Mostrando postagens classificadas por relevância para a consulta "Beatles Num Céu de Diamantes". Ordenar por data Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens classificadas por relevância para a consulta "Beatles Num Céu de Diamantes". Ordenar por data Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 5 de abril de 2019

.: Espetáculo de improviso “Não Tem Xícara” reestreia no Teatro Folha

Crédito: Sassá Tamashiro


O espetáculo de improviso “Não Tem Xícara”, com direção de Ian Soffredini, reestreia no Teatro Folha dia 05 de abril e fará temporada durante todo o mês em sessões às 21h30. Com humor inteligente e ágil, o grupo de improvisadores promete fazer de cada sessão uma experiência única, através de espetáculos completamente diferentes, guiados a partir dos estímulos dados pela plateia. Todas as sessões contam com a presença de um improvisador convidado.

A ideia a ser desenvolvida em cada sessão parte de uma palavra qualquer dita por alguém da plateia. Esta palavra vai inspirar a criação de um monólogo que poderá ser realizado por um dos atores do elenco ou por um artista convidado. O ator usará todas suas referências pessoais relacionadas à palavra para desenvolver o monólogo. “Enquanto isso todos os outros atores observam e começam a se preparar para dar continuidade ao espetáculo”, explica o diretor Ian Soffredini, que também atua no espetáculo.

Os atores Cíntia Portella, Gui Neves, Maíra De Grandi, Rodrigo Arijon, Wesley Amorim e Ian Soffredini desenvolvem a técnica de improviso chamada de ‘long-form’, que resulta num espetáculo desenvolvido em torno de um mesmo tema. “A gente não ensaia. Não existe um roteiro a ser seguido e ensaiado. Fazemos encontros para exercitar a técnica”, explica a atriz Maíra De Grandi.
Os encontros na fase de preparação desenvolvem a criatividade dos atores, bem como o estado de prontidão para reagir em cena nas situações mais inusitadas. Para um grupo conseguir improvisar e desenvolver a ideia na frente da plateia é preciso uma afinada sintonia criativa. “No elenco há uma diversidade de referências artísticas e tipos de humor. Por isso os encontros possibilitam trocas de experiências que se mostram no resultado final”, explica Ian.

Webserie – “Não Tem Xícara” estreou em 2017 e as sessões da primeira temporada foram adaptadas para a internet, em formato de webserie. O resultado do trabalho pode ser visto no canal do Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCIY2AyrYKsdpgGvEo7fiIGg

FICHA TÉCNICA

Direção geral - Ian Soffredini
Elenco – Cíntia Portella, Gui Neves, Ian Soffredini, Maíra De Grandi, Rodrigo Arijon e Wesley Amorim
Cenografia – Jhonny Braz e Ana Caramelo
Figurinos – Maíra De Grandi
Fotos para divulgação - Sassá Tamashiro
Produção/Cia. Não Tem Xícara –Maíra De Grandi e Ian Soffredini

SERVIÇO:  NÃO TEM XÍCARA
Estreia: 05 de abril
Temporada: 26 de abril
Apresentações: sexta-feira, 21h30
Ingresso:  R$50,00 (setor 1) e R$40,00 (setor 2)*

*Valores referentes aos ingressos inteiros na plateia e mezanino. Meia-entrada disponível em todas as sessões de acordo com a legislação.

Duração: 60 minutos
Classificação etária: 12 anos 

TEATRO FOLHA 
Shopping Pátio Higienópolis - Av. Higienópolis, 618 / Terraço / tel.: (11) 3823-2323 - Televendas: (11) / 3823 2423 / 3823 2737 / 3823 2323. 
Vendas on line: teatrofolha.com.br

Vendas por telefone e no site do teatro / Capacidade: 305 lugares / Não aceita cheques / Aceita os cartões de crédito: todos da Mastercard, Redecard, Visa, Visa Electron e Amex / Estudantes e pessoas com 60 anos ou mais têm os descontos legais / Clube Folha 50% desconto. Horário de funcionamento da bilheteria: terça a quinta-feira, das 15h às 21h;sexta-feira, das 15h às 21h30; sábado, das 12h às 22h30; domingo, das 12h às 20h / Acesso para cadeirantes / Ar-condicionado / Estacionamento do Shopping: R$ 14,00 (primeiras duas horas) / Venda de espetáculos para grupos e escolas: (11) 3661-5896, (11) 97628-4993 / Patrocínio do Teatro Folha: Folha de S.Paulo, Consigaz, Owens-llinois, EMS, Bain & Company, Grupo Pro Security, Previsul, Brasforma, NR Acampamentos, Nova Chevrolet.

SOBRE A CONTEÚDO TEATRAL: O grupo empresarial paulista Conteúdo Teatral atua há mais de quinze anos em duas vertentes: gestão de salas de espaços e produção de espetáculos. Como gestora é responsável pela operação do Teatro Folha, no Shopping Pátio Higienópolis, com direção artística e comercial de Isser Korik, programando espetáculos para temporada em regime de coprodução. No período de atuação a empresa soma mais de 2 milhões de espectadores.

Como produtora de espetáculos, viabilizou dezenas de peças, como “Gata Borralheira”, “O Grande Inimigo”, “Os Saltimbancos”, “A Pequena Sereia”, “Grandes Pequeninos”,  “Branca de Neve e os Sete Anões”, “A Cigarra e a Formiga”, “Cinderela” e “Chapeuzinho Vermelho” para as crianças. Para os adultos foram realizadas, entre outras montagens, “A Minha Primeira Vez”, “Os Sete Gatinhos”, “O Estrangeiro”, “Senhoras e Senhores”, “O Dia que Raptaram o Papa”, “E o Vento Não Levou”, “Equus” a trilogia “Enquanto Isso...”, além de projetos de humor – como “Nunca Se Sábado...” e “IMPROVISORAMA” – Festival Nacional de Improvisação Teatral. Em parceria com Moeller e Botelho produziu os Musicais “Um Violinista no Telhado”, “Todos os Musicais de Chico Buarque em 90 Minutos”, “Nine – Um Musical Felliniano” e “Beatles num Céu de Diamantes”.

quinta-feira, 4 de agosto de 2022

.: Crítica: "Assassinato para Dois" é musical hilário surpreendente

Foto do Instagram: instagram.com/assassinatoparadoismusical

Era para ser uma festa surpresa, mas a morte misteriosa do aniversariante gera uma busca pelo assassino, algo no estilo Agatha Christie. Sem o detetive Hercule Poirot, a comédia musical de suspense “Assassinato para Dois” surpreende com o show de atuação de Marcel Octavio ("Annie, o Musical" e "Beatles Num Céu de Diamantes") e Thiago Perticarrari ("Natasha, Pierre e o Grande Cometa de 1812" e "Escola do Rock") no palco do Teatro Raul Cortez, em São Paulo.

O espetáculo de texto ágil, envolvente, com referências da cultura pop e brasileiras, é ritmado de modo sombrio ou cômico, seguindo as notas dadas no piano, tanto por Marcel Octavio quanto por Thiago Perticarrari. Em meio a cada revelação musicada surgem canções que ajudam a chegar no criminoso, tendo ainda a interação de muitos e distintos personagens que Marcel Octavio encena surpreendentemente no palco. Sem troca de figurino ou uso de perucas, é o ator e cantor quem esbanja talento tornando cada personalidade marcante. Como não amar a sobrinha Sthe?


Enquanto o detetive está a caminho da cena do crime, o ainda policial que aspira ser detetive, Marcus, interpretado com muita comicidade por Thiago Perticarrari, chega com o parceiro de trabalho -invisível, mas muito presente na trama- e começa -por conta própria- a investigar o caso policial. Na apuração de como tudo aconteceu, ele lida com a viúva, uma mulher fatal, um médico, um casal de vizinhos, a sobrinha do morto e até crianças serelepes. 

