muito mais. É um verdadeiro concurso de cozinha, não tem a segunda chance. Em um dia só você cozinha, apresenta, ganha ou perde.", antecipa Erick Jackin. Na nova dinâmica, a avaliação dos juradas segue no formato já conhecido. Conforme Jackin, o competidor precisa dar tudo, no mesmo dia. Ele destaca que o programa está mais focado na cozinha e comida. "É sim ou não, na hora. A comida é boa ou ruim".

O chef explicou que tudo depende do participante, uma vez que não há provas em equipe. Destaca que assim, "parece mais simples, mas não são mais simples. Com a cozinha que todo mundo gosta de fazer, que todo mundo gosta. Todo mundo ama. Com os temperos do Brasil. Esse Masterchef tem tudo o que precisa para ser um verdadeiro Masterchef, pode ser um dos melhores" e complementa seu posicionamento com os participantes "às vezes eu sou mais duro, mais exigente".

Marisa Mestiço, diretora geral do "Masterchef Brasil" comenta que os programas similares, exibidos em outras emissoras tornam a concorrência saudável, uma vez que o programa da Band é o pioneiro. "Faz a gente sair do nosso eixo, para não nos acostumarmos a fazer as mesmas entregas, olhar onde tem mais potencial. A verdade é que temos mais experiência do que todos eles e acho que seja natural que se tenha uma relação saudável, já que estamos no mesmo seguimento, embora sejam programas muito diferentes"

Segundo a diretora geral do reality show culinário, o programa que está no ar desde 2014, tem uma equipe concentrada no próximo passo. O novo programa é especial, pois realiza um desejo de trazer algo diferente,  de cunho social: "A gente sempre entra acreditando que a atual temporada tem que ser melhor do que a anterior. Não é só a realidade da pandemia, é o nosso desafio. É isso que nos conecta, é isso "

Para Marisa essa não é uma temporada de inovação, mas de aproximação. "Nesse momento da pandemia, acho que o nosso melhor desafio é conseguir manter o ambiente seguro, para o elenco e todos os que trabalham, pois temos muitos braços adicionais off câmera. É uma engrenagem grande e transformar a representação de o público ter a sua cozinha. De achar que o Masterchef está ali dentro do seu armário. Isso é um desafio muito interessante". 

A respeito da parceria de longos anos entre Ana Paula Padrão, Paola Carosella, Henrique Fogaça e Erick Jacquin, a apresentadora do programa revela que  "o segredo é a generosidade. Todos nós somos generosos uns com os outros. Tem muito respeito. Acho que esse é um segredo da manutenção dessa parceria até hoje".

Fogaça destacou a mudança na gastronomia uma vez que a comida reserva um momento de compartilhar, de felicidade, tendo o programa desempenhado seu papel quando "desperta o interesse nas pessoas e agrega a convivência das pessoas." O chef ainda revelou que "a cozinha é um refúgio para mim, do que eu não consegui me encontrar. Então, é uma profissão muito boa"



Assista também: 

"MasterChef Brasil" | 1ª Temporada (Completa): https://bit.ly/2Vbp0qQ
"MasterChef Brasil" | 2ª Temporada (Completa): https://bit.ly/2RmXfdG
"MasterChef Brasil" | 3ª Temporada (Completa): https://bit.ly/2Vdkfgj 
"MasterChef Brasil" | 4ª Temporada (Completa): https://bit.ly/2V8fSmI
"MasterChef Brasil" | 5ª Temporada (Completa): https://bit.ly/2Xm0Rk4
"MasterChef Brasil" | 6ª Temporada (Completa): https://bit.ly/2Xj62kv

MasterChef Junior Brasil | 1ª Temporada (Completa): https://bit.ly/3e8AzHF


"MasterChef Profissionais" | 1ª Temporada (Completa): https://bit.ly/2XkML2k
"MasterChef Profissionais" | 2ª Temporada "(Completa): https://bit.ly/2Ro18in
"MasterChef Profissionais" | 3ª Temporada (Completa): https://bit.ly/2x4R33d

"MasterChef - A Revanche" | 1ª Temporada (Completa): https://bit.ly/3easm6a

"Dicas MasterChef": https://goo.gl/nBOlsj


.: "MasterChef Brasil" estreia sétima temporada com adaptações


O maior talent show gastronômico do Brasil, sucesso de crítica e público, estreia sua sétima temporada com cozinheiros amadores na próxima terça-feira, 14 de julho, às 22h45. O "MasterChef Brasil", uma produção da Endemol Shine Brasil, também será exibido no Discovery Home & Health às sextas-feiras, 20h30, a partir do dia 17.

Com um formato adaptado para atender aos protocolos de segurança recomendados pela OMS (Organização Mundial da Saúde), "MasterChef Brasil" chega à tela da Band diferente de tudo o que já foi visto até aqui, mas com o mesmo tempero e sabor das edições anteriores com Ana Paula Padrão, Henrique Fogaça, Paola Carosella e Erick Jacquin.

“Retornamos com adaptações e novidades, além de uma pegada mais popular. Nosso objetivo é dar protagonismo para os pratos feitos em casa com ingredientes simples do dia a dia e entregar uma comida com personalidade e, é claro, com a essência de cada pessoa, já que nos últimos meses a culinária se tornou um ato de cuidado e um momento de distração e aprendizado para quem está em isolamento social. O MasterChef Brasil acredita que sonhar, investir seu tempo no seu objetivo, ter esperança e estar disposto a aprender é o primeiro passo para se transformar diante do novo normal”, analisa Marisa Mestiço, diretora do programa.

Desde o início da quarentena, a produção do MasterChef Brasil conta com uma comissão multidisciplinar formada por médicos do trabalho, infectologistas e profissionais da área atuando na implementação e nas orientações das normas de saúde e prevenção que são aplicadas em todos os estágios da produção. Também foram adotadas normas globais da Endemol Shine Group, que retomou as gravações de produções internacionais como o MasterChef Austrália e o MasterChef Espanha antes da edição brasileira.

Entre as principais mudanças estão o formato da competição, com oito cozinheiros a cada episódio, e o cenário, que ganhou um novo layout com espaçamento de 1,5m entre as bancadas e mesas do restaurante, além da ampliação do mezanino. Para as avaliações, os participantes irão produzir sempre três pratos de suas receitas escolhidas (uma para cada jurado), provadas e avaliadas em bancadas próprias, que também respeitam o distanciamento mínimo. Todas as provas e etapas do programa serão realizadas dentro do estúdio, sem gravações externas ou desafios em grupo. Para evitar aglomeração, os participantes entram no mercado em dois grupos distintos e têm três minutos para escolher os produtos.

“Essa nova edição do MasterChef Brasil será extraordinária. Cada episódio tem um vencedor, então é mais dinâmico porque existe uma única chance. A pressão é muito mais forte e intensa. Não tem repescagem, não tem segunda chance. O prato pode ser simples ou sofisticado, mas deve ser o melhor e bem feito”, conta o chef Erick Jacquin.

“Essa rotatividade de candidatos e o fato de ter vários vencedores ao longo da temporada é muito bacana. Mais do que nunca, vamos olhar como cada candidato trabalha sua receita, como entende o tema da prova e o que apresenta no final. Nossa missão é identificar esse potencial em pouco tempo para escolher o melhor dos melhores a cada semana”, complementa o chef Henrique Fogaça.

Nesta nova fase, cada episódio será independente com oito aspirantes a cozinheiros, e contará com um ganhador, eleito após duas provas. Os competidores terão de mostrar o que sabem de forma prática e assertiva para passar para a segunda etapa. Manter a cabeça no lugar e saber escutar será fundamental nesta temporada.

“Esse formato deixa a competição mais acirrada porque os participantes têm muito pouco tempo para entender o que é o MasterChef Brasil. As pessoas podem assistir à TV e achar que é muito simples, mas nós jurados temos muita experiência em ver os participantes entrando e entendendo que isso aqui de simples não tem nada. O que acontece no formato tradicional é que existe muito tempo para se acostumar e agora não. É mata-mata”, enfatiza a chef Paola Carosella.

