quarta-feira, 18 de setembro de 2019

.: Resenha de "O Labirinto do Fauno", Guillermo del Toro e Cornelia Funke

Em setembro de 2019 


Ler é um prazer indescritível e pode ser ainda melhor quando estamos diante de uma grande história. Tão gigante quanto é "O Labirinto do Fauno", publicação que chegou ao mercado editorial brasileiro pelas mãos caprichosas da Editora Intrínseca. O texto magistral do escritor e roteirista mexicano, Guillermo del Toro, e da escritora e ilustradora alemã Cornelia Funke, resgata a trama magnífica apresentada no filme de 2006 [Confira a crítica do filme aqui]. 

O conto de fadas às avessas, entrelaça a fantasia e a crueldade com equilíbrio necessário para que o leitor entenda a forma que Ofélia tenta ler e enfrentar a vida. De narrativa bem elaborada, ainda que o filme ou partes dele estejam na lembrança dos leitores, a cada parágrafo da publicação, a magia da trama acontece. 

O ano é 1944, quando uma menina e a mãe, grávida, seguem pelo norte de uma floresta na Espanha, dentro de um carro que é acompanhado de outros dois. Todos na cor preta. "Estavam fazia horas na estrada, cada vez mais distantes de tudo que Ofélia conhecia, entrando profundamente naquela floresta infinita, para encontrar o homem que a mãe havia escolhido para o novo pai da menina. Ofélia o chamava de Lobo e não queria pensar muito nele. Mas até as árvores pareciam sussurrar aquele nome". p. 14

O livro de contos de fadas moderno vai além ao expandir o perfil de diversos personagens, explorando o passado deles, como por exemplo, o Homem Pálido. "Dessa vez, o livro revelou logo seus segredos. A página da esquerda se encheu primeiro, linhas finas mostrando a figura esquelética de um homem pálido, sem nariz e careca, com buracos no lugar dos olhos e uma boca escancarada. A tinta marrom desenhou uma fada, depois uma porta. A imagem foi tomando forma e ganhando cada vez mais detalhes enquanto Ofélia lia as palavras que apareciam na página da direita: Use o giz para riscar uma porta em qualquer lugar de seu quarto." p.151/152

Permeando o sombrio e fantástico, a apresentação dos acontecimentos gera expectativa no leitor tal qual uma nova e desconhecida história. Em meio a transcrição exata do filme, foram acrescidos dez contos sobre elementos importantes do filme, os quais foram chamados de interlúdios, por Guillermo.

Em capa dura e design de capa por Sarah J. Coleman e Hoel Tippie, totaliza 320 páginas. Fechado, o livro também é atrativo pela lateral colorida que orna com a capa, além dos detalhes nas bordas superiores, inferiores e no centro, entre uma página e outra ilustrado a cada novo capítulo, projeto gráfico de Antonio Rhoden.

Ao leitor que busca um romance de, praticamente, instantânea identificação e intimidade, o livro "O Labirinto do Fauno" é uma leitura obrigatória. Afinal, a vida de todos também é um conto de fadas moderno que mescla o sonho e a realidade com toques, por vezes sombrios, por vezes fantásticos.

Guilhermo del Toro é roteirista e diretor do fascinante "O Labirinto do Fauno" e de "A Forma da Água", que lhe rendeu o Oscar de Melhor Diretor. Também é coautor da série de livros "Trilogia da Escuridão" e, pela Intrínseca, publicou "Caçadores de Trolls" e "A Forma da Água".


Cornelia Funke é uma premiada escritora e ilustradora alemã que se tornou best-seller no mundo inteiro com seus contos de fadas modernos. É autora de "O Senhor dos Ladrões" e da trilogia "Mundo de Tinta", todos sucesso de público e crítica.


Algumas frases marcantes:

"Segredos. Eles contribuem com a escuridão do mundo, mas também atiçam sua curiosidade para descobrir mais..." - O Labirinto do Fauno, Cornélia Funke. Editora Intrínseca


"Em nossas escolhas encontra-se o nosso destino" O Labirinto do Fauno, Cornélia Funke. Editora Intrínseca


Às vezes, os objetos que tanto estimamos revelam mais sobre nós mesmos do que as pessoas que amamos. - O Labirinto do Fauno, Cornélia Funke. Editora Intrínseca


Quem se preocupa com a cura num mundo que só pensa em matar? - O Labirinto do Fauno, Cornélia Funke. Editora Intrínseca


O amor mata de várias maneiras. - O Labirinto do Fauno, Cornélia Funke. Editora Intrínseca


Livro: O Labirinto do Fauno
Editora Intrínseca
Autores: Guillermo del Toro, Cornelia Funke 
Gênero: Literatura fantástica
320 páginas

*Mary Ellen Farias dos Santos é criadora e editora do portal cultural Resenhando.com. É formada em Comunicação Social - Jornalismo, pós-graduada em Literatura e licenciada em Letras pela UniSantos - Universidade Católica de Santos. Twitter: @maryellenfsm



← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.