Com tamanha variedade de personalidades, as gargalhadas surgem com muito mais frequência. Até o sumiço de um sorvete entra na acareação dos fatos. Embora o ponta-pé na trama seja um crime, a leveza da montagem se faz pelo texto engraçado e a atuação impecável da dupla que transparece por meio da sintonia perfeita de Octavio e Perticarrari no palco. Outro ponto alto do espetáculo é o cenário com muitos detalhes que contribui com a temática de suspense deixando para a atuação da dupla a dose certa de bom humor.

“Assassinato para Dois”, de Kellen Blair e Joe Kinosian, em montagem brasileira da Morente Forte Produções tem direção de Zé Henrique de Paula ("1984" e "Dogville") e direção musical de Fernanda Maia ("Cabaret dos Bichos"), faz terceira temporada no Teatro Raul Cortez, em São Paulo, aos sábados, às 18h e domingos, às 19h. Descubra que um monte de bananas ou pinã colada podem ser importantes para a solução de um assassinato. Imperdível!

Foto do Instagram: instagram.com/assassinatoparadoismusical

Serviço:
Espetáculo: "Assassinato para Dois"
Teatro Raul Cortez (513 lugares) - 
Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - São Paulo
Outras informações: (11) 3254-1631
Bilheteria: terça a quinta das 14h às 20h; sexta, sabado e domingo das 14h até o início do espetáculo.
Aceita todos os cartões de débito e crédito. Não aceita cheque.
Ar-condicionado e acesso para cadeirantes.
Temporada até dia 28 de agosto.Sábados, às 18h. Domingos, às 19h.
Ingressos: R$ 80. Estacionamento no local: R$ 30.
Vendas: https://bileto.sympla.com.br/event/74541/d/145518/s/950420

Ficha Técnica:
Espetáculo: 
"Assassinato para Dois"
Dramaturgia: Kellen Blair e Joe Kinosian
Direção: Zé Henrique de Paula
Direção musical: Fernanda Maia
Versão brasileira: Anna Toledo
Música original: Joe Kinosian
Letras: Kellen Blair
Elenco: Marcel Octavio e Thiago Perticarrari 
Cenário e figurino: Zé Henrique de Paula
Desenho de luz: Fran Barros
Desenho de som: Marcelo Claret
Preparação de atores: Inês Aranha
Assistente de direção: Rodrigo Caetano
Assistente de cenografia: Cesar Costa
Cenotécnico: Pelé
Pintura de arte: Fabin Cenografia
Acervo de objetos de cena: Teatro Núcleo Experimental
Operador de som: Cecília Lüzs
Microfonista: Laura Videira
Operador de luz: Rafael Boese
Contrarregra: Roquildes Junior
Camareira Rhaysa: Silva Chaves
Coordenação de comunicação: Beth Gallo
Assessoria de imprensa: Thaís Peres - Morente Forte Comunicações
Programação visual: Laerte Késsimos
Fotografia: Caio Gallucci
Filmagens e edições para webJady Forte
Coordenação administrativa: Dani Angelotti
Assistência administrativa: Alcení Braz
Administrador da temporada: Leonardo Leal
Produção executiva: Martha Lozano
Produtores Associados: Selma Morente, Célia Forte, Eloisa Canton, Bruno Pedemonti e Juan Iacoponi

Leia +:
.: Você pode ler "Murder for Two", o original de "Assassinato para Dois", neste link.


domingo, 3 de fevereiro de 2019

.: A Cia. Imago faz 20 anos e traz “Pedro e o Lobo” no Teatro Folha

Referência em manipulação de bonecos e teatro com luz ultravioleta, a Cia Imago completa 20 anos em 2019




Crédito: Fernando Anhê

O espetáculo para crianças “Pedro e o Lobo” permanece em cartaz no Teatro Folha até o feriado de carnaval, com apresentações aos sábados e domingos às 16h. Adaptação premiada da Cia. Imago para a fábula musical russa, o espetáculo usa manipulação de bonecos e técnica de teatro negro com luz ultravioleta.

Com direção de Fernando Anhê, a montagem estreou no Teatro Folha há quatorze anos, e já retornou em diversas temporadas, num sucesso absoluto de público, encantando as diversas gerações de crianças. Um dos atrativos da montagem é introduzir à criançada os sons de uma orquestra e os principais instrumentos musicais. Com base em um antigo conto russo – sobre o menino valente que tenta capturar um lobo para salvar os bichos da floresta, o compositor Sergei Prokofiev designou uma personalidade sonora para cada personagem ao criar a obra, em 1936. 

O passarinho é representado pelo flautim; o gato, pelo clarinete; a pata, pelo oboé; o lobo, pelas trompas; os caçadores, pela percussão (marimba); o avô pelo fagote; e Pedro, pelas cordas. A base orquestral é pré-gravada; e o maestro Jamil Maluf narra em off a entrada de cada instrumento revelando aquilo que os liga aos personagens.

A montagem conquistou os prêmios APCA na categoria melhor espetáculo de formas animadas, e Coca-Cola Femsa de melhor iluminação, em 2004.

Sobre a companhia: Criada por Fernando Anhê (cena) e Jamil Maluf (música), a Imago (www.ciaimago.com.br) completa 20 anos de atividades em 2019. O grupo escolheu como principal forma de expressão o teatro negro, que ganhou fama em Praga, na República Tcheca. Um cenário no escuro e uma iluminação estratégica de jogo de luz e sombras; luz negra e figurinos fluorescentes completam a cena. O resultado vale a pena ver.

Entre as suas 20 produções, destaque para as óperas “O Menino” e os “Sortilégios” (Ravel), “A Flauta Mágica” (Mozart), e “João e Maria” (Humperdink). Alguns de seus espetáculos - “Pedro e o Lobo”; o concerto cênico “O Pássaro de Fogo” (Igor Stravinsky); “O Quebra-Nozes”; “A Mão”; e “Espias” - receberam o prêmio APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte), Femsa, Panamco Coca-Cola e Apetesp.

Sobre a direção: Fernando Anhê criou e dirige desde 1999 a Imago, referência na linguagem de teatro de formas animadas do país. Entre suas criações estão: A Mão (Prêmio APCA 2001, categoria melhor espetáculo); Espias (prêmio Apetesp de melhor trilha sonora, em 1998); e Imago. Adaptou e dirigiu Pedro e o Lobo, O Quebra-Nozes e O Pássaro de Fogo, premiados em conjunto pelo APCA-2004. Assinou cenários, figurinos e técnica de teatro negro para óperas.

FICHA TÉCNICA
Dramaturgia: Sergei Prokofiev
Direção e adaptação: Fernando Anhê
Direção musical e narração pré-gravada: Jamil Maluf
Elenco: Fernando Anhê, Jah Horácio, Priscila Monsano e Rosana Aparecida Antão
Cenário, iluminação e figurinos: Fernando Anhê
Realização: Cia. Imago
Duração: 50 minutos
Classificação etária: a partir de 3 anos

SERVIÇO – ”Pedro e o Lobo”
Local: Teatro Folha
Temporada: 09 de fevereiro a 05 de março de 2019.
Apresentações: sábados e domingos, às 16h. Sessões extras no feriado de carnaval, dias 04 e 05/03.
Ingresso: R$ 50,00 (setor único)
Duração: 55 minutos
Classificação indicativa: a partir de 3 anos
*Valor referente ao ingresso inteiro. Meia-entrada disponível em todas as sessões e setores de acordo com a legislação.

TEATRO FOLHA
Shopping Pátio Higienópolis - Av. Higienópolis, 618 / Terraço / tel.: (11) 3823-2323 - Televendas: (11) / 3823 2423 / 3823 2737 / 3823 2323 Site: www.teatrofolha.com.br

Vendas por telefone e no site do teatro / Capacidade: 305 lugares / Não aceita cheques / Aceita os cartões de crédito: todos da Mastercard, Redecard, Visa, Visa Electron e Amex / Estudantes e pessoas com 60 anos ou mais têm os descontos legais / Clube Folha 50% desconto / 50% de desconto para funcionários e clientes do Cartão Renner. Horário de funcionamento da bilheteria: segunda e terça-feira, das 14 h às 16 h; quarta e quinta-feira,  das 14h às 21h; sexta-feira, das 14h às 21h30; sábado, das 12h às 23h59; domingo, das 12h às 20h / Acesso para cadeirantes / Ar-condicionado / Estacionamento do Shopping: R$ 14,00 (primeiras duas horas) / Venda de espetáculos para grupos e escolas: (11) (11) 3661-5896, (11) 97628-4993 / Patrocínio do Teatro Folha: Folha de S.Paulo, Consigaz, Owens-llinois, EMS, Bain & Company, Grupo Pro Security, Previsul, Brasforma, NR Acampamentos, Nova Chevrolet.