O vencedor de cada episódio levará o cobiçado troféu MasterChef 2020 e um prêmio de R$ 5 mil. O programa também doará uma quantia no mesmo valor para uma instituição de caridade envolvida no combate ao novo coronavírus neste momento em que ter empatia é fundamental.

“Faz parte do mundo novo, para mim pelo menos, compartilhar, ser solidário, generoso e empático. De alguma maneira, ganhar o MasterChef Brasil hoje quer dizer que outras pessoas estão ganhando também. O seu sucesso está sendo compartilhado assim como um prato de comida”, avalia a apresentadora Ana Paula Padrão.

Sucesso comercial
A nova temporada estreia com as cotas de patrocínio totalmente vendidas. Treze marcas patrocinam a atração: Amazon, Aurora, Brastemp, Cacau Show, Camil, Eisenbahn, Estácio, Kitano, L´OR, PicPay, Renata, Tramontina e Young Living. Outras cinco cotas de participação foram negociadas: Oxford Porcelanas, Piracanjuba, UOL, Veja e Vinícola Garibaldi.

“A relevância do 'MasterChef Brasil' é enorme. O programa segue sendo um sucesso comercial porque atende a um tripé que faz todo o sentido na vida de qualquer marca: resultado, experiência e propósito”, explica Cris Moreira, diretor geral comercial do Grupo Bandeirantes.

Prêmios
Além de levar para casa o cobiçado troféu "MasterChef Brasil" 2020, os vencedores vão ganhar R$ 5 mil do PicPay. Eles serão premiados ainda com uma bolsa de estudos integral para graduação ou pós-graduação da Universidade Estácio. A Amazon vai presentear o ganhador com um dispositivo Echo e R$ 500 em compras no site amazon.com.br. A Brastemp dará ao campeão um forno da linha Gourmand, digno de um chef, e a Tramontina oferecerá um jogo de panelas professional e um Kit Chef de facas.

Primeiro episódio
No episódio de estreia, os competidores vão enfrentar uma prova clássica do MasterChef Brasil, a temida Caixa Misteriosa. Mas, desta vez, não foram os jurados que escolherem os ingredientes e sim Ivete Sangalo, Thiaguinho, Tirullipa e a dupla Fernando e Sorocaba.

Neste desafio inédito na história do programa, os participantes deverão replicar o cardápio favorito de cada artista. Ivete pediu um clássico prato baiano que sempre comeu desde pequena e não é nada fácil de se preparar. Já Thiaguinho propôs uma receita tradicional que está acostumado a comer toda semana e se faz presente na mesa de todos os brasileiros. A escolha do cantor vai exigir muita técnica dos competidores.

O humorista Tirullipa optou por uma comida bem regional, que muita gente não conhece, e vai deixar os participantes em pânico. Já os sertanejos Fernando e Sorocaba desafiaram os aspirantes a "MasterChef" com um típico prato da roça cheio de tempero.

Logo na primeira prova, quem não conseguir conquistar o paladar dos jurados deixa a competição. Os aprovados seguem para a segunda e decisiva etapa e vão enfrentar um desafio que se encaixa perfeitamente com os tempos em que vivemos. Eles terão de provar que um cozinheiro de alma é aquele que tem a culinária no sangue e sabe elevar os sabores dos ingredientes de uma cesta básica. Vai se destacar e levar o título de primeiro "MasterChef" 2020 quem conseguir preparar uma comida bem temperada, feita com o coração.

O "MasterChef" Brasil é um formato da Endemol Shine Group. O programa é uma produção Endemol Shine Brasil para a Band e para o Discovery Home & Health. O talent show vai ao ar às terças-feiras, às 22h45, na tela da Band, com transmissão simultânea no aplicativo da emissora e no canal do programa no YouTube. A atração também é exibida toda sexta-feira, às 20h30, no Discovery Home & Health.

segunda-feira, 4 de setembro de 2017

.: Chefs e Ana Paula Padrão falam do “MasterChef Profissionais"

Talent show volta ao ar nesta terça-feira, às 22h30, na tela da Band


Na véspera da estreia da segunda temporada do MasterChef Profissionais., os chefs Erick Jacquin, Henrique Fogaça e Paola Carosella e a apresentadora Ana Paula Padrão falam de suas expectativas sobre o talent show da Band.


Erick Jacquin
“Essa segunda temporada do MasterChef Profissionais me surpreendeu um pouco. É um desafio muito grande, as provas são muito difíceis e vai ter muita surpresa, porque ninguém imagina o quanto essa competição ficou mais difícil e mais dura. Nesta temporada vocês vão entender o que é ser profissional e ser cozinheiro de verdade”.

“Eu acho que todas as provas são difíceis, mas precisa saber jogar. Na hora da prova eliminatória, tem ficar no meio. Não pode ganhar a prova eliminatória, não precisa chamar atenção dos outros. Já a prova da Caixa Misteriosa é a hora de impressionar os jurados. Eu acho que o mais difícil são as provas rápidas, de 20 minutos”.

“Minha vida mudou com o MasterChef, mas eu não mudei. Deixei minha vida mudar, mas eu, pessoalmente, não mudei. Eu sou igual. Eu sou atrevido, falo palavrão, gosto de provocar, sou polêmico, apaixonado, choro e amo. Quem não gosta de mim, tudo bem. Nem todo mundo pode gostar de mim. Mas minha vida mudou, para melhor. Eu amo o que eu faço”.
“Eu acho que o profissional é uma coisa e a gastronomia é uma cultura que faz parte de um patrimônio deste país. O dono desse patrimônio cultural gastronômico brasileiro não são os profissionais, são as donas de casa. É lá que o MasterChef vai: dentro das casas, no meio das famílias. As crianças me param na rua e falam ’meu pai cozinhou pela primeira vez graças a você, graças a Paola, ao Fogaça, a Ana Paula, ao MasterChef.’ A mais bonita declaração que já recebi”.


Henrique Fogaça
“Nessa temporada do MasterChef Profissionais temos bons cozinheiros, provas muito diferenciadas de muita pressão. Os participantes vão ter que atender muitas pessoas em um casamento, então o bicho vai pegar. Mais pressão, mais cobrança, mais determinação: é isso que a gente espera. E os cozinheiros estão vindo mais bem preparados”.

“Para ser o próximo MasterChef Profissional, o cozinheiro tem que ter determinação, criatividade, aguentar a pressão, saber trabalhar em equipe”.
“Eu sinceramente não sei se eu entraria no programa porque é bem puxado, as provas são difíceis e eu não sei se teria a moral de dar a cara pra bater no MasterChef”.

“Nesta temporada temos bons cozinheiros. Com certeza eu iria peneirar ali três ou quatro para trabalhar comigo no restaurante Sal”.


Paola Carosella
“É incrível que já tenham passado seis temporadas do MasterChef. São quatro anos de programa. Eu vi uma evolução lenta, mas crescente, da conexão das pessoas coma cozinha. Não vou falar gastronomia, porque gastronomia fala de uma cozinha mais profissional, talvez. Mas sim com a cozinha. Das coisas que eu tenho ouvido e do que as pessoas tem me falado, como pessoas voltaram a se conectar cozinhando para assistir ao programa ou inspirados pelo MasterChef. Fizeram da hora do preparo da comida e do jantar uma espécie de brincadeira amorosa, de julgar uns aos outros”.

“Muitas pessoas que nunca tinham cozinhado, nem considerado cozinhar, começaram a fazer depois do programa porque se sentiram cutucados por essa coisa da paixão da cozinha, do sabor, da provocação da gastronomia, de como conquistar alguém com o sabor. Pais e filhos que não encontravam formas de se comunicar encontraram nas terças-feiras à noite um momento de conexão muito forte, que levaram pra fora depois desse horário, saindo pra jantar ou comprando livros de culinária e cozinhando juntos. Pessoas que não comiam e nem cozinhavam e para quais a comida não tinha nenhuma significância, incorporaram o sabor da comida e com isso, junto, as emoções que a comida traz”.

