terça-feira, 22 de setembro de 2020

.: 1x1: Piloto de "Ratched" é eletrizante e dono de uma fotografia espetacular

Por Mary Ellen Farias dos Santos


CONTÉM SPOILERS!

"Ratched", série dirigida por Ryan Murphy (Glee, American Horror Story), lançada em 8 episódios, na Netflix em 18 de setembro de 2020, chega impressionando no capítulo inicial intitulado "Pilot", seja pela belíssima fotografia ou o figurino impecável de Sarah Paulson que interpreta a enfermeira protagonista Mildred Ratched.

Escrito por 
Evan Romansky, o primeiro episódio dá a cadência da trama com Edmund Tolleson (Finn Wittrock, o inesquecível Dandy de AHS Freak show), barbarizando com quatro padres. Por quê? Ele diz ser filho de um dos religiosos com uma freira que se tornou prostituta. Após vingar-se, o assassino, que é mentalmente instável, segue para o Lucia State Hospital.

Sem escrúpulos, a vilã e dona da história é uma forasteira, hospedada num hotel perto do hospital psiquiátrico. Com carinha de anjo e atitude de demônio, Ratched, não está empregada, apenas obstinada a conseguir uma vaga justamente no Lucia State Hospital

Assim, ela faz de tudo -literalmente- para conseguir integrar a equipe, inclusive incentivar um suicídio ou até -com poderes psíquicos flagrar a transa de dois funcionários do manicômio. Pois é... série adulta de Ryan Murphy sempre tem uma bunda para ser filmada, né?

Ainda nesse episódio piloto, nota-se bem o cuidado com o uso das cores, sempre dando espaço para o verde, seja no carro de Ratched ou até tomando toda a tela, quando a protagonista adentra algum espaço do hospital ou caminha pelo corredor. Embora, ela seja um demônio envolta em um universo esverdeado, segundo a cromoterapia, o verde é a cor que ajuda a promover o equilíbrio interno e a diminuir o estresse. Oferece ação refrescante e calmante, ajudando a promover o bem-estar físico e mental, pois relaxa e estimula a imunidade.

A produção derivada do filme clássico "Um Estranho no Ninho", tal qual um prelúdio, é ambientada 15 anos antes dos acontecimentos do filme estrelado por Jack Nicholson. No entanto, o foco está na trajetória da enfermeira Mildred Ratched e seu processo de transformação na vilã aterrorizante do manicômio.

Ah! Aos fãs de "American Horror Story" já aviso que há toques de "AHS Asylum" e bastante de "AHS Freak show", mas cada trama tem sua distinção. Agora é torcer para que a qualidade seja mantida no episódio sequência, 
"Ice Pick/ Picador de gelo" e não vá decepcionando a cada episódio como aconteceu com a série "Hollywood"! Mas... temos Sarah Paulson... e isso já coloca a série em outro patamar!

Imagem de divulgação

Episódio: "Pilot"
Exibição: 18 de setembro de 2020
Elenco: 
Sarah Paulson (Mildred Ratched), Finn Wittrock (Edmund Tolleson), Cynthia Nixon (Gwendolyn Briggs), Jon Jon Briones (Dr. Richard Hanover// Dr. Manuel Bañaga), Charlie Carver (Huck Finnigan), Judy Davis (Enfermeira Betsy Bucket), Sharon Stone (Lenore Osgood)

1x2: "Ratched" apresenta o uso do picador de gelo e faz cair o queixo

*Mary Ellen Farias dos Santos é criadora e editora do portal cultural Resenhando.com. É formada em Comunicação Social - Jornalismo, pós-graduada em Literatura e licenciada em Letras pela UniSantos - Universidade Católica de Santos e pedagoga pela Universidade Cruzeiro do Sul. Twitter: @maryellenfsm

Trailer



← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

#ResenhandoIndica

20 20 20
Tecnologia do Blogger.