SOBRE A CONTEÚDO TEATRAL: O grupo empresarial paulista Conteúdo Teatral atua há mais de quinze anos em duas vertentes: gestão de salas de espaços e produção de espetáculos. Como gestora é responsável pela operação do Teatro Folha, no Shopping Pátio Higienópolis, com direção artística e comercial de Isser Korik, programando espetáculos para temporada em regime de coprodução. No período de atuação a empresa soma mais de 2 milhões de espectadores.

Como produtora de espetáculos, viabilizou dezenas de peças, como “Gata Borralheira”, “O Grande Inimigo”, “Os Saltimbancos”, “A Pequena Sereia”, “Grandes Pequeninos”,  “Branca de Neve e os Sete Anões”, “A Cigarra e a Formiga”, “Cinderela” e “Chapeuzinho Vermelho” para as crianças. Para os adultos foram realizadas, entre outras montagens, “A Minha Primeira Vez”, “Os Sete Gatinhos”, “O Estrangeiro”, “Senhoras e Senhores”, “O Dia que Raptaram o Papa”, “E o Vento Não Levou”, “Equus” a trilogia “Enquanto Isso...”, além de projetos de humor – como “Nunca Se Sábado...” e “IMPROVISORAMA” – Festival Nacional de Improvisação Teatral. Em parceria com Moeller e Botelho produziu os Musicais “Um Violinista no Telhado”, “Todos os Musicais de Chico Buarque em 90 Minutos”, “Nine – Um Musical Felliniano” e “Beatles num Céu de Diamantes”.


Leia também!

.: "Pedro e o Lobo" traz a beleza das animações Disney ao teatro

quarta-feira, 11 de abril de 2018

.: Comédia “Que Tal Nós Dois?” para deficientes visuais e auditivos

Peça mostra relacionamento de dois amantes que se encontram uma vez por ano na Convenção da empresa onde trabalham


A comédia “Que Tal Nós Dois?”, com os atores Carolina Ferraz e Otavio Martins, terá uma sessão acessível para deficientes visuais e auditivos, com tradução para Libras e recursos de audiodescrição no dia 13 de abril no Teatro Folha. Excepcionalmente neste  dia a sessão será antecipada para às 19h30.

A peça com direção de Isser Korik conta uma história de amor, mas é também um recorte na vida de duas personagens que provocam uma reflexão sobre seus sentimentos a partir de um inesperado encontro.

O texto foi escrito numa parceria entre os autores Juliana Araripe e Otávio Martins. Um homem e uma mulher, ambos casados e com família,  funcionários de uma grande empresa, se conhecem numa convenção. Embalados pelo clima de confraternização, e depois de beberem alguns drinks, acabam passando a noite juntos. No dia seguinte acordam juntos em quarto de hotel e, sem nenhuma intimidade, decidem não mais repetir o encontro amoroso. Mas como ninguém manda no coração, no ano seguinte, novamente na convenção da empresa, eles se reencontram e passam a noite juntos, estabelecendo um relacionamento.

A peça se desenvolve ano após ano, sempre mostrando os reencontros nas convenções da empresa e as mudanças na vida de cada um, o que reflete no relacionamento deles.

FICHA TÉCNICA
Dramaturgia - Otavio Martins e Juliana Araripe
Elenco - Carolina Ferraz e Otavio Martins
Participação especial em áudio - André Gonçalves, Danielle Winits e Regina Duarte
Cenografia  - Paula de Paoli
Cenotécnico - Wagner José de Almeida
Figurinos  - Carolina Ferraz
Trilha sonora composta - Ricardo Severo
Assessoria de imprensa - Claudio Marinho
Criação gráfica - Winnie Affonso
Fotografia  de cartaz - Gustavo Arraes
Fotografia de cena - Edson Kumasaka
Equipe técnica - Jardim Cabine
Coordenação de produção - Isabel Gomez
Assistente de produção - Pedro Pó
Administração - Isabel Gomez  e Pedro Pó
Iluminação e direção  - Isser Korik                  
Realização - Conteúdo Teatral e  RDP Cultural

SERVIÇO: QUE TAL NÓS DOIS?
Sessão especial com tradução em Libras e audiodescrição
Dia: 13 de abril de 2018
Horário: 19h30
Ingresso: R$40,00 (setor 2) e R$60,00 (setor 1)

*Valores referentes aos ingressos inteiros na plateia e mezanino. Meia-entrada disponível em todas as sessões de acordo com a legislação.
Duração: 80 minutos
Classificação etária: 12 anos

TEATRO FOLHA
Shopping Pátio Higienópolis - Av. Higienópolis, 618 / Terraço / tel.: (11) 3823-2323 - Televendas: (11) / 3823 2423 / 3823 2737 / 3823 2323 Site: www.teatrofolha.com.br

Vendas por telefone e internet/ Capacidade: 305 lugares / Não aceita cheques / Aceita os cartões de crédito: todos da Mastercard, Redecard, Visa, Visa Electron e Amex / Estudantes e pessoas com 60 anos ou mais têm os descontos legais / Clube Folha 50% desconto / 50% de desconto para funcionários e clientes do Cartão Renner. Horário de funcionamento da bilheteria: quarta e quinta, das 15h às 21h; sexta, das 15h às 21h30; sábado, das 12h às 22h; e domingo, das 12h às 20h / Acesso para cadeirantes / Ar-condicionado / Estacionamento do Shopping: R$ 14,00 (primeiras duas horas) / Venda de espetáculos para grupos e escolas: (11) 3104-4885, (11) 3101-8589, (11) 97628-4993 / Patrocínio do Teatro Folha: Folha de S.Paulo, CSN, Privalia, Owens-Illinois, LUPO, Grupo Pro Security, Andritz, Consigaz, EMS e Bain & Company.
SOBRE A CONTEÚDO TEATRAL
O grupo empresarial paulista Conteúdo Teatral atua há mais de quinze anos em duas vertentes: gestão de salas de espaços e produção de espetáculos. Como gestora é responsável pela operação do Teatro Folha, no Shopping Pátio Higienópolis, com direção artística de Isser Korik e direção comercial de Léo Steinbruch, programando espetáculos para temporada em regime de coprodução. No período de atuação a empresa soma mais de 2 milhões de espectadores.
Como produtora de espetáculos, viabilizou dezenas de peças, como “Gata Borralheira”, “O Grande Inimigo”, “Os Saltimbancos”, “A Pequena Sereia”, “Grandes Pequeninos”,  “Branca de Neve e os Sete Anões”, “A Cigarra e a Formiga”, “Cinderela” e “Chapeuzinho Vermelho” para as crianças. Para os adultos foram realizadas, entre outras montagens, “A Minha Primeira Vez”, “Os Sete Gatinhos”, “O Estrangeiro”, “Senhoras e Senhores”, “O Dia que Raptaram o Papa”, “E o Vento Não Levou”, “Equus” a trilogia “Enquanto Isso...”, além de projetos de humor – como “Nunca Se Sábado...” e “IMPROVISORAMA” – Festival Nacional de Improvisação Teatral. Em parceria com Moeller e Botelho produziu os Musicais “Um Violinista no Telhado”, “Todos os Musicais de Chico Buarque em 90 Minutos”, “Nine – Um Musical Felliniano” e “Beatles num Céu de Diamantes”.

terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

.: “Feio – O musical do Patinho” estreia no Teatro Folha. Não perca!