“Nós estamos num momento muito particular da comida nas nossas vidas, momentos onde ter tempo para cozinhar é raríssimo. Muitas pessoas moram sozinhas, então ninguém as espera com comida em casa. E perder essa conexão com o fato de você sentar para comer e compartilhar esse momento com outra pessoa, falar de comida é cultural e é muito importante. Talvez o maior orgulho que eu tenha de fazer parte desse programa é que eu vejo que o MasterChef leva para as pessoas muitas coisas que são fundamentais. A conexão com o que comemos, com quem comemos, da onde vem, qual é o impacto daquilo, como me conecto com você, como eu posso ser verdadeira e falar minha verdade sem te destruir, mas sendo dura quando necessário”.


Ana Paula Padrão
“Essa segunda temporada do MasterChef Profissionais de verdade atraiu profissionais que estão no mercado. Gente que, mesmo muito jovem, já tem uma participação importante em restaurantes, donos de restaurantes, pessoas com muita experiência no mercado, pessoas que já passaram por experiências no exterior, já trabalharam em restaurantes com estrela Michellin. Enfim, gente muito preparada. E por causa disso, as provas tem que ser muito mais técnicas. Técnica não é um problema para eles. O problema para eles é tempo e a convivência com os outros participantes, cozinhar em um ambiente de estúdio, em que eles não estão exatamente acostumados. Trabalhar em equipe com pessoas que eles não conhecem direito ainda. Os desafios tem que ser mais complicados, mais complexos, mais densos porque eles são profissionais mais preparados. E a gente conhece os competidores muito rapidamente. Já nos primeiros episódios a gente começa a torcer por alguns, a ter simpatia por outros. Enfim, é uma mecânica que tem muito mais agilidade; acho que ganhou muito em velocidade, o programa, e em facilidade de conexão entre os participantes e os espectadores. Acho que é uma temporada muito emocionante, muito densa, muito profunda. Eu estou gostando muito de fazer”.

“É muito difícil pra gente, quando está começando a gravar uma temporada, saber o que vai ser dela. Apesar de não ser um reality, não ter confinamento e uma câmera escondida, o esquema de gravação é um esquema de reality. A reação que eles vão ter a cada prova, as coisas que eles vão dizer, como os chefs vão reagir, como eu vou ter que me colocar: isso tudo acontece. Então, quando começa, a gente não sabe onde vai parar. Ainda não dá pra saber que personalidade vai imprimir esse MasterChef Profissionais, mas eu já tenho certeza que os personagens são muito fortes e são muito bem delineados. A gente entende rapidamente quem eles são. Eles despertam emoções que a gente não viu em outras edições do MasterChef porque eles são profissionais carimbados, eles sabem quem eles são e eles tem vontade de imprimir isso nos pratos que eles entregam”.

O MasterChef Profissionais, formato da Endemol Shine-Group, é uma co-produção da Band com o Discovery Home & Health que vai ao ar todas as terças-feiras, às 22h30, na tela da Band com transmissão simultânea no aplicativo e no portal da emissora. O programa é reapresentado às sextas-feiras, às 19h20, e aos domingos, às 18h50, no Discovery Home & Health. Saiba mais sobre o programa em www.band.com.br/MasterChef e curta nossa página no Facebook https://www.facebook.com/bandtv. Siga também nosso Twitter (@bandtv) e Instagram (@band).

quinta-feira, 21 de março de 2019

.: Aos domingos: “MasterChef" chega à décima temporada

Programa estreia neste domingo, às 20h, na tela da Band


Os jurados Henrique Fogaça, Paola Carosella, Erick Jacquin e a apresentadora Ana Paula Padrão


Grande sucesso de crítica e público, o talent show de maior repercussão nas redes sociais no Brasil e no mundo chega à sua décima temporada (a sexta com cozinheiros amadores) repleto de novidades. O MasterChef Brasil ganha um novo dia e horário de exibição neste ano: domingo às 20h. Já a disputa dentro da cozinha recebe tempero extra: os cozinheiros são ainda mais preparados e todas as provas vão exigir tudo de cada um deles. “Temos candidatos que entraram depois de assistir muito ao programa. Ainda assim, quando as provas começaram, eles viram que não é simples como acharam”, avalia a chef Paola Carosella.

“A nova temporada será de celebração e lembranças, mas também de muita pressão e tensão”, conta Marisa Mestiço, diretora do programa. Desde o primeiro episódio, os 44 cozinheiros que entram na disputa por um avental revisitarão provas e desafios que já assustaram e colocaram à prova o talento dos competidores das edições passadas. “A nova temporada tem um pouco do que foi muito marcante em todas as outras, incluindo as dos profissionais. Tem também ingredientes que a gente usou muito e que de alguma forma entraram na vida do brasileiro porque a gente apresentou esses ingredientes, como o caldo de tucupi e o ouriço”, analisa a apresentadora Ana Paula Padrão
Nos dois primeiros episódios, os candidatos serão agrupados por temas gastronômicos que dominam e disputarão uma prova em duas etapas. Na primeira, uma prova técnica, após a qual os piores já deixam a cozinha. E na segunda, numa prova que envolve preparar um prato, somente os melhores recebem o avental. Ao final dessas disputas, somente os 19 melhores entrarão definitivamente na cozinha do MasterChef Brasil. “A cada edição, os candidatos vão chegando mais na pegada, se aperfeiçoando e apresentando coisas legais para a gente”, afirma o chef Henrique Fogaça.

Depois que garantiram o seu lugar na cozinha, esses 19 cozinheiros enfrentarão algumas das mais desafiadoras provas que já aconteceram na história do programa. “Os desafios são muito elaborados e difíceis. Eles terão que trabalhar com pratos e ingredientes do dia-a-dia e elevá-los a uma experiência de alto nível”, adianta o chef Erick Jacquin.

Os competidores disputarão provas em equipe que colocarão em teste toda a sua capacidade de trabalhar em conjunto, mesmo com concorrentes com que não se dão bem. E terão que enfrentar a prova com o maior número de convidados da história do MasterChef Brasil, onde servirão 400 pessoas.
Além disso, eles terão pela frente Caixas Misteriosas e provas que, além de intrigantes, exigirão deles criatividade extrema e muita técnica. Para ajudá-los nesta trajetória, os cozinheiros terão a ajuda de alguns renomados chefs convidados, que assim como os jurados, darão aulas e valiosas dicas de como preparar e manipular os mais variados e instigantes ingredientes.

E para elevar ainda mais a tensão dentro da cozinha, as provas darão vantagens e desvantagens aos melhores e piores. Com isso, ninguém poderá relaxar, pois uma decisão ruim ou uma escolha malfeita pode resultar em um inimigo ou até mesmo em uma eliminação.

“MasterChef Para Tudo”: Outra novidade desta temporada é o lançamento do MasterChef Para Tudo, que será apresentado por Ana Paula Padrão às terças-feiras, às 22h, a partir do dia 26. O programa vai exibir cenas inéditas, receitas, curiosidades e bastidores do talent show exibido aos domingos. “A atração é uma espécie de spin-off do MasterChef Brasil. Teremos muito humor e interatividade”, explica a apresentadora.

Patrocinadores: O MasterChef Brasil segue sendo um grande sucesso no mercado publicitário. “O programa estreia com todas as cotas comerciais vendidas. Nesta temporada, batemos o recorde de faturamento”, revela Cris Moreira, Diretor-executivo Comercial da Band. A décima temporada do programa é patrocinada pelas seguintes marcas: Carrefour, Brastemp, J. Macedo, Samsung, Barilla, Camil, Oi, Tramontina, Hellmans, Cif/Omo e Cacau Show.

Prêmios: Nesta temporada, todos os desafios do MasterChef Brasil seguem valendo prêmios. Após a conquista do avental, os vencedores das provas individuais acumularão R$ 1 mil em compras no cartão Carrefour; já as mini provas e as provas coletivas valerão R$ 500 para quem fizer o melhor prato. Os dois finalistas ainda serão premiados com R$ 1 mil por mês, durante um ano, para fazer compras com o cartão Carrefour. 

