quinta-feira, 22 de março de 2018

.: Lista de animações violentas ou fofinhas até a página 2

Por: Mary Ellen Farias dos Santos
Em março de 2018


As animações podem ser vistas por alguns adultos como algo totalmente inocente. Entretanto, não é possível julgar a meiguice por conta de um o tracejado ou o colorido vibrante. Afinal, há o hentai -mangás e animes com forte conteúdo sexual- para provar que nem toda produção de imagens em movimento é fofinha. 

Assim, nós do portal Resenhando.com listamos seis produções que, ninguém, em apenas uma olhadinha -dependendo da cena, claro!- seria capaz de apontá-las como 100% inapropriadas, mas foram exibidas em terras tupiniquins. Confira!


Beavis and Butt-Head (1994-1998)
Série de animação americana criada por Mike Judge exibida originalmente no canal MTV, chegou no Brasil, em 1994 e continuou a ser exibida em 1998. Com um texto cheio de humor negro, as piadas de duplo sentido e palavrões são presentes. Beavis e Butt-Head tecem comentários difamatórios para videoclipes. Com o tempo, as críticas foram direcionadas a reality shows, internet e lutas. Segundo o criador, os dois adolescentes precisariam de um objetivo, assim passaram a ter o desejo de transar com garotas, embora sejam virgens. A série no Brasil, recebeu a classificação de 16 anos.


Uma sexta-feira para Beavis and Butt-Head


_________________________________


Celebrity Deathmatch (1998 a 2002 /2006 a 2007)
Por meio da técnica de animação Claymation, o programa de televisão produzido pela MTV norte-americana, que simulava lutas de famosos em um ringue, foi distribuído para diversos países, incluindo o Brasil. A disputa, aparentemente, sem regras, entre as celebridades -geralmente americanas-, era recheada de golpes que extrapolavam os limites físicos e biológicos reais, resultando na morte bizarra de um dos participantes.


Luta entre Marylin Manson e Charles Manson e outras

_________________________________


Comichão e Coçadinha, de Os Simpsons
Paródia de "Tom & Jerry", desenho favorito de Bart e Lisa, é exibido na série de animação "Os Simpsons", como atração do programa do palhaço Krusty. Recheado de humor negro, a violência na caça ao gato Scratchy, Coçadinha, acontece de modo extremamente cruel, embora Itchy, Comichão seja considerado herói. 


Trecho de "Os Simpsons" com "Comichão e Coçadinha"

_________________________________


Genocyber (1997)
A história da criação de uma sofisticada arma biológica, o Genocyber, monstro que dilacera tudo que cruza o caminho, formado a partir de duas jovens irmãs paranormais. A série de mangá escrita e ilustrada por Tony Takezaki, não finalizada, foi base para uma série de anime produzido pelo estúdio Artmic em parceria com a Bandai Visual, lançada diretamente para o mercado de vídeo. No Brasil, foi exibida pela extinta Rede Manchete, no programa U.S. Manga. "Genocyber" também foi lançada em VHS no Brasil pela Flashstar Home Vídeo.


Primeiro episódio de "Genocyber"

_________________________________


Happy Tree Friends (2006-2010)
Não recomendado para menores de 16 anos, o desenho animado em Adobe Flash, criado por Kenn Navarro, Aubrey Ankrum, Rhode Montijo e Warren Graff é cheia de humor negro da Mondo Mini Shows, incluindo mortes. Os animais que agem como humanos sanguinários, têm dois grandes dentes de coelho, e olhos com pupilas em forma de Pacman. Todos os animais amigos têm narizes cor-de-rosa em forma de coração, exceto Sniffles e Lumpy. Nos primeiros episódios, muitos dos personagens faziam coisas infantis e brincavam, mas o conceito foi se alargando e os comportamentos passaram a variar entre crianças, adolescentes e adultos.


Episódio 33 de "Happy Tree Friends"

_________________________________


South Park (1997-presente)
Sitcom americana criada por Trey Parker e Matt Stone para o canal Comedy Central, no Brasil, foi exibido em diversos canais, primeiramente no Multishow, meses depois na MTV e, em 1998, posteriormente no extinto Locomotion. Já em 2006, chegou ao canal VH1 e Comedy Central Brasil, sendo que, atualmente, é exibido na MTV e no Comedy Central Brasil, com versão dublada em Miami, por brasileiros residentes. Embora seja voltado ao público adulto, "South Park" foi criticado devido o humor negro e a crueldade. A narrativa com situações comuns ou sobrenaturais gira em torno das crianças: Stan Marsh, Kyle Broflovski, Eric Cartman, e Kenny McCormick — e suas aventuras bizarras na cidade chamada South Park.





Gostou? Tem sugestões para a nossa equipe? Comente abaixo!



*Mary Ellen Farias dos Santos é criadora e editora do portal cultural Resenhando.com. É formada em Comunicação Social - Jornalismo, pós-graduada em Literatura e licenciada em Letras pela UniSantos - Universidade Católica de Santos. Twitter: 
@maryellenfsm
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

4 comentários:

  1. Cara! Legais as dicas!

    ResponderExcluir
  2. Cara, relembrei coisas que estavam deletadas da mente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkk... É bom, né? Muita coisa boa do passado. Hoje em dia, quase tudo seria proibido.
      Obrigada por comentar.
      Um abraço!

      Excluir

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.