Um dos contos mais consagrados de Hans Christian Andersen é adaptado em formato de comédia musical

Crédito: Ivan Stieltjes


O Grupo Artemis de Teatro estreia no Teatro Folha a peça “Feio – O Musical do Patinho” baseada no conto O Patinho Feio, de Hans Christian Andersen. A adaptação em formato de comédia musical será apresentada de 02 de março a 28 de abril, aos sábados, domingos e feriados às 17h30.

A peça conta a história de Feio, o patinho que é visto como ridículo e estranho por ser diferente dos demais. Desde o momento em que o Feio sai do ovo, seu pai e seus irmãos não o aceitam como parte da família. O Patinho Feio precisará enfrentar os perigos do mundo, o que o leva a e entrar em contato com seus sentimentos mais profundos e encontrar sua beleza interior, sempre de forma leve e divertida.

Ganhador de cinco prêmios no Festival Nacional de Guaçuí–ES, o espetáculo está recheado de músicas e personagens engraçados. O diretor Rafael de Castro conta que a peça é atual porque a história do Patinho Feio é perfeita para tratar de bullying: “Discutir questões atuais de forma lúdica com o objetivo de gerar reflexão é o que move a montagem. Por meio das relações do Patinho com seus irmãos e pai ou mesmo com a Gata e seu mundo de fantasias, a criança pode refletir sobre atitudes em seu ciclo de amizades que podem machucar outras pessoas”.

Rafael explica ainda que a montagem, através do universo fantástico das personagens, fala com os adultos, alertando sobre o perigo de não se compreender os sinais de quem precisa de apoio. “A peça para os adultos é um bom lembrete para os que se preocupam com o desenvolvimento daqueles que estão sob sua proteção. Além do bullying, o valor da família e a vivência em comunidade são exaltados”, diz.

“Feio – O Musical do Patinho” diz que a “beleza é relativa” e também valoriza a autoestima. Vivemos em um mundo em que a grande maioria das pessoas busca se enquadrar num padrão de beleza, o que pode ser nocivo. Por isso a montagem mostra que a beleza está nas ações, nos pequenos detalhes e não apenas na estética física. “Quando acompanhamos a trajetória do patinho, vemos que mesmo com todas as dificuldades ele não deixa de acreditar, segue de cabeça erguida e encontra seu lugar que esteve sempre ali”.

Sobre o Grupo Artemis de Teatro: O Grupo Artemis de Teatro iniciou suas atividades no ano 2000, apresentando “Hércules – A força de um mito”. Em 2001 apresentou “As Troianas – O Espírito de Tróia”. Por meio do projeto Leia Brasil, o grupo apresentou seu primeiro espetáculo para crianças: “A Ópera dos Bichos”.

Em 2002 o grupo produziu “Clarão nas Estrelas”, de Vladimir Capella. Depois, em 2004, apresentou “O Médico e o Monstro”, baseado no clássico de Robert Louis Stevenson.

O currículo do grupo também inclui as montagens “Aida – O Musical”, “A Rainha da Neve – O Musical” e “A Flauta Mágica”.

FICHA TÉCNICA
Elenco: André Lau (Feio), Nina Rodrigues (Gata), Jason Martins (Zé),  Stefani Dourado (Cida) e Márcia Oliveira (Maria)
Manipulador/Graça/Coro: Thaís Morais
Manipulador/ Gansonel/Coro: Valmir D’Fiama
Manipulador/Dora/Coro: Daniela Maciel
Manipulador/Clara: Thaís Pereira
Preparação Vocal: Vitor Pretti
Coreografias: Arthur Rozas
Design de Luz: Robson Bessa
Sonoplastia: Felipe Rodrigues
Cenografia e Indumentária: Grupo Artemis de Teatro
Direção Geral: Rafael de Castro

SERVIÇO – ”FEIO – O MUSICAL DO PATINHO” 
Local: Teatro Folha
Estreia: 02 de março
Temporada: até 28 de abril
Apresentações: sábados e domingos, às 17h30. Sessões extras nos feriados e emendas de feriados: 04 e 05/03; 19/04.
Ingresso: R$ 40,00 (setor único) *
Duração: 60 minutos
Classificação indicativa: a partir de 4 anos
*Valor referente ao ingresso inteiro. Meia-entrada disponível em todas as sessões e setores de acordo com a legislação.

TEATRO FOLHA 
Shopping Pátio Higienópolis - Av. Higienópolis, 618 / Terraço 
tel.: (11) 3823-2323 - Televendas: (11) / 3823 2423 / 3823 2737 / 3823 2323
Site: teatrofolha.com.br

Vendas por telefone e no site do teatro / Capacidade: 305 lugares / Não aceita cheques / Aceita os cartões de crédito: todos da Mastercard, Redecard, Visa, Visa Electron e Amex / Estudantes e pessoas com 60 anos ou mais têm os descontos legais / Clube Folha 50% desconto / 50% de desconto para funcionários e clientes do Cartão Renner. Horário de funcionamento da bilheteria: segunda e terça-feira, das 14 h às 16 h; quarta e quinta-feira,  das 14h às 21h; sexta-feira, das 14h às 21h30; sábado, das 12h às 23h59; domingo, das 12h às 20h / Acesso para cadeirantes / Ar-condicionado / Estacionamento do Shopping: R$ 14,00 (primeiras duas horas) / Venda de espetáculos para grupos e escolas: (11) (11) 3661-5896, (11) 97628-4993 / Patrocínio do Teatro Folha: Folha de S.Paulo, Consigaz, Owens-llinois, EMS, Bain & Company, Grupo Pro Security, Previsul, Brasforma, NR Acampamentos, Nova Chevrolet.

SOBRE A CONTEÚDO TEATRAL: O grupo empresarial paulista Conteúdo Teatral atua há mais de quinze anos em duas vertentes: gestão de salas de espaços e produção de espetáculos. Como gestora é responsável pela operação do Teatro Folha, no Shopping Pátio Higienópolis, com direção artística e comercial de Isser Korik, programando espetáculos para temporada em regime de coprodução. No período de atuação a empresa soma mais de 2 milhões de espectadores.

Como produtora de espetáculos, viabilizou dezenas de peças, como “Gata Borralheira”, “O Grande Inimigo”, “Os Saltimbancos”, “A Pequena Sereia”, “Grandes Pequeninos”,  “Branca de Neve e os Sete Anões”, “A Cigarra e a Formiga”, “Cinderela” e “Chapeuzinho Vermelho” para as crianças. Para os adultos foram realizadas, entre outras montagens, “A Minha Primeira Vez”, “Os Sete Gatinhos”, “O Estrangeiro”, “Senhoras e Senhores”, “O Dia que Raptaram o Papa”, “E o Vento Não Levou”, “Equus” a trilogia “Enquanto Isso...”, além de projetos de humor – como “Nunca Se Sábado...” e “IMPROVISORAMA” – Festival Nacional de Improvisação Teatral. Em parceria com Moeller e Botelho produziu os Musicais “Um Violinista no Telhado”, “Todos os Musicais de Chico Buarque em 90 Minutos”, “Nine – Um Musical Felliniano” e “Beatles num Céu de Diamantes”.

sexta-feira, 20 de julho de 2018

.: “Piratas do Caramba” continua em cartaz no Teatro Folha, em São Paulo

Espetáculo tem vários momentos de interação com a plateia

Crédito: Rodrigo Minassian


O espetáculo para crianças “Piratas do Caramba”, que teve sua reestreia em julho dentro da 29ª edição do Festival de Férias do Teatro Folha, continua em cartaz até 30 de setembro, aos sábados e domingos, 17h40. A peça mostra as aventuras de uma atrapalhada tripulação de piratas em busca do sonhado tesouro.

Os piratas Capitão Pantufa, Espadinha e Barnabé passam os dias recolhendo o lixo que encontram pelos oceanos e lembrando das antigas batalhas. Numa manhã encontram uma misteriosa garrafa que poderá transformar suas vidas. Surge um dilema: continuar suas vidas pacatas ou se arriscar no mar em busca do tesouro. Eles decidem por novas aventuras.