O grande vencedor do talent show vai ganhar o troféu MasterChef; R$ 250 mil; uma bolsa de estudos de técnicas tradicionais da culinária francesa na Le Cordon Bleu Paris; uma cozinha completa da nova linha Brastemp Gourmand com geladeira, micro-ondas, forno tradicional e a vapor, cooktop e coifa. A Tramontina vai equipar a cozinha do vencedor com panelas de aço inox, um kit chef de facas, além dos eletro-portáteis Tramontina by Breville. Já a Barilla vai levar o vencedor para acompanhar o maior campeonato de massas do mundo, o Pasta World Championship.

O segundo colocado ganhará uma bolsa de estudos na unidade da Le CordonBleu em Ottawa, no Canadá, podendo escolher entre o curso de cozinha ou de pâtisserie.

O MasterChef Brasil, formato da Endemol Shine Group, é uma co-produção da Band com o Discovery Home & Health. O programa vai ao ar todos os domingos, às 20h, na tela da Band (com transmissão simultânea no aplicativo da emissora para smartphones). A atração também vai ao ar às sextas-feiras, às 20h30, no Discovery Home & Health, com reapresentação às quartas-feiras às 20h30 a partir do dia 29 de março.

sábado, 8 de agosto de 2020

.: Cozinheiros reinventam pratos típicos de festa junina no “MasterChef”

Os participantes aprovados para a prova final terão de elaborar um frango recheado perfeito

Na próxima terça-feira, dia 11, oito novos participantes entram na cozinha mais famosa do país para tentar conquistar o tão sonhado troféu "MasterChef". Dessa vez, eles serão desafiados a reinventar comidas típicas de festa junina, um evento tão amado pelos brasileiros que não pôde ser comemorado este ano devido à pandemia.

Com o estúdio todo enfeitado, os jurados Henrique Fogaça, Paola Carosella e Erick Jacquin apresentam quatro receitas tradicionais - cuscuz paulista, bolo de milho, caldo verde e carne louca – e anunciam que os cozinheiros amadores têm a missão de recriar essas delícias buscando memórias afetivas.

O Arraiá do "MasterChef" começa com uma divertida pescaria, onde os competidores descobrem que prato terão de elaborar. Alguns deles não vão ficar nada satisfeitos com o resultado. Aqueles que conseguirem cumprir o desafio de forma exemplar seguem para a próxima etapa.

Na prova decisiva, os aspirantes a "MasterChef" precisam demonstrar muita técnica e criatividade para preparar um peito de frango empanado e recheado, com molho e acompanhamento. Embora seja uma proteína versátil, presente em muitos clássicos como coq au vin, galinhada, tikka masala e até o famoso fricassé, o corte exige muito conhecimento para se chegar ao ponto certo. Os jurados dão alguns exemplos que gostam muito. 

Jacquin apresenta um autêntico frango Cordon Bleu, recheado de presunto e queijo. Fogaça mostra uma receita suculenta com cogumelos, enquanto Paola indica um frango crocante recheado com ricota e espinafre para inspirar os participantes. Quem entregar a proteína crua vai tirar os chefs do sério e será automaticamente eliminado.

O autor do melhor prato conquistará o quinto troféu do MasterChef 2020, além de ganhar R$ 5 mil do PicPay e doar a mesma quantia para a Associação Peter Pan, de Fortaleza, no Ceará. A instituição tem como objetivo elevar o índice de cura e melhorar a qualidade de vida de crianças e adolescentes portadores de câncer. O vencedor do episódio ainda será premiado com uma bolsa de estudos integral para graduação ou pós-graduação da Universidade Estácio, um dispositivo Echo e R$ 5 mil em compras no site amazon.com.br. A Brastemp também dará ao campeão um forno da linha Gourmand, digno de um chef, e a Tramontina oferecerá um jogo de panelas profissional e um Kit Chef de facas.

O "MasterChef Brasil" é um formato da Endemol Shine Group. O programa é uma produção Endemol Shine Brasil para a Band e para o Discovery Home & Health. O talent show vai ao ar às terças-feiras, às 22h45, com transmissão simultânea no Portal da Band e no aplicativo da emissora. A atração também é exibida toda sexta-feira, às 20h30, no Discovery Home & Health.

Conheça os participantes do quinto episódio:

Arley, 28 anos
Ainda adolescente, preparava as refeições para ajudar em casa e, com o tempo, o que era obrigação virou paixão. Professor de Cultura Religiosa, quase se tornou seminarista. Participou dos embates da sexta temporada do MasterChef, mas saiu sem ter a oportunidade de cozinhar para os jurados.

Danila, 23 anos
Formada em Arquitetura, se sente mais realizada quando está cozinhando. Aprendeu a fazer as primeiras receitas ainda pequena e hoje acredita que a gastronomia deixou de ser apenas um hobby para se tornar algo maior em sua vida. Muito confiante, ela está disposta a encarar a pressão do MasterChef.

Débora, 35 anos
A gaúcha é formada em Geologia, mas acabou lapidando sua carreira para joalheria, hoje com sua própria marca. Apaixonada por crossfit e gastronomia, traz influências dos pais nos pratos salgados e da irmã na confeitaria. Se inscreveu no MasterChef para dar o primeiro passo rumo a uma nova vida.

Eduardo, 37 anos
Policial Civil, exerce a profissão há 18 anos. Cansado de ter de lidar com a violência das ruas, quer trocar de carreira e acredita que o MasterChef pode ser a porta para essa mudança. Filho de pai japonês e mãe espanhola, pretende mostrar uma cozinha com muita diversidade e sabor.

Iraí, 49 anos
O cearense adora a culinária nordestina e receitas fitness. Trabalhava em uma multinacional de automóveis, mas deixou seu emprego com o desejo de mudar de vida. A gastronomia é o novo caminho que quer seguir e pretende testar suas habilidades na cozinha mais disputada do Brasil.

Jéssica, 28 anos
Publicitária, despertou para a alimentação saudável após uma cirurgia bariátrica. Aprende novos pratos pela internet e, com inspiração, coloca em prática suas descobertas. Para ela, cozinhar é um ato de amor próprio e uma forma de cuidar dos outros. Competitiva, acredita estar pronta para vencer os outros competidores.

Sabrina, 41 anos
Começou a cozinhar aos 19 anos, quando se mudou para a Suíça para estudar hotelaria. Acabou ficando 12 anos na Europa e, quando voltou ao Brasil, trouxe as influências do velho mundo na bagagem. Na cozinha é detalhista e acredita ter um estilo clássico com um toque brasileiro.

Thiago, 27 anos
Inspirado no avô, aplica suas técnicas culinárias e aposta numa gastronomia casual. Dono de uma agência de publicidade com foco em marketing digital, ele vê a cozinha não só como uma terapia, mas também como uma diversão. Acredita que cozinhar é sua grande vocação.


quarta-feira, 1 de março de 2017

.: Nova temporada do "MasterChef" estreia na próxima terça, dia 7, na Band


Na próxima terça-feira, 7 de março, às 22h30, a Band estreia mais uma edição da versão brasileira do "MasterChef". Ana Paula Padrão e os chefs Erick Jacquin, Henrique Fogaça e Paola Carosella voltam para quarta temporada do talent show de maior repercussão nas redes sociais no mundo, que também será exibido no Discovery Home & Health a partir de sexta, 10 de março, às 19h20.

Depois de uma edição dedicada aos cozinheiros profissionais, o programa volta às suas raízes com a competição entre amadores. “Estamos procurando pessoas que cozinhem muito bem, mas que saibam o que estão fazendo, que não copiem. Mesmos as receitas clássicas, reinterpretadas por eles, precisam ser autênticas”, afirma a chef Paola Carosella.

Mais de 27.500 pessoas se inscreveram para realizar o sonho de se tornar o próximo "MasterChef" do Brasil. Do total de inscritos, 640 participaram de testes presenciais e apenas 75 deles foram convocados para a primeira audição com os jurados. “Os candidatos estão muito motivados para cozinhar, não só para competir”, conta o chef Erick Jacquin.

O perfil dos candidatos é bem diverso. São brasileiros e estrangeiros (italiano, tailandês, paraguaio, colombiano e venezuelano) de 22 a 61 anos das mais diferentes profissões: físico, bombeiro, geógrafo, caricaturista, dentista, professor de jiu-jitsu, entre muitas outras. “Com o sucesso do programa, as pessoas veem no 'MasterChef' uma oportunidade para buscar uma nova alternativa de vida. Elas querem empreender e desenvolver outra habilidade além daquela que eles já exercem na vida profissional. Quem fica entre os melhores tem muito espaço depois no mercado de trabalho”, analisa a apresentadora Ana Paula Padrão.

Nesta edição, conseguir uma vaga para entrar na cozinha ficou ainda mais difícil. Os 40 cozinheiros que passaram pelo crivo dos jurados se enfrentam na segunda etapa eliminatória, que terá uma nova dinâmica nesta temporada. “Depois de conseguir o avental, os candidatos são emparelhados em duplas ou quartetos pelos jurados para embates específicos: o desafio da massa, da sobremesa, da cozinha caipira, da cozinha oriental, entre outros. Apenas 21 deles conseguirão manter o avental e entrar na cozinha do MasterChef”, revela Patricio Díaz, diretor do programa. A última vaga será disputada em uma repescagem que vai reunir os quatro melhores cozinheiros entre os eliminados anteriormente.

Os 21 cozinheiros que entrarão na cozinha mais famosa do Brasil - que ganhou um novo visual nesta temporada - serão conhecidos no terceiro programa da temporada, que terá 25 episódios. “Só vão entrar na competição os cozinheiros que nos surpreenderem com pratos bem apresentados e saborosos”, diz o chef Henrique Fogaça.

Os candidatos terão pela frente provas com níveis de dificuldade bem variados: desde preparar um “PF” com uma pegada MasterChef até reproduzir uma receita que leva a assinatura de um dos jurados do programa. Esse último desafio será enfrentado pelos competidores logo na primeira prova de eliminação da temporada.

A culinária regional do Centro-Oeste e do Norte do Brasil também será tema de provas ao longo da temporada. O chef paraense Thiago Castanho é um dos convidados especiais já confirmados, assim como o chef francês Emmanuel Bassoleil. Mas a disputa não acontece só dentro da cozinha. A primeira prova fora do estúdio de 600m² será gravada no Rio Grande do Sul, mais precisamente nas Serras Gaúchas, importante polo turístico do estado também conhecido pela influência das gastronomias alemã e italiana.

O grande vencedor vai ganhar R$ 200 mil e o troféu de MasterChef. Os dois finalistas serão premiados com R$ 1 mil por mês, durante um ano, para compras com o cartão Carrefour.

Patrocinadores
A nova temporada do MasterChef estreia com os espaços comerciais totalmente ocupados. O talent show terá os seguintes patrocinadores: Cacau Show, Camil, Carrefour, CIF, Coca-Cola, Itaipava, Knorr/Hellmann´s, Nestlé, Omo/Brilhante, Tim e Tramontina.

O "MasterChef" Brasil, formato da Endemol Shine Group, é uma co-produção da Band com o Discovery Home & Health. O programa vai ao ar todas as terças-feiras, às 22h30, na tela da Band (com transmissão simultânea no aplicativo da emissora para smartphones). A atração também é exibida às sextas-feiras, às 19h20, no Discovery Home & Health, com reapresentação aos domingos às 21h45. Saiba mais sobre o programa em www.band.com.br/MasterChef e curta nossa página no Facebook https://www.facebook.com/bandtv. Siga também nosso Twitter (@bandtv) e Instagram (@band).

sábado, 30 de novembro de 2019

.: “MasterChef - A Revanche": duplas preparam menu luso-brasileiro

Os chefs Rodrigo Oliveira e Rui Paula, jurado do “MasterChef Portugal”, elaboram o menu

Foto: divulgação Band TV


Na próxima terça-feira, dia 3, às 22h45, Estefano, Fernando K., Thiago e Vitor vão enfrentar a última prova em equipe da temporada de "MasterChef - A Revanche". O desafio será replicar um menu de seis passos inspirado na gastronomia brasileira e portuguesa criado pelo chef brasileiro Rodrigo Oliveira e pelo chef português Rui Paula, jurado do “MasterChef Portugal”. Os dois cozinheiros que tiverem o melhor desempenho estarão salvos da prova de eliminação.

Na prova que decidirá o último semifinalista, a dupla que perdeu o desafio do menu luso-brasileiro terá que preparar quatro canapés sofisticados e modernos. Mas a criação não será livre, cada canapé deverá harmonizar perfeitamente com um espumante e conter um ingrediente obrigatório: ostra, foie gras, morango ou chocolate. O cozinheiro que tiver o pior desempenho deixa a competição.

Prêmios: Todos os desafios seguem valendo prêmios. Os vencedores das provas individuais acumulam R$ 1 mil em compras no cartão Carrefour; já as mini provas e as provas coletivas valem R$ 500 para os vencedores. Os dois finalistas ainda serão premiados com R$ 1 mil por mês, durante um ano, para fazer compras com o cartão Carrefour. 

O grande vencedor vai ganhar R$ 250 mil do Banco do Brasil, um curso de técnicas tradicionais da culinária francesa no Le Cordon Bleu Rio de Janeiro, uma cozinha completa da nova linha Brastemp Gourmand, uma cozinha equipada com produtos da Tramontina e o troféu MasterChef - A Revanche.

“MasterChef Para Tudo”: Todo domingo, às 22h30, Ana Paula Padrão comanda o MasterChef Para Tudo. O programa reapresenta o episódio exibido na terça-feira com conteúdo especial.

"MasterChef - A Revanche", é a versão brasileira do "MasterChef All Stars", formato da Endemol Shine Group. O programa é uma produção Endemol Shine Brasil para Band e Discovery Home & Health. O talent show vai ao ar às terças-feiras, às 22h45, na tela da Band com transmissão simultânea no aplicativo da emissora para smartphones. A atração também é exibida às sextas-feiras, às 20h30, no Discovery Home & Health, com reapresentação às quartas-feiras às 20h30.

terça-feira, 15 de outubro de 2019

.: Elenco do "MasterChef" surpreende fãs em ação inédita na Avenida Paulista

Henrique Fogaça, Paola Carosella, Erick Jacquin e Ana Paula Padrão tiraram fotos com o público
Os fãs de "MasterChef" foram surpreendidos nesta segunda-feira, dia 14, com uma ação especial realizada no vão do Museu de Arte de São Paulo (MASP). Além de poderem tirar fotos na bancada do talent show culinário mais disputado do mundo, o público pôde fazer aquela selfie com a apresentadora Ana Paula Padrão e os jurados Henrique Fogaça, Paola Carosella e Erick Jacquin.

O evento foi realizado para promover "MasterChef - A Revanche", que estreia nesta terça-feira, dia 15 de outubro, às 22h45, na tela da Band. A nova edição traz de volta 20 cozinheiros já conhecidos do público, que participaram das temporadas com cozinheiros amadores.

"Eu estou super empolgada e já quero que comece logo essa nova edição para eu poder assistir. Torço muito para a Juliana Nicoli, que é da sexta temporada. Gostei bastante dela, porque ela tem foco e consegue dividir o emocional do que ela precisa fazer", contou a pedagoga Jéssica Pacheco.

"A ideia é muito massa porque vários participantes foram muito 'top', mas não chegaram à final por algum motivo", afirmou a médica Vanessa Monteiro, que costuma assistir ao programa para aprimorar suas habilidades gastronômicas. "Eu sou péssima na cozinha, mas fico lá babando pelos pratos e sonhando – quem sabe um dia? – em aprender alguma coisinha", completou.

O desenhista Thiago Nascimento aproveitou o evento para presentear os chefs Henrique Fogaça e Paola Carosella com um quadro feito por ele. "Eu já sigo o Fogaça há bastante tempo, devido a banda de metal que ele tinha, a Oitão. Depois do MasterChef, eu comecei a curtir todos eles", contou.