O público é estimulado a interagir em diversos momentos. O ator, autor e diretor Rafael Pequeno conta que em algumas situações as crianças fazem movimentos como se estivessem provocando ventos, que vão movimentar o navio dos piratas. “Além da interação com a plateia, o humor é também muito marcante nesta montagem”, diz.

SOBRE A TRUPE BANANA'S 
A Cia. de Entretenimento Trupe Banana’s foi criada em 2007 e tem como sede a cidade de Atibaia, interior de São Paulo. Começou com trabalho direcionado ao público em hotéis e resorts de várias regiões do Brasil. Atualmente o grupo se apresenta também em teatros e escolas.

O grupo cria as peças buscando sempre humor e interação com a plateia. O resultado da produção são os espetáculos “Gargalhadas” (2007), “Rir é o Melhor Remédio” (2008), “Não Tem Tu, Vai Tu Mesmo” (2008), “Zooando na Floresta" (2010), “Por Dentro do Jogo” (2011), “Los Truqueiros” (2012) e “Piratas do Caramba” (2014).

FICHA TÉCNICA

Elenco: Rafael Pequeno, Vanessa Bonandi e Renato Pitanga
Texto e direção: Rafael Pequeno
Contrarregra: João Paulo
Operador de som: João C. Figueiredo
Trilha sonora original: Marcelo Souza e Danilo Adriano

Duração: 60 minutos
Classificação indicativa: 3 anos

SERVIÇO – ”Piratas do Caramba”
Local: Teatro Folha
Estreia: 04 de agosto
Temporada: até 30 de setembro. Sessão extra 07 de setembro. 
Apresentações: sábados, domingos e feriado, às 17h40
Ingresso: R$ 40,00 (setor único) * 

*Valor referente ao ingresso inteiro. Meia-entrada disponível em todas as sessões e setores de acordo com a legislação.

TEATRO FOLHA: Shopping Pátio Higienópolis - Av. Higienópolis, 618 / Terraço / tel.: (11) 3823-2323 - Televendas: (11) / 3823 2423 / 3823 2737 / 3823 2323 Site: www.teatrofolha.com.br

Vendas por telefone e internet/ Capacidade: 305 lugares / Não aceita cheques / Aceita os cartões de crédito: todos da Mastercard, Redecard, Visa, Visa Electron e Amex / Estudantes e pessoas com 60 anos ou mais têm os descontos legais / Clube Folha 50% desconto / 50% de desconto para funcionários e clientes do Cartão Renner. Horário de funcionamento da bilheteria: quarta e quinta, das 15h às 21h; sexta, das 15h às 21h30; sábado, das 12h às 22h; e domingo, das 12h às 20h / Acesso para cadeirantes / Ar-condicionado / Estacionamento do Shopping: R$ 14,00 (primeiras duas horas) / Venda de espetáculos para grupos e escolas: (11) (11) 3661-5896 / 97628-4993 / Patrocínio do Teatro Folha: Folha de S.Paulo, CSN,  Owens-Illinois,  EMS, Bain & Company, Grupo Pro Security, Previsul, Brasforma, NR Acampamentos, Nova Chevrolet e Andritz.

SOBRE A CONTEÚDO TEATRAL: O grupo empresarial paulista Conteúdo Teatral atua há mais de quinze anos em duas vertentes: gestão de salas de espaços e produção de espetáculos. Como gestora é responsável pela operação do Teatro Folha, no Shopping Pátio Higienópolis, com direção artística de Isser Korik e direção comercial de Léo Steinbruch, programando espetáculos para temporada em regime de coprodução. No período de atuação a empresa soma mais de 2 milhões de espectadores.

Como produtora de espetáculos, viabilizou dezenas de peças, como “Gata Borralheira”, “O Grande Inimigo”, “Os Saltimbancos”, “A Pequena Sereia”, “Grandes Pequeninos”,  “Branca de Neve e os Sete Anões”, “A Cigarra e a Formiga”, “Cinderela” e “Chapeuzinho Vermelho” para as crianças. Para os adultos foram realizadas, entre outras montagens, “A Minha Primeira Vez”, “Os Sete Gatinhos”, “O Estrangeiro”, “Senhoras e Senhores”, “O Dia que Raptaram o Papa”, “E o Vento Não Levou”, “Equus” a trilogia “Enquanto Isso...”, além de projetos de humor – como “Nunca Se Sábado...” e “IMPROVISORAMA” – Festival Nacional de Improvisação Teatral. Em parceria com Moeller e Botelho produziu os Musicais “Um Violinista no Telhado”, “Todos os Musicais de Chico Buarque em 90 Minutos”, “Nine – Um Musical Felliniano” e “Beatles num Céu de Diamantes”.

sexta-feira, 14 de julho de 2017

.: Teatro Folha: Sessão para crianças com autismo ou outros distúrbios

Crédito: Cacá Diniz

O Teatro Folha, o projeto Sessão Azul e a Cia Maracujá Laboratório de Artes promoverão uma sessão adaptada da peça “Nerina, a Ovelha Negra” para crianças autistas ou com outros distúrbios sensoriais. A Sessão Azul acontecerá no dia 27 de julho, quinta-feira, às 14h.

A Sessão Azul, que já acontece em cinemas por todo Brasil, é uma novidade nas artes cênicas. A programação da 27ª edição do Festival de Férias do Teatro Folha recebe a primeira sessão de peça infantil adaptada para este público em São Paulo. Durante a apresentação as luzes de serviço do teatro serão mantidas acesas e o volume do som será mais baixo, conforme a necessidade das crianças. O público mirim poderá circular livremente pela plateia, contando com a segurança e apoio de voluntários do projeto Sessão Azul.

O espetáculo “Nerina, a Ovelha Negra” é baseado no livro do conhecido cartunista Michele Iacocca. A opereta com bonecos e atores conta a história de Nerina, uma ovelha que é expulsa do rebanho por ter a cor diferente das outras. Porém, ao encontrar com lobos que resolvem usá-la para atrair e devorar as ovelhas que a expulsaram, ela toma uma atitude que mudará a vida de todas.

FICHA TÉCNICA
Espetáculo baseado no livro ilustrado original de Michele Iacocca
Adaptação, concepção e direção artística: Sidnei Caria
Direção musical, trilha sonora e arranjos: Fernanda Maia
Assistência de direção: Camila Ivo e Lucas Luciano
Assistente de direção musical: Ronaldo Liano
Elenco: Bia Rezende, Camila Ivo, Lucas Luciano, Piva Silva, Sidnei Caria, Silas Caria e Yasmin Olí
Direção de arte e figurinos: Sidnei Caria
Confecção de cenografia, bonecos e adereços: Maracujá Laboratório de Artes (Lucas Luciano, Sidnei Caria e Silas Caria)
Música original (letra): Michele Iacocca e Sidnei Caria
Melodias: Sidnei Caria, Fernanda Maia e Ronaldo Liano
Iluminação: Marisa Bentivegna
Preparação corporal: Lucas Luciano
Coreografias: Camila Ivo, Lucas Luciano e Sidnei Caria
Confecção de figurinos: Tetê Ribeiro e Cidinha André
Soluções técnicas audiovisuais: Lucas Luciano, Sidnei Caria e Silas Caria
Coordenação de produção e design gráfico: Camila Ivo
Produção executiva e administração: Vivian Oliveira
Fotografias: Cacá Diniz
Assessoria de imprensa: Taga Comunicação Estratégica
Realização: Maracujá Laboratório de Artes

Duração: 50 minutos
Classificação indicativa: a partir de 04 anos
  
SERVIÇO – SESSÃO AZUL COM O ESPETÁCULO “NERINA, A OVELHA NEGRA”
Local: Teatro Folha
Dia: 27 de julho de 2017
Hora: 14h
Ingressos: R$ 40,00
*Valor referente a ingresso inteiro. Meia-entrada disponível em todas as sessões e setores de acordo com a legislação.

TEATRO FOLHA: Shopping Pátio Higienópolis - Av. Higienópolis, 618 / Terraço / tel.: (11) 3823-2323 - Televendas: (11) / 3823 2423 / 3823 2737 / 3823 2323 Site: www.teatrofolha.com.br

Vendas por telefone e internet/ Capacidade: 305 lugares / Não aceita cheques / Aceita os cartões de crédito: todos da Mastercard, Redecard, Visa, Visa Electron e Amex / Estudantes e pessoas com 60 anos ou mais têm os descontos legais / Clube Folha 50% desconto / 50% de desconto para funcionários e clientes do Cartão Renner. Horário de funcionamento da bilheteria: de terça a quinta, das 15h às 21h; sexta, das 15h às 00h; sábado, das 12h às 00h; e domingo, das 12h às 19h / Acesso para cadeirantes / Ar-condicionado / Estacionamento do Shopping: R$ 14,00 (primeiras duas horas) / Venda de espetáculos para grupos e escolas: (11) 3113-3215 / 97628-4993 / Patrocínio do Teatro Folha: Folha de S.Paulo, CSN, LG, Privalia, Nova Chevrolet, Wickbold, Owens, Teleperformance e Grupo Pro Security.

SOBRE A CONTEÚDO TEATRAL: O grupo empresarial paulista Conteúdo Teatral atua há mais de quinze anos em duas vertentes: gestão de salas de espaços e produção de espetáculos. Como gestora é responsável pela operação do Teatro Folha, no Shopping Pátio Higienópolis, com direção artística de Isser Korik e direção comercial de Léo Steinbruch, programando espetáculos para temporada em regime de coprodução. No período de atuação a empresa soma mais de 2 milhões de espectadores.

Como produtora de espetáculos, viabilizou dezenas de peças, como “Gata Borralheira”, “O Grande Inimigo”, “Os Saltimbancos”, “A Pequena Sereia”, “Grandes Pequeninos”,  “Branca de Neve e os Sete Anões”, “A Cigarra e a Formiga”, “Cinderela” e “Chapeuzinho Vermelho” para as crianças. Para os adultos foram realizadas, entre outras montagens, “A Minha Primeira Vez”, “Os Sete Gatinhos”, “O Estrangeiro”, “Senhoras e Senhores”, “O Dia que Raptaram o Papa”, “E o Vento Não Levou”, “Equus” a trilogia “Enquanto Isso...”, além de projetos de humor – como “Nunca Se Sábado...” e “IMPROVISORAMA” – Festival Nacional de Improvisação Teatral. Em parceria com Moeller e Botelho produziu os Musicais “Um Violinista no Telhado”, “Todos os Musicais de Chico Buarque em 90 Minutos”, “Nine – Um Musical Felliniano” e “Beatles num Céu de Diamantes”.

quinta-feira, 13 de setembro de 2018

.: “Piratas do Caramba” prorroga temporada no Teatro Folha, em SP

Sucesso entre as crianças, espetáculo fica em cartaz até o mês de dezembro


Crédito: Rodrigo Minassian

O espetáculo para crianças “Piratas do Caramba” continua em cartaz no Teatro Folha, com apresentações aos sábados e domingos, às 17h40, até 16 de dezembro. A peça, que mostra as aventuras de uma atrapalhada tripulação de piratas em busca do sonhado tesouro, também será apresentada em sessões extras nos feriados dos meses de outubro e novembro.

Os piratas Capitão Pantufa, Espadinha e Barnabé passam os dias recolhendo o lixo que encontram pelos oceanos e lembrando das antigas batalhas. Numa manhã encontram uma misteriosa garrafa que poderá transformar suas vidas. Surge um dilema: continuar suas vidas pacatas ou se arriscar no mar em busca do tesouro. Eles decidem por novas aventuras.

SOBRE A TRUPE BANANA'S: A Cia. de Entretenimento Trupe Banana’s foi criada em 2007 e tem como sede a cidade de Atibaia, interior de São Paulo. Começou com trabalho direcionado ao público em hotéis e resorts de várias regiões do Brasil. Atualmente o grupo se apresenta também em teatros e escolas.

O grupo cria as peças buscando sempre humor e interação com a plateia. O resultado da produção são os espetáculos “Gargalhadas” (2007), “Rir é o Melhor Remédio” (2008), “Não Tem Tu, Vai Tu Mesmo” (2008), “Zooando na Floresta" (2010), “Por Dentro do Jogo” (2011), “Los Truqueiros” (2012) e “Piratas do Caramba” (2014).


FICHA TÉCNICA
Elenco: Rafael Pequeno, Vanessa Bonandi e Renato Pitanga
Texto e direção: Rafael Pequeno
Contrarregra: João Paulo
Operador de som: João C. Figueiredo
Trilha sonora original: Marcelo Souza e Danilo Adriano
Duração: 60 minutos
Classificação indicativa: 3 anos

SERVIÇO – ”Piratas do Caramba”
Local: Teatro Folha
Temporada: até 16 de dezembro. Sessões extras dias 12/10; 02, 15, 16, 19 e 20/11.
Apresentações: sábados, domingos e feriado, às 17h40
Ingresso: R$ 40,00 (setor único) *
*Valor referente ao ingresso inteiro. Meia-entrada disponível em todas as sessões e setores de acordo com a legislação.

TEATRO FOLHA
Shopping Pátio Higienópolis - Av. Higienópolis, 618 / Terraço / tel.: (11) 3823-2323 - Televendas: (11) / 3823 2423 / 3823 2737 / 3823 2323 Site: www.teatrofolha.com.br

Vendas por telefone e internet/ Capacidade: 305 lugares / Não aceita cheques / Aceita os cartões de crédito: todos da Mastercard, Redecard, Visa, Visa Electron e Amex / Estudantes e pessoas com 60 anos ou mais têm os descontos legais / Clube Folha 50% desconto / 50% de desconto para funcionários e clientes do Cartão Renner. Horário de funcionamento da bilheteria: quarta e quinta, das 15h às 21h; sexta, das 15h às 21h30; sábado, das 12h às 22h; e domingo, das 12h às 20h / Acesso para cadeirantes / Ar-condicionado / Estacionamento do Shopping: R$ 14,00 (primeiras duas horas) / Venda de espetáculos para grupos e escolas: (11) (11) 3661-5896 / 97628-4993 / Patrocínio do Teatro Folha: Folha de S.Paulo, Owens-Illinois,  EMS, Bain & Company, Grupo Pro Security, Previsul, Brasforma, NR Acampamentos, Nova Chevrolet e Andritz.

SOBRE A CONTEÚDO TEATRAL: O grupo empresarial paulista Conteúdo Teatral atua há mais de dezessete anos em duas vertentes: gestão de salas de espaços e produção de espetáculos. Como gestora é responsável pela operação do Teatro Folha, no Shopping Pátio Higienópolis, com direção artística de Isser Korik, programando espetáculos para temporadas em regime de coprodução. No período de atuação a empresa soma mais de 2,5 milhões de espectadores.

Como produtora de espetáculos, viabilizou dezenas de peças, como “Gata Borralheira”, “O Grande Inimigo”, “Os Saltimbancos”, “A Pequena Sereia”, “Grandes Pequeninos”,  “Branca de Neve e os Sete Anões”, “A Cigarra e a Formiga”, “Cinderela” “Chapeuzinho Vermelho” e “Mogli” para as crianças. Para os adultos foram realizadas, entre outras montagens, “A Minha Primeira Vez”, “Os Sete Gatinhos”, “O Estrangeiro”, “O Dia que Raptaram o Papa”, “Equus” a trilogia “Enquanto Isso...”, “Dez Encontros”, “Jogo Aberto”, “O Empréstimo” e “Que Tal Nós Dois?”, além de projetos de humor – como “Nunca Se Sábado...” e “IMPROVISORAMA” – Festival Nacional de Improvisação Teatral. Em parceria com Moeller e Botelho produziu os Musicais “Um Violinista no Telhado”, “Todos os Musicais de Chico Buarque em 90 Minutos”, “Nine – Um Musical Felliniano” e “Beatles num Céu de Diamantes”.

sexta-feira, 8 de novembro de 2019

.: #ResenhaRápida com Carol Bezerra em 55 perguntas surpreendentes


Por Helder Moraes Miranda e Mary Ellen Farias dos Santos, editores do Resenhando.