Visivelmente empolgado com o encontro com os jurados, o artista afirmou que pretende também entregar um desenho para Erick Jacquin. "Já estou começando a fazer [o desenho] e, daqui uns dois ou três dias, vou terminar. E vou inventar alguma forma de entregar pessoalmente para ele também. Com muita fé, eu vou conseguir", completou.

O pioneiro e maior talent show de gastronomia do Brasil retorna à tela da Band nesta terça-feira, às 22h45. No programa de estreia, os 20 cozinheiros disputarão duelos para decidir quem entra em definitivo na competição. Os jurados escolherão os melhores de cada desafio e eles garantirão a dólmã para entrar no programa.

Através de um sorteio comandado por Ana Paula Padrão, os cozinheiros irão escolher seus oponentes. O ex-participante sorteado escolherá um dos seus concorrentes para ser seu adversário, quer escolherá o tema gastronômico nesse verdadeiro mata-mata.

Prêmios
Todos os desafios seguem valendo prêmios. Os vencedores das provas individuais acumularão R$ 1 mil em compras no cartão Carrefour; já as mini provas e as provas coletivas valerão R$ 500 para os vencedores. Os dois finalistas ainda serão premiados com R$ 1 mil por mês, durante um ano, para fazer compras com o cartão Carrefour.

O grande vencedor vai ganhar R$ 250 mil do Banco do Brasil, um curso de técnicas tradicionais da culinária francesa no Le Cordon Bleu Rio de Janeiro, uma cozinha completa da nova linha Brastemp Gourmand, uma cozinha equipada com produtos da Tramontina e o troféu MasterChef - A Revanche.

“MasterChef Para Tudo”
Exibido aos domingos, às 22h15, o "MasterChef Para Tudo", vai representar o programa exibido na terça-feira com conteúdo especial. O programa estreia no dia 20 de outubro.

"MasterChef - A Revanche", é a versão brasileira do "MasterChef All Stars", formato da Endemol Shine Group. O programa é uma produção Endemol Shine Brasil para Band e Discovery Home & Health. O talent show vai ao ar às terças-feiras, às 22h45, na tela da Band com transmissão simultânea no aplicativo da emissora para smartphones. A partir do dia 18 de outubro, a atração também irá ao ar às sextas-feiras, às 20h30, no Discovery Home & Health, com reapresentação às quartas-feiras às 20h30.

quinta-feira, 1 de março de 2018

.: Quinta temporada do “MasterChef" estreia na próxima terça-feira


Na próxima terça-feira, 6 de março, às 22h30, a Band estreia a quinta temporada da versão brasileira do "MasterChef". Sucesso de crítica e público, o talent show de maior repercussão nas redes sociais no Brasil volta para uma competição ainda mais difícil. O programa também será exibido às sextas-feiras, às 19h20, no Discovery Home & Health a partir do dia 9 de março.

O "MasterChef Brasil" recebeu mais de 30 mil inscrições, mas apenas 38 candidatos que passaram pelos testes presenciais - entre eles um padre e um policial militar - foram convocados para duelos diretos, novidade que vai marcar a primeira etapa do programa nesta temporada. “Dessa vez os concorrentes são muito guerreiros e emblemáticos, com personalidades marcantes. Vai ser muito divertido desde o primeiro episódio, com embates eletrizantes”, adianta a apresentadora Ana Paula Padrão.

Agrupados por afinidades gastronômicas, os candidatos serão emparelhados pelos jurados para embates específicos: o desafio da massa fresca, do bolo de chocolate, da cozinha oriental, da cozinha regional, entre outros temas. “O espírito de competição começa mais cedo nesta temporada. Os participantes valorizam ainda mais a conquista do avental, que não será fácil”, diz o chef Erick Jacquin.

As últimas vagas serão disputadas em uma repescagem que vai reunir os melhores cozinheiros entre os eliminados anteriormente nos duelos. Os 21 cozinheiros amadores que entrarão na cozinha mais famosa do Brasil serão conhecidos ao final do segundo episódio. “Por conta da pressão, demora um pouco para os participantes começarem a se sentir suficientemente confortáveis na cozinha do MasterChef”, analisa a chef Paola Carosella.

Os competidores vão enfrentar provas ainda mais complicadas ao longo dos 22 episódios. Nesta temporada eles terão de encarar o maior desafio já proposto na história do "MasterChef Brasil": servir 300 pessoas no Centro de Tradições Nordestinas, em São Paulo, com a participação do chef convidado Rodrigo Oliveira. “As provas são muito diferentes e ainda mais desafiadoras. Organização, liderança e senso de trabalho em equipe são essenciais”, conta o chef Henrique Fogaça.

Outra novidade é que mais de um participante poderá ser eliminado em cada programa. “Não há mais um número pré-definido de eliminados, podemos ter dois ou até três eliminados no mesmo episódio”, revela o diretor Patricio Díaz. “A competição está mais acirrada do que nunca. Os cozinheiros terão de pensar e agir de forma estratégica no jogo”, conclui.

Prêmios
Nesta temporada, todos os desafios do "MasterChef Brasil" valem prêmios. Após a conquista do avental, os vencedores das provas individuais acumularão R$ 1 mil em compras no cartão Carrefour; já as mini-provas valerão R$ 500 para quem fizer o melhor prato. Os dois finalistas ainda serão premiados com R$ 1 mil por mês, durante um ano, para fazer compras com o cartão Carrefour. 

O grande vencedor do talent show vai ganhar o troféu "MasterChef"; uma conta na Caixa recheada com R$ 200 mil; uma bolsa de estudos na Le Cordon Bleu, em Paris; o próximo lançamento da Citroën; eletroportáteis e utensílios da Tramontina by Breville; uma viagem para a Itália para conhecer a fábrica da Barilla e acompanhar a final do Worldpasta Championship; além de criar uma receita exclusiva de molho de tomate para a linha "Pomarola Chef". O segundo colocado também ganhará uma bolsa de estudos na Le Cordon Bleu, no Canadá.

MasterChef Profissionais
Além da quinta edição com cozinheiros amadores, a Band exibirá no segundo semestre deste ano a terceira temporada da competição entre cozinheiros profissionais.

O "MasterChef Brasil", formato da Endemol Shine Group, é uma co-produção da Band com o Discovery Home & Health. O programa vai ao ar todas as terças-feiras, às 22h30, na tela da Band (com transmissão simultânea no aplicativo da emissora para smartphones). A atração também vai ao ar às sextas-feiras, às 19h20, no Discovery Home & Health, com reapresentação aos domingos às 18h55.

sexta-feira, 20 de maio de 2016

.: Último fim de semana da "Estação MasterChef Júnior Brasil" em SP

Exposição interativa e sensorial convida crianças para participar de uma experiência gastronômica inédita.

Até este domingo, 22 de maio, os clientes do Shopping JK Iguatemi poderão levar as crianças para participar de uma atividade inédita e muito especial. O shopping traz pela primeira vez em São Paulo a "Estação MasterChef Júnior Brasil", uma exposição interativa para crianças entre 5 e 12 anos, inspirada no programa de TV "MasterChef Júnior", fenômeno mundial em audiência.

“Estamos muito felizes com essa parceria. Com o projeto, conseguimos trazer conteúdo e lazer para o público infantil por meio de experiências que fazem parte da arte de cozinhar”, afirma Aline Zarouk, diretora de marketing da Iguatemi Empresa de Shopping Centers.

Na exposição, os visitantes terão contato com o mundo da gastronomia de maneira divertida, desvendando as curiosidades desse universo por meio de sete estações temáticas: “Como se tornar um chefe”, “O look do chef”, “Conheça os Indispensáveis”, “Os facilitadores”, “Descobrindo o mundo de aromas e sabores” e “As vedetes da cozinha”. Na última etapa da brincadeira, após passarem por um labirinto, as crianças poderão preparar canapés na famosa e desejada cozinha "MasterChef", sempre atentos ao famoso cronômetro, igual ao do programa. No final, os pais são convidados para experimentar os quitutes.