Carol Bezerra é um dos grandes nomes do teatro musical da atualidade. Nossa história com ela começa desde quando vimos suas interpretações arrebatadas em duas das temporadas de "Beatles num Céu de Diamantes", de Charles Möeller e Cláudio Botelho, no Teatro Folha. Ela era, e continua sendo, música para os ouvidos e para os olhos. Mas seguiu em frente, colecionando apresentações e papéis emblemáticos, como a Helene Bezukhova, vilã de "Natasha, Pierre e o Grande Cometa de 1812", representada nesta linda foto.

Atriz e cantora e arte educadora formada pelo Instituto de Artes da Unesp, Carol Bezerra é mestranda em artes da cena na Unicamp. Seus últimos trabalhos foram "Caros Ouvintes" de Otavio Martins; "Lembro Todo Dia de Você", de Rafael Miranda e Fernanda Maia (com Núcleo Experimental);  "Natasha, Pierre e o Grande Cometa de 1812" de Dave Malloy - que lhe rendeu as indicações de melhor atriz coadjuvante aos prêmios Reverência; DID (Imprensa Digital) e Broadway Brazil Awards 2018 e Bibi Ferreira 2019; e "Garrincha" de Bob Wilson.

Atua em musicais e shows com temática Brasileira. Participou de festivais de música popular em Berlim e Londres. Atuou como preparadora vocal e professora de expressão vocal na escola superior de arte Célia Helena. Idealizadora de shows em homenagem à Araci Cortes; Aracy de Almeida, Noel Rosa, Elizeth Cardoso, Elis Regina; "Dorival Caymmi e Jorge Amado". 



Nome completo: Ana Carolina Bezerra da Silva Vieira.
Apelido(s): Carol, Nyni, Bezerratrix, Charola, Charoleta.... muitos... (risos).Data de nascimento: 28 de fevereiro de 1979.
Qualidade: entrega.
Defeito: atraso.
Signo: peixes.
Ascendente: escorpião.
Mania de: música.
Religião: música.
Time: "das feminista".
Amor: Cecília, música e o José (não deu pra escrever pouco... amor é muita coisa!).
Sexo: muito!!
Família é: uma construção.
Ídolo: Araci Cortes.
Inspiração: Elizeth Cardoso.
Arte é: tudo.
Brasil: explorado, extorquido, saqueado.
Fé: é o que me move.
Deus é: natureza.
Política é: arte.
Hobby: cheirar minha filha...
Lugar: praia.
Prato predileto: putz.... pão!
Sobremesa: panacota de frutas vermelhas.
Fruta: uva.
Cor favorita: laranja.
Medo de: governo militar.
Uma peça de teatro: "Verás que Tudo é Mentira" (adaptação de Reinaldo Maia para "Capitão Fracasso"de Theóphile Gautier.) - decidi ser atriz depois de assistir a essa peça.
Um show: Rosa Passos canta Elis Regina (nunca chorei tanto).
Um ator: Joaquin Phoenix (tô muito arrebatada por Coringa).
Uma atriz: Dona Fernandona.
Um cantor: Emílio Santiago, Ney Matogrosso, Caubi.
Uma cantora: Miriam Makheba, Concha Buika, Elis Regina, Elza Soares.
Um escritor: José Ramos Tinhorão, Ítalo Calvino, Bertold Brecht.
Uma escritora: Clarice Lispector, Angela Davis, Cecília Meireles.
Um filme: Noel, Poeta da Vila, Central do Brasil, Coringa.
Um livro: O Cavaleiro Inexistente, de Ítalo Calvino.
Uma música: "O que foi feito de Vera" - Milton Nascimento/ Fernando Brant.
Um disco: "Sangue, Suor e Raça" - Elza Soares e Roberto Ribeiro (1972).
Um personagem: Helene Bezukhova (personagem que interpretou no musical "Natasha, Pierre e o Grande Cometa de 1812").
Uma novela: "Saramandaia" - Dias Gomes.
Uma série: Não assisto (me julguem).
Um programa de TV: só assisto YouTube.
Um podcast: não consigo opinar...
Uma saudade: do mar.
Algo que me irrita: eu.
Algo que me deixa feliz é: a risada da minha filha.
Digo sim a: toda forma de amor. E caipirinha. Não me ofereçam. Nunca nego.
Digo não a: o presidente Jair Bolsonaro.
Sonho: que toda a gente possa trabalhar pouco e ganhar muito.
Futuro: "é um pé no chão e o que virá",  parafraseando Gonzaguinha.
Morte é: uma impossibilidade que se torna uma dura realidade.
Vida é: o que a gente faz dela.
Uma palavra: "sarambá".
Ser atriz é: vida... Eu não consegui ser tão sucinta, mas, tentei....

Prêmio Bibi Ferreira 2019 - O Grande Cometa ('Charmanté')

terça-feira, 8 de maio de 2018

.: O filme favorito de Gottsha, atriz, cantora e dubladora

Por: Mary Ellen Farias dos Santos
Em maio de 2018


A escolha de um longa favorito pode ser uma missão impossível. No entanto, nós do portal Resenhando.com conversamos com a atriz, cantora e dubladora Gottsha para saber qual é o filme que a envolve. Embora seja a dona de uma belíssima voz e tenha uma presença de palco que faz o público suspirar, Gottsha não se prende aos filmes musicais e revela gostar da história narrada em flashback com duração de 189 minutos. 


"'À espera de um milagre', já assisti umas 8 vezes e toda vez me emociono com o roteiro, a fotografia, as atuações...". Em 2000, a produção com Tom Hanks, recebeu quatro indicações ao Oscar nas categorias "Melhor Filme", "Melhor Ator Coadjuvante", "Melhor Roteiro Adaptado" e "Melhor Mixagem de Som", mas não levou uma estatueta. 

SINOPSE: Um carcereiro tem um relacionamento incomum e comovente com um preso que está no corredor na morte: John Coffey (Michael Clarke Duncan). Negro enorme, condenado por ter matado brutalmente duas gêmeas de nove anos. Com tamanho e força para matar qualquer um, tem um comportamento completamente oposto. Além de ser simples, ingênuo e ter pavor do escuro, ele tem um dom sobrenatural. Com o passar do tempo, o carcereiro aprende que, às vezes, os milagres acontecem nos lugares mais inesperados.

CURIOSIDADES: 
* O longa foi escolhido como um dos 5 filmes para se ver antes de morrer, segundo a rádio Capital FM em Londres.

* De acordo com Canal 4 da Inglaterra, é o segundo filme que mais arranca lágrimas, perdendo o posto de primeiro lugar para "E.T. - O Extra-Terrestre".

* Para a época em que o filme é situado, não existiam uniformes para guardas de prisão, para melhorar o visual o filme, houve alteração.

John Travolta recusou o papel de Paul Edgecomb.

* O filme rendeu 300 milhões de dólares.

* É uma das histórias mais conhecidas de Stephen King.

* Último filme de Dabbs Greer.

Trailer

Cena de "À Espera de Um Milagre"

Sobre Gottsha: Nascida no Rio de Janeiro, Sandra Maria Braga Gottlieb, ficou conhecida como Gottsha. Atriz, cantora e dubladora, iniciou carreira artística como cantora do estilo eurodance e estourou nas rádios, em 1994, com a música "No one to answer". Já no teatro soltou a voz em musicais como "As Malvadas", "Godspell", "Beatles Num Céu de Diamantes", "Rock Horror Show", "A Noviça Rebelde" (atualmente em cartaz) além de na televisão estar no elenco de sucessos como "Senhora do Destino", "Ti ti ti" e "As Brasileiras", por exemplo. Contudo, no cinema, a voz de Gottsha também é a da vilã Gothel, de "Enrolados", assim como de Bulda de "Frozen" e Roz de "Monstros S.A."