O projeto é uma parceria com a Endemol Shine Brasil, proprietária dos formatos "MasterChef" e "Masterchef Júnior", uma marca lifestyle construída sob quatro pilares: comida, exploração, entretenimento e aprendizagem. A "Estação MasterChef Júnior Brasil", inédita mundialmente, busca trabalhar da mesma forma, valendo-se do lúdico para proporcionar uma experiência sensorial às crianças.

A exposição é gratuita e passará por outros shoppings do grupo Iguatemi em diversas cidades do Brasil, como São Paulo, Campinas, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, Alphaville, Sorocaba, Brasilia e Porto Alegre, permanecendo em média, 15 dias em cada empreendimento.

As situações apresentadas na “Estação MasterChef Júnior” são lúdicas e totalmente seguras. Todas as atividades e simulações são apoiadas em pesquisa, objetos cenográficos, jogos e brincadeiras. Em todo o circuito, o público é acompanhado por monitores experientes e treinados. Os visitantes podem utilizar máquinas fotográficas e filmadoras para registrar a diversão. O evento é gratuito. Mediante a preenchimento de cadastro por ordem de chegada.

"Estação Masterchef Júnior"
Até domingo, 22 de maio
Local: 2º piso do JK Iguatemi
Horário: sábado e domingo, das 12h às 20h

domingo, 12 de julho de 2020

.: MasterChef estreia nova temporada na terça-feira com Caixa Misteriosa

Ivete Sangalo, Thiaguinho, Tirullipa e a dupla Fernando & Sorocaba participam do programa na próxima terça-feira




O maior talent show gastronômico do Brasil, sucesso de crítica e público, estreia sua sétima temporada com cozinheiros amadores na próxima terça-feira (14), às 22h45.

Com um formato adaptado devido à pandemia do novo coronavírus, o MasterChef chega à tela da Band diferente de tudo o que já foi visto até aqui, mas com o mesmo ‘tompero’ de sempre com Ana Paula Padrão, Henrique Fogaça, Paola Carosella e Erick Jacquin. Nesta nova fase, serão oito participantes e um vencedor a cada episódio. É tudo ou nada!

Em duas provas – a primeira delas classificatória – os competidores terão de mostrar o que sabem de forma prática e assertiva para passar para a segunda etapa. Manter a cabeça no lugar e saber escutar será fundamental nesta temporada.

No episódio de estreia, os concorrentes vão enfrentar uma prova clássica do MasterChef: a temida Caixa Misteriosa. Mas, desta vez, não foram os jurados que escolherem os ingredientes e sim Ivete Sangalo, Thiaguinho, Tirullipa e a dupla Fernando e Sorocaba.

Neste desafio inédito na história do programa, os participantes deverão replicar o cardápio favorito de cada artista. Ivete pediu um clássico prato baiano que sempre comeu desde pequena e não é nada fácil de se preparar. Já Thiaguinho propôs uma receita tradicional que está acostumado a comer toda semana e se faz presente na mesa de todos os brasileiros. A escolha do cantor vai exigir muita técnica dos competidores.

O humorista Tirullipa optou por uma comida bem regional, que muita gente não conhece, e vai deixar os cozinheiros em pânico. Já os sertanejos Fernando e Sorocaba desafiaram os aspirantes a MasterChef com um típico prato da roça cheio de tempero.

Logo na primeira prova, quem não conseguir conquistar o paladar dos jurados deixa a competição. Os aprovados seguem para a segunda e decisiva etapa e vão enfrentar um desafio que se encaixa perfeitamente com os tempos em que vivemos. Eles terão de provar que um cozinheiro de alma é aquele que tem a culinária no sangue e sabe elevar os sabores dos ingredientes de uma cesta básica. Vai se destacar e levar o título de primeiro MasterChef 2020 quem conseguir preparar uma comida bem temperada, feita com o coração.

Além de levar para casa o cobiçado troféu MasterChef Brasil 2020, o vencedor do episódio vai ganhar R$ 5 mil do PicPay. Ele será premiado ainda com uma bolsa de estudos integral para graduação ou pós-graduação da Universidade Estácio. A Amazon vai presentear o ganhador com um dispositivo Echo e R$ 500 em compras no site amazon.com.br. A Brastemp dará ao campeão um forno da linha Gourmand, digno de um chef, e a Tramontina oferecerá um jogo de panelas profissional e um Kit Chef de facas.

Conheça os participantes do primeiro episódio

Ali Philipe, 25 anos
Nascido no Pará, hoje Ali divide a sua vida entre o Canadá e o Brasil. E nessa mistura de culturas ainda está a influência árabe de sua família adotiva. Como um bom bartender, é extrovertido e comunicativo, mas não é de evitar conflitos. Com sua cozinha criativa, Ali nunca entra em uma competição para perder.

Cecília, 39 anos
O carisma da paulista é evidente. Divertida, ela adora conversar enquanto cozinha, até com as próprias panelas. Apesar de trabalhar com finanças, Cecília é a cozinheira oficial dos amigos e é conhecida por sua saborosa feijoada. Na cozinha do MasterChef, promete mostrar muita comida regional e cheia de sabor.

Cilene, 59 anos

Mora em uma fazenda no interior de São Paulo. Mas não pense que ela tem uma rotina calma longe da cidade. Além de cuidar de seus cavalos e gados, gosta de dançar forró, tango, fazer musculação e estudar francês. Exigente e confiante, garante que tem muito a mostrar no programa.

Claudia, 38 anos
A baiana já cozinhava para os seus 10 irmãos desde pequena, além de ajudar os pais na roça. Hoje administra os açougues da família e a sua fama é de ser uma chefe muito exigente e mandona. No MasterChef, vai defender a bandeira das suas raízes nordestinas e mostrar muito regionalismo nos pratos do litoral ao sertão baiano.

Hailton, 28 anos
Nascido e crescido na zona norte de São Paulo, o participante quer mostrar que os cozinheiros da periferia também podem ganhar o MasterChef. É faixa preta no jiu-jitsu e se diz muito competitivo. Sonha em abrir um restaurante de comida rústica e acredita que com o sabor dos seus pratos poderá vencer essa luta gastronômica.

Jéssica, 29 anos
A gastronomia salvou a publicitária de uma crise de estresse que a fez largar o seu emprego em uma multinacional. Ao se interessar por culinária, começou a ter um estilo de vida mais saudável e isso reflete em suas receitas. Com muita determinação, ela acredita que poderá ir longe na competição e promete encantar os jurados.

Saulo, 27 anos
Nasceu no Espírito Santo e cresceu em contato com a natureza, surfando e pegando caranguejo no mangue. Já morou na França e tem grande afinidade com os vinhos e a gastronomia de lá. Apesar de ser engenheiro mecânico, está disposto a trocar a sua profissão pelas panelas e pelos fogões. Acredita estar pronto para mostrar suas habilidades na cozinha mais famosa do Brasil.

Thiago, 35 anos
Sempre foi atrás de seus sonhos. Aos 13 anos, começou a vender canga na praia de Itanhaém, no litoral de São Paulo, para conseguir comprar sua primeira bateria. Hoje é músico profissional e quer abrir um espaço cultural que una as suas duas grandes paixões: rock e gastronomia. Sempre positivo, acredita que vencer o programa será o melhor caminho para alcançar seus objetivos.

O MasterChef Brasil é um formato da Endemol Shine Group. O programa é uma produção Endemol Shine Brasil para a Band e para o Discovery Home & Health. O talent show vai ao ar às terças-feiras, às 22h45, na tela da Band, com transmissão simultânea no aplicativo da emissora e no canal do programa no YouTube. A atração também é exibida toda sexta-feira, às 20h30, no Discovery Home & Health.


sábado, 22 de agosto de 2020

.: Cozinheiros são desafiados a preparar sonho perfeito no “MasterChef”


Na prova decisiva, os finalistas terão de elaborar um prato árabe cheio de criatividade e sabor. 

Na próxima terça-feira, dia 25, a Band exibe o sétimo episódio do "MasterChef". Dessa vez, Amanda, Andrew, Camila, Danielle, Denis, Maurício, Patrick e Tatiane vão dar tudo de si para conquistar o troféu mais cobiçado da culinária brasileira.

O primeiro desafio será um sonho, literalmente. Os cozinheiros amadores que conseguirem preparar os melhores sonhos de padaria garantirão uma vaga na próxima etapa. Apesar de ser um dos doces preferidos dos brasileiros, a origem da sobremesa é italiana, onde é chamado de “bomboloni”. Foi lá que um ex-soldado da Primeira Guerra Mundial que virou padeiro inventou essa delícia inspirada em canhões da época. Os competidores serão desafiados a preparar este prato completo, desde a massa até o recheio, que será de livre escolha.

Na segunda e decisiva prova da noite, a competição viaja para o oriente médio e resgata as influências árabes na cultura e gastronomia brasileira. O "MasterChef" vai desafiar os finalistas a usarem seus repertórios para elaborar pratos completos de comida árabe, que fujam das conhecidas porções. Paola Carosella, Henrique Fogaça e Erick Jacquin mostram vários exemplos para servirem de inspiração, como shakshuka, michuí com salada fattoush, cordeiro assado com cuscuz marroquino, arroz com frango e amêndoas, charuto com mjadra, entre outros. Os jurados vão exigir receitas saborosas, carregadas de temperos dessa culinária milenar.

O autor do melhor prato conquistará o sétimo troféu do "MasterChef 2020", além de ganhar R$ 5 mil do PicPay e doar a mesma quantia para o Educandário São João Batista, de Porto Alegre, que auxilia no tratamento e educação de crianças e adolescentes com deficiência. O vencedor do episódio ainda será premiado com uma bolsa de estudos integral para graduação ou pós-graduação da Universidade Estácio, um dispositivo Echo e R$ 5 mil em compras no site amazon.com.br. A Brastemp também dará ao campeão um forno da linha Gourmand, digno de um chef, e a Tramontina oferecerá um jogo de panelas profissional e um Kit Chef de facas.

O "MasterChef " é um formato da Endemol Shine Group. O programa é uma produção Endemol Shine Brasil para a Band e para o Discovery Home & Health. O talent show vai ao ar às terças-feiras, às 22h45, com transmissão simultânea no Portal da Band e no aplicativo da emissora. A atração também é exibida toda sexta-feira, às 20h30, no Discovery Home & Health.

Compre o livro "Todas as Sextas", de Paola Carosella, neste link.
Compre o jogo "MasterChef", da Estrela, neste link
Compre o livro "MasterChef Brasil - Receitas de Elisa Fernandes", de Elisa Fernandes, neste link.
Compre o livro "A Cozinha de Leonardo Young", de Leonardo Young, neste link.
Compre o livro "Receitas MasterChef - Prepare Receitas como Um Profissional", da editora La Tore, neste link.

sábado, 2 de novembro de 2019

.: Prova em equipe é próximo desafio do “MasterChef - A Revanche”



Na próxima terça-feira, dia 5, às 22h45, os oito participantes de "MasterChef - A Revanche" enfrentarão a segunda prova em equipe da temporada. Divididos em dois times, eles terão que cozinhar dentro da estação de trem MasterChef. Os cozinheiros deverão servir um prato principal e uma sobremesa para 40 convidados, todos descendentes dos principais imigrantes que vieram para São Paulo desde o século XIX. Pelo menos um dos pratos que cada time fizer deverá levar café em sua receita. A equipe que fizer o melhor trabalho estará salva da prova de eliminação.

Os cozinheiros da equipe perdedora terão uma segunda chance para se salvar. Em uma prova de pressão, eles deverão preparar uma massa que não leve nenhum tipo de carne. Os autores dos melhores pratos se salvam da eliminação.


Na prova eliminatória, os dois cozinheiros irão se enfrentar em um duelo com um ingrediente milenar, o mel. Mas em vez de utilizá-lo numa receita doce, os dois competidores terão que fazer dois pratos salgados. Eles terão à disposição 12 dos melhores méis produzidos no brasil. O autor dos piores pratos deixa a competição.
 

Prêmios: Todos os desafios seguem valendo prêmios. Os vencedores das provas individuais acumulam R$ 1 mil em compras no cartão Carrefour; já as mini provas e as provas coletivas valem R$ 500 para os vencedores. Os dois finalistas ainda serão premiados com R$ 1 mil por mês, durante um ano, para fazer compras com o cartão Carrefour. 

O grande vencedor vai ganhar R$ 250 mil do Banco do Brasil, um curso de técnicas tradicionais da culinária francesa no Le Cordon Bleu Rio de Janeiro, uma cozinha completa da nova linha Brastemp Gourmand, uma cozinha equipada com produtos da Tramontina e o troféu MasterChef - A Revanche.

“MasterChef Para Tudo”
Todo domingo, às 22h30, Ana Paula Padrão comanda o MasterChef Para Tudo. O programa reapresenta o episódio exibido na terça-feira com conteúdo especial.

"MasterChef - A Revanche", é a versão brasileira do "MasterChef All Stars", formato da Endemol Shine Group. O programa é uma produção Endemol Shine Brasil para Band e Discovery Home & Health. O talent show vai ao ar às terças-feiras, às 22h45, na tela da Band com transmissão simultânea no aplicativo da emissora para smartphones. A atração também é exibida às sextas-feiras, às 20h30, no Discovery Home & Health, com reapresentação às quartas-feiras às 20h30.


segunda-feira, 21 de outubro de 2019

.: “MasterChef - A Revanche": cozinheiros em 1ª prova em equipe

Foto: divulgação/ BAND

Na próxima terça-feira, dia 22, às 22h45, os 10 participantes de MasterChef - A Revanche irão enfrentar a primeira prova em equipe da temporada. Divididos em dois times, os competidores terão que cozinhar no maior navio da Marinha Brasileira, o Porta-Helicópteros Multipropósito Atlântico. O desafio será preparar um prato principal e uma sobremesa para 150 tripulantes. A equipe que fizer o melhor trabalho estará salva da prova de eliminação.

Os vencedores estarão salvos no mezanino, mas como no MasterChef - A Revanche a prova de eliminação sempre será um duelo final, os jurados vão avaliar o desempenho dos cozinheiros do time perdedor e escolherão os dois piores para disputar a prova. Eles terão que fazer um croquembouche, uma grande torre de carolinas, todas recheadas e cobertas de caramelo. O cozinheiro que tiver o pior desempenho deixará a competição.

Prêmios: Todos os desafios seguem valendo prêmios. Os vencedores das provas individuais acumularão R$ 1 mil em compras no cartão Carrefour; já as mini provas e as provas coletivas valerão R$ 500 para os vencedores. Os dois finalistas ainda serão premiados com R$ 1 mil por mês, durante um ano, para fazer compras com o cartão Carrefour. 

O grande vencedor vai ganhar R$ 250 mil do Banco do Brasil, um curso de técnicas tradicionais da culinária francesa no Le Cordon Bleu Rio de Janeiro, uma cozinha completa da nova linha Brastemp Gourmand, uma cozinha equipada com produtos da Tramontina e o troféu MasterChef - A Revanche.

“MasterChef Para Tudo”: Exibido aos domingos, às 22h15, o MasterChef Para Tudo, vai representar o programa exibido na terça-feira com conteúdo especial. O programa estreia neste domingo, dia 20 de outubro.

"MasterChef - A Revanche", é a versão brasileira do MasterChef All Stars, formato da Endemol Shine Group. O programa é uma produção Endemol Shine Brasil para Band e Discovery Home & Health. O talent show vai ao ar às terças-feiras, às 22h45, na tela da Band com transmissão simultânea no aplicativo da emissora para smartphones. A atração também é exibida às sextas-feiras, às 20h30, no Discovery Home & Health, com reapresentação às quartas-feiras às 20h30.

Próximas postagens → Página inicial

#ResenhandoIndica

20 20 20
Tecnologia do Blogger.