Gottsha é a 22º entrevistada do #Resenhando.com para a série de depoimentos #MeuFilmeFavorito. Qual é o seu #MeuFilmeFavorito? Para os internautas interessados em participar, basta curtir a fanpage do portal –www.facebook.com/portalResenhando - e enviar, por mensagem, a indicação, os motivos de ser o filme escolhido e uma cena favorita.


*Mary Ellen Farias dos Santos é criadora e editora do portal cultural Resenhando.com. É formada em Comunicação Social - Jornalismo, pós-graduada em Literatura e licenciada em Letras pela UniSantos - Universidade Católica de Santos. Twitter: 
@maryellenfsm



.: Entrevista com Gottsha, atriz, cantora e dubladora

sexta-feira, 15 de março de 2019

.: Crítica de "As Guerreiras do Amor", com André Mattos e grande elenco

Por: Mary Ellen Farias dos Santos
Em março de 2019



Crédito: Heloísa Bortz

Amor e sexo são distintos, mas se completam. Enquanto que o primeiro é tratado com certa banalização, uma vez que muito se diz amar o outro e não seja sentido, o segundo ainda é tema tabu, muito mais no século V a.C.. Contudo, em "As Guerreiras do Amor", espetáculo teatral grego, em cartaz no Teatro Folha, em São Paulo, até 30 de março, facilmente se esbalda no gênero comédia erótica. E faz rir -muito!

Com texto de Domingos de Oliveira e colaboração de Priscila Rozembaum, a montagem que é o retorno da encenação de 1988, baseada na clássica comédia “Lisístrata”, satiriza das mais diversas formas, todo e qualquer tratamento relacionado ao sexo e ao matrimônio. Ao causar gargalhadas, faz refletir sobre os extremos da santificação à liberdade sexual. 

Afinal, toda a problemática da peça é gerada por uma greve de sexo, quando, usando total astúcia, as mulheres de Atenas conseguem se fazer ouvir. Objetivando o fim da guerra, geram um novo confronto -com seus parceiros. Tal qual um clássico atemporal e de identificação fácil com o público, seja o masculino e o feminino, o espetáculo trata com graça as inquietações e dúvidas sobre a sexualidade.

Em meio a um texto com versos rimados, repletos de histórias gregas, no palco, o elenco dá um show de provocações humorísticas. Desde o ancião que se apoia num cajado à bela e decida Helena, todos deixam a marca hilária dos personagens que defendem. E ainda, gentilmente, um permite que o outro brilhe e, claro, faça o público rir e refletir. 

Crédito: Heloísa Bortz

No entanto, é inevitável destacar o humor natural e espontâneo de André Mattos, que interpreta o General. Como escapar impune a tanta irreverência? Só o falar diferenciado e o gestual de Mattos fazem valer o ingresso. Em tempo, o ator também participou da primeira montagem de 1988 ao lado de Heloísa Périssé, Maitê Proença, Luiza Tomé, Priscila Rozembaum e Orã Figueiredo.

Indicada para o público adulto, "As Guerreiras do Amor" é uma excelente opção de entretenimento após uma semana inteira de trabalho e estresse. Afinal, rir de si mesmo é sempre a melhor saída. Não perca!


Crédito: Heloísa Bortz

As Guerreiras do Amor
Dramaturgia: Domingos de Oliveira 
Elenco: André Mattos, Analice Pierre, Andressa Lelli, Bruna Tattar, Denis Felix, Gabriela Monteiro, Isaac Medeiros, Larissa Matheus, Mayara Justino, Monique Hortolani, Robson Guedes, Rodrigo Vicenzo, Ronaldo Saad e Tito Soffredini
Figurinos: Isabel Gomez
Costureira: Angela Oliveira
Cenotécnico: Edmilson Souza
Trilha Sonora Composta: Rodrigo Zalcberg
Biodanza: Luiz André Lameira  
Assistente de Biodanza: Heder Braga                   
Criação Gráfica: Marjorie Costa
Fotografia para cartaz e fotografias de cena: Heloísa Bortz  
Equipe Técnica: Jardim Cabine
Produção Executiva e Administração: Will Siqueira
Assessoria de Imprensa: Claudio Marinho                 
Cenografia, Iluminação e Direção: Isser Korik             
Realização: Jardim Cabine Participações e Serviços Teatrais Ltda
Agradecimentos: Marles Malharia

SERVIÇO: AS GUERREIRAS DO AMOR
Estreia: 10 de janeiro de 2019
Temporada: até 30 de março de 2019
Apresentações: quinta-feira, 21h; sexta-feira, 21h30; sábado, 19h
Ingresso:  R$60,00 (setor 1) e R$40,00 (setor 2) às quintas e sextas-feiras; R$70,00 (setor 1) e R$50,00 (setor 2) aos sábados. 
*Valores referentes aos ingressos inteiros na plateia e mezanino. Meia-entrada disponível em todas as sessões de acordo com a legislação.
Duração: 70 minutos
Classificação etária: 14 anos

TEATRO FOLHA
Shopping Pátio Higienópolis - Av. Higienópolis, 618 / Terraço 

Telefone: (11) 3823-2323 
Televendas: (11) / 3823 2423 / 3823 2737 / 3823 2323 
Site: www.teatrofolha.com.br

Vendas por telefone e no site do teatro / Capacidade: 305 lugares / Não aceita cheques / Aceita os cartões de crédito: todos da Mastercard, Redecard, Visa, Visa Electron e Amex / Estudantes e pessoas com 60 anos ou mais têm os descontos legais / Clube Folha 50% desconto / 50% de desconto para funcionários e clientes do Cartão Renner. Horário de funcionamento da bilheteria: segunda e terça-feira, das 14 h às 16 h; quarta e quinta-feira,  das 14h às 21h; sexta-feira, das 14h às 21h30; sábado, das 12h às 23h59; domingo, das 12h às 20h / Acesso para cadeirantes / Ar-condicionado / Estacionamento do Shopping: R$ 14,00 (primeiras duas horas) / Venda de espetáculos para grupos e escolas: (11) (11) 3661-5896, (11) 97628-4993 / Patrocínio do Teatro Folha: Folha de S.Paulo, Consigaz, Owens-llinois, EMS, Bain & Company, Grupo Pro Security, Previsul, Brasforma, NR Acampamentos, Nova Chevrolet.

SOBRE A CONTEÚDO TEATRAL: O grupo empresarial paulista Conteúdo Teatral atua há mais de quinze anos em duas vertentes: gestão de salas de espaços e produção de espetáculos. Como gestora é responsável pela operação do Teatro Folha, no Shopping Pátio Higienópolis, com direção artística e comercial de Isser Korik, programando espetáculos para temporada em regime de coprodução. No período de atuação a empresa soma mais de 2 milhões de espectadores.

Como produtora de espetáculos, viabilizou dezenas de peças, como “Gata Borralheira”, “O Grande Inimigo”, “Os Saltimbancos”, “A Pequena Sereia”, “Grandes Pequeninos”,  “Branca de Neve e os Sete Anões”, “A Cigarra e a Formiga”, “Cinderela” e “Chapeuzinho Vermelho” para as crianças. Para os adultos foram realizadas, entre outras montagens, “A Minha Primeira Vez”, “Os Sete Gatinhos”, “O Estrangeiro”, “Senhoras e Senhores”, “O Dia que Raptaram o Papa”, “E o Vento Não Levou”, “Equus” a trilogia “Enquanto Isso...”, além de projetos de humor – como “Nunca Se Sábado...” e “IMPROVISORAMA” – Festival Nacional de Improvisação Teatral. Em parceria com Moeller e Botelho produziu os Musicais “Um Violinista no Telhado”, “Todos os Musicais de Chico Buarque em 90 Minutos”, “Nine – Um Musical Felliniano” e “Beatles num Céu de Diamantes”.



*Mary Ellen Farias dos Santos é criadora e editora do portal cultural Resenhando.com. É formada em Comunicação Social - Jornalismo, pós-graduada em Literatura e licenciada em Letras pela UniSantos - Universidade Católica de Santos. Twitter: @maryellenfsm



Encerramento de "As Guerreiras do Amor"


← Postagens anteriores Próximas postagens → Página inicial
Tecnologia do Blogger.